Resumos de Novelas

“Rosa Fogo”: resumo de 6 a 12 de Janeiro

[tps_title]Ep. 57[/tps_title]

José marca pontos junto de Gilda e Carlota, que pensam que ele salvou Dartacão. Matilde é forçada a agradecer a José, perante a insistência da avó. Maria observa tudo sem se pronunciar, enquanto Agostinho é obrigado a suportar esta vitória do vilão. Quando José sai para trocar de roupa, Maria é surpreendida por Gilda que conta que José vai começar a trabalhar na Forella. Maria tenta fazer ver à avó que está a tomar uma decisão precipitada, mas Gilda reage com dureza, dizendo que ela não é mãe e, por isso, não sabe o que é esperar uma vida inteira por um filho. Maria, muito magoada, vira-lhe as costas.

Teresa fica toda contente com a presença de Catarina. No entanto, Estêvão avisa a enfermeira que não a quer em casa quando receber a próxima candidata ao seu lugar, para que Teresa não fique desnorteada. Catarina finge-se compreensiva e responde que não quer atrapalhar.

Matilde reafirma a Agostinho que José é má pessoa. O caseiro fica constrangido quando a menina lhe pergunta se não é da mesma opinião. Maria oferece-se para levar Matilde à escola. Antes de entrar para o carro, Matilde vai até à campa da mãe e começa a dizer que não consegue gostar de José. Ele surge-lhe nas costas e tenta oferecer-lhe um ramo de flores. Matilde, muito nervosa, acaba por fugir, ao mesmo tempo que lhe chama crocodilo mau. José fica furioso e, na primeira oportunidade aconselha Gilda a levar a neta de novo à psicóloga. Agostinho ouve a conversa sem que eles percebam e jura a si próprio descobrir quem é José, na realidade.

Maria, depois de ter discutido com a avó, pede a Eduarda o contacto da psicóloga onde Gilda leva Matilde, pois pretende falar com ela sobre a saúde da priminha. Eduarda consulta José, que lhe facilita o contacto, embora recomendando que não faça grandes comentários. Ao mesmo tempo, fala sedutor para Eduarda.

Alzira rouba as calças de motard de Júlio, para o impedir de ir à concentração das motas. Regina não dá por nada e Júlio também não.

Sílvia fica irritada com Glória, porque esta a provoca, mostrando-se interessada em Alberto.

Manuel cede à pressão de Paula e pede a Sofia que se inscreva no tratamento inovador de cancro com que José propôs comprar a sua liberdade. Sofia tem dúvidas e quer certificar-se que o tratamento não vai prejudicar a sua gravidez. José, por seu lado, fica tão radiante com a notícia que festeja fazendo amor com Paula. Já Manuel, começa a preparar o terreno para arquivar o caso da morte de Joana, dizendo a Mendes que está cansado de não ver a investigação avançar. O colega acha estranho que ele abandone pistas com tanta facilidade, quando nunca o fez antes.

Matilde e Vera Mónica voltam a bater-se com Francisca e Madalena na escola.

Para acabar com a confusão que se instala na barbearia, com as raparigas histéricas atrás dos serviços do Barbalho, Cármen grita que ele é gay. Victor fica em choque, porque as raparigas fogem dele a sete pés. Aida olha a irmã cheia de gratidão.

José é apresentado por Gilda como novo consultor da Forella. Eduarda sente-se desconfortável com a situação, mas o maior impacto surge entre José e Amélie. O olhar entre os dois é de desafio permanente, indiciando que já se cruzaram noutras circunstâncias.

Na Argentina, Lara é importunada pelos criminosos que procuram José mas, depois de agredida, consegue convencê-los de que desconhece o seu paradeiro. Desesperada, pede que lhe dêem algum dinheiro, mas só recebe desprezo.

José contrata um casal que se faz passar pelos pais de Diogo. A dupla entra em acção quando Maria visita o noivo e faz um escândalo, dizendo que o filho é a sua vergonha. A ideia é fazer com que Maria pense que Diogo não vai ter quem tome conta dele, obrigando-a a desempenhar a tarefa.

Categorias
Resumos de Novelas

Comentários