Televisão

EXCLUSIVO: José Fidalgo fala sobre Gonçalo de «Mar Salgado»

José Fidalgo vai interpretar o personagem Gonçalo Queirós na próxima novela da SIC «Mar Salgado». O Propagandista Social esteve presenta na apresentação da novela à imprensa e falou com o ator sobre este novo projeto profissional.

O personagem tem 39 e há dezasseis anos engravidou Leonor (Margarida Vila-Nova). Para não arruinar a carreira de piloto, roubou-lhe os filhos e mentiu, dizendo que tinham nascido mortos. Um dos bebés foi entregue à irmã fingindo diariamente que não é sua filha. Casou com Patrícia (Joana Santos) sob chantagem e o casamento não passa de uma fachada.

O ator fala sobre os erros cometidos pelo personagem mas revela que este, apesar de não o admitir, se arrepende: “o Gonçalo Queirós vai proporcionar às pessoas que vão ver a novela uma serie de fatores que levam a deixar esta personagem envergonhada. Ele fez coisas no passado que se arrepende mas que por motivos de força maior está a lidar com elas. Isto quer dizer que ele não tomou a atitude de revelar essas mesmas atitudes. Foram as circunstâncias à volta que levaram o Gonçalo a ter que lidar com elas e acho que esse é que é o desafio para mim enquanto ator”.

“Ele fez coisas no passado que se arrepende mas que por motivos de força maior está a lidar com elas”
José Fidalgo sobre Gonçalo de «Mar Salgado»

José Fidalgo considera Gonçalo como “uma pessoa snobe, orgulhosa, não gosta de ouvir um não pelo bom ou mau sentido e vai ter de aprender um pouco a descer, a pôr os pés na terra e vai ter de ser um pouco mais humano até porque se se quer dar bem com o mundo tem de reconhecer os erros“. No entanto, o ator afasta a conotação de vilão do seu personagem, argumentando que os vilões da ficção são cada vez menos frequentes: “não, hoje em dia e desde há uns anos para cá já não existe vilões nas novelas. (…) Hoje em dia não há necessidade de haver vilões porque todos nós somos bons e somos maus“.margarida vila-nova e jose fidalgo apresentacao mar salgado

“Hoje em dia não há necessidade de haver vilões”
José Fidalgo

Relativamente às diferenças de «Mar Salgado» quando comparado com as outras novelas, o ator sublinha a história, os atores e a imagem como fatores diferenciadores: “de novo trás sempre uma história, a história é sempre nova, pelo menos quem escreve tenta isso. Depois são os atores que procuram personagens diferentes. Além disso, no que diz respeito à SIC, e graças a Deus quer a RTP e a TVI também têm lutado por isso, haver imagem“. Ainda relativamente à co-produção com a TV Globo, o ator resume as vantagens em “cinquenta anos, posso resumir esta resposta em cinquenta anos a fazer novelas para trezentos milhões de pessoas sensivelmente“.

“cinquenta anos a fazer novelas para trezentos milhões de pessoas sensivelmente”
José Fidalgo sobre a co-produção com a TV Globo

Por ultimo falou-se ainda de audiências e José Fidalgo prefere não avançar com apostas: “só depois de fazermos a novela, só depois de obtermos os resultados no final dela é que podemos festejar por ser um êxito ou não ” e promete:  “fazer o melhor possível, tanto eu como os outros atores. Uma  novela que as pessoas gostem” .

 

Categorias
Televisão

Estudante de Farmácia, amante das ciências e das artes. Gosto particular por entretenimento em diversas áreas: televisão, cinema, teatro, música.

Comentários