Resumos de Novelas

“Os Nossos Dias”: resumo de 21 a 25 de Outubro

[tabs class=””]

[tab title=”Ep. 26″]

Tatiana atende Patrícia e comenta com a mãe que ela está com má cara. Elvira diz à filha para não se meter nos problemas alheios mas ela acrescenta que notou alguma tensão entre Patrícia e João, estranhando que este tivesse aparecido depois em casa de Nuno.

Carlitos entra nesse momento no café e entrega um bilhete a Júlio, fugindo de seguida sem lhe dizer quem lho mandou entregar. Ao ler a mensagem, Júlio fica radiante com um pedido de encontro que vem assinado com o nome de Elvira.

Manuel ataca João, acusando o filho de ser um irresponsável por ter escondido que ficou desempregado e por não ter pedido ajuda para pagar a renda de casa antes de receber ordem de despejo. Laura defende o filho, disposta a ajudá-lo com o dinheiro das poupanças que têm. Manuel acaba por confessar que não têm dinheiro que chegue, pois gastou parte dele na compra de um radio antigo.

Marta confessa a Bela que está preocupada com a possibilidade de Rodrigo querer aproximar-se da filha e de Beatriz passar a conviver com a família dele. Bela aconselha a amiga a preparar-se para essa situação, fazendo-lhe ver que Rodrigo é para todos os efeitos o pai da menina e que pode querer que ela faça parte da sua vida.

Eduardo pergunta a Rodrigo para que quer levantar cinquenta mil euros. Rodrigo tenta convencer o pai de que precisa do dinheiro porque Luísa precisa de trocar de carro mas Eduardo não se convence com esse argumento.

Laura e Manuel dão voltas à cabeça em permanente desacordo sobre a forma que têm de ajudar João. Depois de muita discussão, Laura conclui que a única solução é que o filho vá morar com eles mas Manuel lembra que João só aceitará essa solução se Patrícia for consigo.

Patrícia faz as pazes com João. Ele conta que pediu ajuda aos pais e que aguarda uma resposta.

Júlio espera por Teodoro no café e não perde tempo a provocar Ricardo, disparando que se Ana se deixou seduzir por ele é porque também não deve ser grande peça. Ricardo vinga-se e responde que nele é que ninguém pega. Agastado, o senhorio manda-o embora e começa a ler o bilhete que pensa ter-lhe sido enviado por Elvira. Assim que Teodoro aparece, Júlio esconde o papel. A conversa vai inevitavelmente parar a Elvira e cada um dos irmãos Gusmão reafirma não ter qualquer interesse nela.

É então que Teodoro mente ao irmão e informa que vai jogar poker com os amigos, em vez de dizer que vai montar guarda no café para ver se descobre quem é o admirador secreto de Elvira. Júlio, que julga ter encontro marcado com a inquilina, também mente ao irmão e conta que combinou ir ao bingo com um amigo.

Valdemar não se conforma que Paulo tenha desistido de vender as fotos de Esmeraldinha. Paulo chega entretanto e Valdemar chama-lhe o anjo na terra. O colega diz que está muito contente porque Esmeraldinha foi muito simpática e ao receber o telemóvel de volta, não só lhe pagou a corrida em falta, como lhe deu a maior gorjeta da sua vida e uma foto autografada que ele começa a colar no cacifo. Valdemar desdenha mas espreita a fotografia para se deliciar.

Rodrigo sente cada vez mais dificuldades para lidar com Luísa. Rodrigo aconselha Luísa a pedir ajuda a um psicólogo ou a um psiquiatra, fazendo notar que ela pode estar à beira de um esgotamento. Luísa acaba por aceitar pensar no assunto e fica contente quando Rodrigo concorda em jantar a refeição especial que ela preparou.

Filipe fica espantado quando Bela lhe conta que Marta e Rodrigo tiveram um relacionamento no passado e que desse amor nasceu Beatriz. O estafeta da Mob&Line conclui que Rodrigo não presta, depois de Bela dizer que ele abandonou Marta para se casar com Luísa. Bela confidencia ao companheiro que Marta receia que Rodrigo queira recuperar com Beatriz o tempo perdido, agora que sabe que a menina é sua filha.

