Resumos de Novelas

“Sol de Inverno”: resumo de 5 a 11 de Maio

[tps_title]Ep. 203[/tps_title]

Destaque: Teresa pensa em contratar Morais para que ele descubra o paradeiro de Laura mas Eduardo antecipa-lhe os movimentos e consegue subornar o detective para que deixe tudo com está

Horácio faz sentir a Isabel que o pessoal da fábrica está inquieto porque não tem praticamente nada que fazer, uma vez que as encomendas diminuíram drasticamente desde que ela assumiu o negócio. Isabel segue a sugestão e sugere aos funcionários que não têm que fazer que vão para casa, garantindo que não vão deixar de receber os ordenados. Fábio fica agradado com a ideia, pois vai poder passar mais tempo com o filho mas Lurdes e Dulce, mais conscientes e com experiencia de vida censuram a opção que a patroa toma, pressentindo que a situação é cada vez mais delicada.
Acácio conta a Fátima que já arranjou emprego. Ela pensa que o pai vai voltar à terra mas fica desiludida quando ele diz que vai ser o encarregado de uma loja de bowling na zona. Fátima não quer demonstrar que não gosta da ideia e disfarça garantindo que fica muito satisfeita de o ter ao pé de si.
Mariano e Beatriz combinam com grande entusiasmo a visita ao apartamento onde pensam viver. Ele comenta que Adelino vai sofrer quando perder a companhia da filha, mas Beatriz está certa de que o pai ficará feliz ao perceber que ela ficará feliz. Beatriz aproveita o rumo da conversa para contar ao namorado que ao arrumar a casa descobriu que o pai anda a tomar os comprimidos azuis e que quando comentou o assunto com Sofia, a irmã desatou a rir, ficando ambas convencidas de que o pai arranjou uma namorada.
Joana lancha com o pai, agora que ele já deixou a prisão. Fernando assume que vai tentar a sua sorte no estrangeiro, aproveitando o facto de ter uma irmã que explora um restaurante no Luxemburgo. A filha queixa-se da vida miserável que leva, sujeita a viver num quarto cuja senhoria reclama das despesas que ela dá, superiores à renda que paga. Fernando propõe-lhe que vá com ele e Joana mostra-se mais uma vez arrogante, recusando emigrar para servir às mesas. O pai promete tentar arranjar-lhe um lugar mais compatível como chefe de sala ou funcionária administrativa, levando a que ela comece a pensar em acompanhá-lo.
Lé vista Concha na prisão e mostra-se desiludida por ela não deixar a cadeia no tempo que se previa. Ela justifica que andou à pancada para defender Matilde que não o pode fazer por estar grávida. Mais afastada, Sofia conversa com Matilde e entrega-lhe o livro que Mariano lhe enviou, contando que o amigo está prestes a ir viver para um apartamento com a tia Beatriz e que o avô anda a tomar comprimidos azuis, sinais de que arranjou uma namorada. Matilde diz esperar que ele não demore muito tempo a assumir a relação, pois está desejosa de conhecer a mulher que o avô Adelino escolheu.
Rosa está com Adelino no quarto de hotel onde costumam encontrar-se e confessa que não está com vontade de ir para casa tratar do jantar. Ele puxa-a para si e diz que a ama, beijando-a. Nesse momento, sente uma forte dor no peito e o braço dormente. Rosa fica aflita e Adelino percebe que está a ter um enfarte, pedindo-lhe que chame por socorro e o deixe sozinho. Rosa liga para a emergência médica e cumpre as instruções que lhe dão, fazendo com que Adelino tome duas aspirinas dissolvidas em água. Ele insiste para que ela se vá embora mas Rosa recusa-se a deixá-lo sozinho.
Bruno leva Ana a casa e a conversa entre os dois corre com grande cumplicidade. Horácio cumprimenta-o com cordialidade e espera que o chefe da filha saia para dizer que está na altura de ela pensar em arranjar alguém que a faça feliz, indiciando que vê em Bruno o companheiro ideal. Embora diga que nada existe entre eles, Ana não deixa de pensar no que o pai lhe diz. Horácio, por sua vez, lamenta não conseguir falar com Rosa, embora dê o seu caso de amor com a mulher como exemplo que Ana deve seguir. De seguida liga outra vez para Rosa, na esperança de que ele agora atenda.
Rosa rejeita a chamada de Horácio, enquanto Adelino é transportado para o hospital, já estabilizado pela equipa médica do INEM. Antes de cumprir a vontade dele e regressar a casa, certifica-se de que a família é avisada. Rosa sente a consciência pesada por não acompanhar o amante quando vê a ambulancia afastar-se.
