Resumos de Novelas

“Rosa Fogo”: resumo de 2 a 8 de Dezembro

[tps_title]Ep. 40[/tps_title]

Maria desabafa com Estêvão em grande cumplicidade, depois de ter sido traída por Diogo. Diz que sofreu a maior decepção da sua vida, reconhecendo, ao mesmo tempo, que Estêvão é uma pessoa em quem pode depositar toda a sua confiança. Ele, por seu lado, defende-se dizendo que nada de mal fez na empresa e que não namora com Catarina, sendo esta apenas uma empregada que tem em casa. Maria percebe que tudo quanto Diogo disse dele, era mentira.

Gilda dá ordens claras a Agostinho para que impeça por todos os meios que Diogo volte a aproximar-se de Maria, ou de qualquer outra pessoa da família.

A Imperatriz é invadida por dois jornalistas que querem saber mais de Maria e da sua relação com Diogo. Alzira impede o contacto com os clientes e obriga-os, ajudada por Alberto, a fazerem a reportagem sobre a confeitaria. Quando Aida entra, Alzira aproveita para mandar os jornalistas fazerem uma reportagem no Barbeiro de Sevilha. Como não querem aceitar a “sugestão”, são obrigados por Sergei e Alberto. Na barbearia, Cármen e Victor fazem as honras da casa.

Agostinho cumpre as ordens de Gilda e impede que Diogo fale com Maria. Avisa-o para que não apareça mais no prédio da família Mayer e expulsa-o de forma humilhante.

Estêvão e Eduarda pedem aos colaboradores da Forella para que não façam declarações à imprensa, sobre o fim do noivado de Maria.

Vera Mónica conversa com Regina e lembra que Matilde sempre disse que Diogo não prestava e ia fazer Maria infeliz.

Matilde chega da escola e quase nem liga a Gilda, deixando a avó pendurada, seguindo de imediato para o quarto de Maria, abraçando a prima e garantindo que vai estar ao lado dela para que supere o momento de tristeza que está a viver. Maria não resiste a verter algumas lágrimas, comovida com a ternura de Matilde.

Samuel entrega a Alzira os champôs que comprou na Forella. A mãe continua a pensar que são oferecidos pela empresa e vai dar alguns a Júlio, gabando o profissionalismo do filho. Júlio recebe a oferta, mas não esconde um certo enfado.

José mente a Eduarda, dizendo que perdeu todo o dinheiro que ela lhe tinha emprestado, porque investiu num fundo que faliu. Sugere-lhe que lhe empreste algum dinheiro da Forella, prometendo pagar tudo assim que puder. Eduarda fica condoída, mas diz que está fora de questão mexer no dinheiro da empresa. José muda de atitude e enfurece-se, deitando a namorada ao chão. Ela grita que não vai suportar mais agressões e sai do apartamento, deixando-o a murmurar que vai ter de passar ao plano B. Chama Leonel e combina com o detective que lhe faça uma emboscada. José vai ao encontro de Eduarda para pedir desculpa por tê-la agredido novamente. Oferece-lhe um ramo de flores e insiste que o ameaçaram de morte. Nesse instante, começam a ouvir-se tiros. É nesse instante que Eduarda começa a pensar que José tem razão, ao sentir-se perseguido.

Matilde adormece Maria e comenta com Gilda os cuidados que devem ter com ela. Gilda não resiste a cobrir a neta de carinhos.

Estêvão conta a Teresa o que sucedeu a Maria e a forma como a ajudou. Teresa fica feliz ao perceber que o filho está a lutar pela mulher que ama. Motivado, Estêvão manda uma mensagem de amor a Maria, que se consola ao lê-la.

Na Argentina, Javier decide aceitar emprego como Pedreiro, mas Lara acha que o filho merecia melhor.

Mimada com pequeno-almoço na cama por Gilda, Matilde e Carlota, Maria confessa que decidiu ir viver uma temporada para a quinta da família. Matilde nem dá margem para discussões e grita, excitada, que quer ir com a prima.

Categorias
Resumos de Novelas

Comentários