Paulo troca de roupa e olha com desejo a fotografia de Esmeraldinha que colou no interior do cacifo. O taxista fala sozinho e afiança que levaria a cantora ao céu se ela quisesse. Valdemar aproxima-se sorrateiramente e fecha com estrondo a porta do cacifo. Paulo assusta-se e entra num despique com Valdemar, que acha que ele não tem capacidade para conquistar Esmeraldinha, desafiando o outro a tentar marcar encontro com ela. Paulo desvaloriza-se, pois pensa que ela só está interessada em homens de posses. No entanto fica a pensar na sugestão de Valdemar.

[/tab]

[tab title=”Ep. 27″]

Teodoro surpreende Júlio quando este entra no café todo aperaltado e de ramo de flores na mão, levando-o a confessar que é o admirador secreto de Elvira. Por sua vez, Júlio faz com que o irmão também assuma o interesse nela, exigindo-lhe que desista de a conquistar, pois ele como irmão mais velho tem prioridade. Teodoro recusa e a discussão entre ambos ameaça subir de tom, mas é interrompida quando eles petrificam ao constatarem que Tatiana e Ricardo estão por detrás deles a presenciar tudo, muito divertidos. Ricardo brinca com a situação e pergunta a Tatiana qual deles prefere para paizinho. Ela faz um ar de enjoo, enquanto Júlio e Teodoro se mostram muito envergonhados.

Paulo, com uma alegria incontida, entra ao serviço e dá um beijo na bochecha de Lurdes, que o repreende dizendo que não lhe admite tais confianças. Valdemar estranha aquela atitude do colega e fica embasbacado quando ele diz que convidou Esmeraldinha para sair e que ela aceitou. Os dois taxistas começam a aprofundar os dotes da cantora e Paulo já se imagina a “treiná-la” no amor. Lurdes, denotando uma ponta de ciúmes, resmunga e ameaça proibir que conversam na sala de convívio. Carla critica Paulo e Valdemar pelos comentários machistas que fazem em relação a Esmeraldinha, mas também não escapa às reprimendas de Lurdes.

Num ambiente muito desconfortável, Laura e Manuel explicam a João e Patrícia que não lhes vão emprestar o dinheiro para pagarem as rendas de casa em atraso, primeiro porque o que têm não chega, depois porque ficariam também descapitalizados para se poderem governar. João aceita a decisão, embora sem esconder a desilusão. No entanto, Manuel e Laura afirmam ter outra solução que passa por eles irem viver lá para casa. João e Patrícia ficam estupefactos com a proposta que recebem.

Bela comenta com Marta que não está nada satisfeita com o facto de Filipe poder vir a ser contratado como vigilante, pois teme que lhe aconteça algo de mal, para além de passar menos tempo com ele. De seguida, pergunta à amiga se Rodrigo já disse mais alguma coisa sobre o dinheiro para a operação de Beatriz. Marta responde que não e Bela avisa-a para que esteja atenta, não vá ele estar a enganá-la pela segunda vez.

Daniela conversa com Susana sobre os estudos e esta reconhece que agora pode concentrar-se mais neles, uma vez que está menos preocupada com a doença da irmã, uma vez que o pai da menina vai assumir o pagamento da cirurgia. Daniela afirma que é obrigada a dar-lhe razão por ter ido falar com Rodrigo e ter revelado que Beatriz é sua filha.

