Resumos de Novelas

“O Beijo do Escorpião”: resumo de 21 a 26 de Julho

[tps_title]Ep. 131[/tps_title]

António fica muito surpreendido ao perceber que a inspetora é capaz de cometer ilegalidades, como deter Rita sem provas. Mais ainda se surpreende ao descobrir que foi encontrada uma arma idêntica à que matou Fernando em casa de Rita.

Marta conversa com Miguel e com Paulo. Ela aconselha-os a perceber o que se passa realmente com os aviões. Há suspeitas de falhas técnicas e, como tal, eles são os principais interessados em que tudo se resolva. Pergunta ainda quando é que eles estão a pensar assumir o que sentem. Eles ficam algo incomodados com a pergunta.

Rita pede a António que aguente ao máximo a notícia da sua detenção. Contudo, André surpreende todos ao entregar-se como sendo ele o dono da arma encontrada.

Alice conversa com Romão e diz-lhe ter algo contra António. Ele fica muito interessado e intrigado acerca de tais trunfos. Alice pede a Romão que lhe dê dinheiro em troca das informações que tem.

André é levado a tribunal. O advogado conversa com ele antes disso e tenta perceber se o rapaz é inocente ou culpado.

António conversa com Rita e tenta fazer-lhe ver que quando a notícia chegar a público, irá denegrir a imagem do shopping. Contudo Rita diz que não tem cabeça para pensar nisso, apenas no filho que está detido. António faz-lhe a pergunta que ela não quer ouvir: se ela acha que o filho poderá ter morto o pai. Rita olha-o sem responder.

André entra em pânico. Não sabe o que lhe vai acontecer. Pede para falar com Afonso. Ao telemóvel, Afonso acalma-o e diz que estará sempre ao lado dele aconteça o que acontecer.

Quando é presente ao juiz, André assume ter comprado a arma mas não afirma ter disparado contra o pai.

No dia seguinte, André chega a casa acompanhado de Afonso. Não foi constituído arguido e como tal foi libertado. Afonso conforta Rita e diz-lhe que ela terá que apoiar e acreditar no filho, ao que ela anui.

Enquanto isso, André tem outro ataque de pânico, sozinho no quarto. Recorda-se das palavras do juiz que lhe disse: que a balística iria comparar a bala com a arma e começa a ficar muito ansioso.

O telefone toca e Benedita atende a mãe. Diz-lhe que está a passar umas férias ótimas com o pai. De seguida o pai liga-lhe e ela diz que está com a mãe e que está tudo bem. Quando desliga, sente-se feliz com o que está a fazer aos pais.

Romão vai ter com António e diz-lhe que nada quer saber do filho de Rita e que apenas se interessa pelo bom nome e pela imagem do shopping. António fica admirado com a frieza de Romão. Mais ainda quando ele lhe revela que Fernando se preparava para o trair.

Manuel chama a advogada e pede-lhe que reabra o processo. Ela diz que será quase impossível um juiz decidir de outra forma. Contudo, ele não baixa os braços. A sua força de vontade impressiona a advogada.

Quando Miguel e Paulo chegam ao aeródromo, são informados pelo copiloto que Jacques quer falar com os dois. Eles estranham a convocatória e receiam o que aí virá.

Ana vai ter com Rita e diz-lhe que aceita o trabalho na Garment. Ainda está muito apreensiva, mas sente que tem que aceitar o emprego. Josefa surge na sala e informa Rita que há jornalistas a querer saber pormenores acerca da detenção de André. Ana fica muito chocada com o que ouve.

Categorias
Resumos de Novelas

Comentários