Gonçalo oferece a Manel parte do seu salário ganho no bar da praia mas o primo recusa, afiançando que ainda não atingiu um ponto tão crítico. Gonçalo desafia-o para ir com Vasco até ao bar para assistirem ao concerto, mas Manel responde que não está com disposição e muito menos quer premiar o filho que não tem obtido boas notas na escola.
Lúcia é ajudada por Salvador no bar e aproveita para desabafar com ele sobre o comportamento de Vicente que pouco ou nada a auxilia com Matias e Violeta, especialmente desde que o ex-marido está a viver com Teresa. Lúcia fica constrangida ao perceber que está a falar da irmã do amigo e pede desculpa. Salvador não fica melindrado e até se oferece para dar uma palavra a Teresa, já que ela deu mostras de se dar muito bem com as crianças. Lúcia agradece, mas recusa a oferta, preferindo que Salvador não de meta no assunto.
Eduardo encontra-se com o detective Morais e oferece-lhe uma generosa quantia de dinheiro para que não ajude Teresa a procurar a mãe. O detective aceita o pagamento, embora desconfiado das intenções do primogénito de Laura.
Sofia acompanha Adelino no hospital mas o pai deixa explicito que não quer explicar o que estava a fazer num quarto de hotel quando sofreu o enfarte. A filha compreende o embaraço e não insiste com a conversa.
Rosa evidencia uma grande ansiedade em casa, fruto da preocupação com o estado de saúde de Adelino. Horácio estranha o comportamento da mulher mas Ana lembra que a mãe tem estado muito pressionada durante o último ano, lavando o pai a desvalorizar a situação.
Fátima canta em inglês e deslumbra Carlos quando ele chega ao palacete. Acácio quebra a harmonia do casal e experimenta a farda da empresa de bowling onde vai trabalhar, certo de que vai arranjar com aquela indumentária um par para o casório da filha. Carlos fica alarmado mas disfarça e o futuro sogro tranquiliza-o ao dizer que tenciona tirar sessenta por cento do ordenado para pagar a boda. Depois de Acácio ir embora, Fátima agarra em Carlos, ensaiando de forma provocadora a ida ao bar da praia.
Mariano confessa as suas dúvidas em relação a ir viver com Beatriz, desculpando os seus receios com o facto de a casa que viram não ter espaço para os seus livros. Ao mesmo tempo contradiz-se ao reconhecer que a namorada gosta tanto de literatura quanto ele. Lé e Tomás acompanham com alguma diversão o raciocínio incoerente do amigo.
Sofia e Beatriz preparam-se para jantar e interrogam-se sobre quem é que Adelino está a querer proteger, uma vez que continua determinado em esconder a identidade da namorada. Sofia até equaciona a possibilidade de se tratar de uma prostituta. A conversa fica mais descontraída quando o tema passa a ser a inauguração da primeira loja da Mood.
Teresa fica perplexa quando telefona ao detective Morais e ele insiste em afirmar que sabe que Laura está bem, sem revelar como detém essa informação. Desiludida, Teresa desliga o telefone e encaminha-se para a sala, ao mesmo tempo que Margarida se prepara para sair. Eduardo tenta exercer o poder sobre a irmã mais nova, questionando onde é que ela pensa que vai. Margarida perde as estribeiras e responde-lhe à letra e também a Rita que se mete na discussão. A briga só acaba com a intervenção de Teresa que coloca Eduardo no seu lugar, embora ele não perceba o que está a fazer.
No bar da praia está prestes a começar o concerto de Kika. Fátima marca Carlos de perto e nem permite que ele deixe a mesa para ir buscar bebidas. Célia mostra-se agastada com as tiradas de Fábio mas prefere não se envolver nas suas ideias mirabolantes.
Horácio decide ficar em casa agora que não tem tanto trabalho na fábrica. Rosa, confrontada com a escolha do marido, fica desagradada uma vez que planeava visitar Adelino no hospital. Perante as perguntas de Horácio, o ambiente entre eles fica tenso e Rosa explode, embora diga que está perturbada por que anda a tratar mal Horácio. Ele propõe-lhe um passeio mas Rosa desculpa-se com o facto de ter de ir ajudar uma antiga colega a tomar conta dos netos. O marido desiste rapidamente, acreditando que ela está a falar verdade. Rosa prepara-se para sair mas está visivelmente transtornada por não conseguir confessar a sua traição.

Categorias
Resumos de Novelas

Comentários