[/tab]

[tab title=”Ep. 28″]

Tatiana serve Nuno no café e não perde a oportunidade de se insinuar. O pianista também não oferece resistência e até abre a porta a mais um ensaio em sua casa, dizendo que não estarão a incomodar Bárbara, porque a mulher avisou que vai chegar mais tarde. Tatiana não perde tempo e vai informar a mãe que vai ter de sair por uns instantes, pois tem de ir ensaiar com Nuno. Elvira reafirma que não gosta da ideia mas, perante a promessa da filha de que o seu interesse é apenas voltar a dar espetáculos de fado no café, aceita a ideia, recomendando que ela se comporte bem. Tatiana provoca a mãe e responde que melhor seria que se preocupasse com os seus dois pretendentes, aludindo a Teodoro e Júlio. Para desespero de Elvira, os irmãos aparecem nesse momento e oferecem-lhe um bilhete para um espetáculo de música clássica, para que escolha aquele que quer que a acompanhe. Os irmãos dizem que ficam a aguardar a sua decisão e Elvira resmunga, maldizendo a sua sorte. Ricardo diverte-se com a situação e começa a aplaudir mas para assim que a patroa o fulmina com o olhar.

Gonçalo aconselha Rodrigo a contar quanto antes à mulher que tem uma filha e que pediu um empréstimo ao banco para pagar a operação de que a menina precisa. Rodrigo afirma que a sua prioridade é que Beatriz fique curada e confia que Luísa siga a sua sugestão e peça o apoio de um psicólogo que a ajude a encarar melhor o fim do casamento, quando lhe for colocado esse problema. Rodrigo confessa a Gonçalo que está a sentir por Marta aquilo que nunca sentiu por Luísa e admite poder vir a reatar com a antiga namorada.

Rodrigo telefona a Marta e ela fica incomodada por ser forçada a encontrar-se com ele. No entanto, reconhece que não tem alternativa, pois tem de garantir paga a operação da filha. Bela dispõe-se a assegurar o seu serviço no supermercado e a dar uma desculpa ao patrão se ele perguntar por ela.

Tatiana brinca com a mãe e incentiva-a a escolher um dos seus pretendentes. Elvira manda-a ir para os seus ensaios e diz-lhe que não alimente a ideia de casamentos descabidos. Na mesa habitual, Teodoro e Júlio conspiram sobre qual deles conseguirá conquistá-la e vão-se provocando, cada um convencido que tem mais possibilidades do que o outro, de conquistar o coração de Elvira.

Nuno serve um copo de vinho a Tatiana e ela não perde tempo a provocá-lo. Nuno reconhece que não agiu inocentemente quando a convidou para ensaiar, num dia em que Bárbara vai chegar mais tarde a casa e tira-lhe o copo da mão beijando-a com sofreguidão.

Rodrigo tem com Marta uma longa conversa sobre o passado e pede-lhe desculpa por todo o mal que lhe fez. Ela afirma que não faz sentido falar do que já está enterrado, mas Rodrigo deixa-se empolgar e tenta beijá-la. Marta resiste e exige-lhe que nunca mais tente fazer o mesmo, pedindo-lhe que a avise quando tiver o dinheiro para a operação da filha. Rodrigo fica frustrado por não conseguir reaver o amor de Marta.

João não contém a indignação pelo facto de o senhorio não ter voltado atrás com a ordem de despejo e lembra a Patrícia que tinham combinado considerar a hipótese de viverem em casa dos pais dele. Patrícia acaba por aceitar a situação, resignando-se a viver com os futuros sogros.

Bárbara vai ao café de Elvira e cruza-se com Patrícia e João. O amigo fica em pânico quando ela diz que saiu mais cedo do trabalho para surpreender Nuno, que está neste momento a ensaiar com Tatiana. Depois de Bárbara de despedir, João inventa uma desculpa e afasta-se de Patrícia para telefonar a Nuno avisando-o de que a mulher vai chegar a casa a qualquer momento. A intenção é boa mas não resulta porque o amigo não atende o telefone. Nuno e Tatiana estão deitados no sofá depois de terem feito amor e são surpreendidos por Bárbara que fica estarrecida ao vê-los nus na sua sala.

[/tab]

[tab title=”Ep. 29″]

Marta regressa ao supermercado ainda abalada pela tentativa de Rodrigo para a beijar. Questionada por Bela esconde da amiga o que se passou e diz que Rodrigo só quis saber detalhes sobre a cirurgia da filha. Bela aceita a explicação mas fica desconfiada de que algo mais se passou.

Tatiana, muito envergonhada, veste-se à pressa e foge ao confronto com Bárbara, que também a evita, ainda a digerir a traição de que foi vitima. Nuno ainda tenta desculpar-se, garantindo que este foi o seu único deslize com a rapariga do café mas a mulher não acredita numa única palavra. Quando o pianista lhe passa a mão pelo braço, Bárbara desfere-lhe um estalo e exige-lhe que saia de casa. Nuno vai embora para não agravar a situação, enquanto Bárbara lhe destrói as partituras que estão em cima do piano, deixando-se cair no chão a chorar.

Manuel não consegue disfarçar o azedume ao saber que o filho e a noiva se vão mudar lá para casa no dia seguinte, por exigências do senhorio que mantém a ordem de despejo. Laura defende João, desresponsabilizando o filho e Patrícia esforça-se por suportar os comentários desagradáveis que a mãe do noivo faz à sua deficiente preparação como dona de casa.

Paulo regressa sujo e desgastado à central de táxis depois de ter ficado empanado. Valdemar empresta-lhe a muda de roupa de emergência que tem para que ele possa comparecer ao encontro que marcou com Esmeraldinha.

Filipe festeja com Bela o facto de ter sido escolhido para a vaga de vigilante a que se candidatou.

Ana baixa cada vez mais a guarda e mostra-se interessada na vida de Ricardo, embora negue que tenha interesse nele. Ao conversar com Daniela, Ana fica desconfortável quando fala dele.

Luísa tenta fazer conversa com Rodrigo, que está metido com os seus pensamentos. O marido fala então do seu dia de trabalho e refere-se a um suposto cliente com quem se reencontrou, mas na realidade está a falar de Marta. Luísa começa a beijá-lo na expectativa de conseguir que ele se vá deitar com ela mas Rodrigo deixa-a frustrada porque prefere ficar a ver televisão.

Nuno entra em casa sem fazer barulho para não acordar Bárbara e deita-se a dormir na sala. De manhã, quando ela o encontra na sala, faz um escândalo, exigindo-lhe que saia de casa de vez. Nuno pede desculpa à mulher por tê-la traído, mas o máximo que consegue é que ela aceite conversar sobre o sucedido quando voltar do trabalho.

[/tab]

[tab title=”Ep. 30″]

Pela manhã, Marta recebe uma chamada da clínica onde Rodrigo realizou os testes de paternidade, confirmando que ele é o pai de Beatriz. Sem perder tempo, Marta envia-lhe uma mensagem a preveni-lo de que os testes deram positivo.

Rodrigo vê a mensagem e sorri. Quando Luísa o interpela para saber quem o contactou, Rodrigo mente e responde que se trata do cliente com quem reatou as relações comerciais. Luísa estranha tanta rapidez nesta reaproximação, mas fica convencida de que o marido lhe está a dizer a verdade.

Eduardo chega à empresa e cumprimenta Bárbara que lhe confessa estar tão cinzenta como o dia. O patrão diz que se for mal de amores é melhor livrar-se de Nuno, pois será ele a perder. Ao conferir a correspondência que a secretária lhe entrega, Eduardo repara numa carta de uma clínica endereçada a Rodrigo. Sozinho no gabinete e tentado pela curiosidade, o empresário abre a carta e fica petrificado ao constatar que o filho é pai de uma menina.

Eduardo confronta Rodrigo com o teste de paternidade positivo e fica perplexo ao saber que ele é pai de uma menina de oito anos, fruto da sua relação com Marta, a antiga secretária da empresa.
Manuel resmunga por ter de esvaziar o quarto onde tem os seus rádios antigos, para que João e Patrícia lá possam dormir. Laura ainda tenta animar o marido mas em vão.

Elvira fica desconfiada quando Tatiana conta que já não vai cantar com Nuno nas noites de fados no café, justificando que ele foi contratado para tocar noutro sítio. No entanto a filha acaba por convencê-la e aceita a sua sugestão para arranjar outro músico que a acompanhe.

[/tab]

[/tabs]

Categorias
Resumos de Novelas

Comentários