Resumos de Novelas

«Sol de Inverno»: resumo de 28 de julho a 3 de agosto

[tps_title]274º Episódio[/tps_title]

Destaque: Laura tenta chegar a um acordo com Morais para comprar o seu silêncio e até se mostra disposta a casar com ele. O detective diz que agora é tarde e Laura dá-lhe um estalo, já à beira do desespero.

 

 

Lé e Fátima estão a decorar o palacete para a festa de despedida de Concha. Acácio decide ajudar mas estraga logo uma fiada com bandeirinhas que Lé tinha feito. Mariano chega entretanto e Acácio diz que está deprimido, convidando-o para fazer um jogo de braço de ferro. O livreiro confessa que não é adepto daquele tipo de competição e o pai de Fátima insinua que ele deve andar a ingerir hormonas femininas nos batidos que toma. Mariano propõe que façam um jogo de cultura geral e convida Lé para fazer as perguntas. Ela aceita, certa de que se vai divertir bastante. Acácio só aceita entrar no jogo, depois de Fátima insinuar que ele está com medo.

Teresa acompanha Manel a casa e reconhece que toda a família estava convencida de que Eduardo tinha fugido com Rita, estranhando que ele apareça morto no rio. Manel pergunta se já foi apurada a causa da morte e ela revela que só se saberá depois de realizada a autopsia. Teresa despede-se do namorado, justificando que é melhor não levantar suspeitas a Laura de que continuam juntos. Manel diz que está pronto a contar ao filho, confiante de que Vasco vai ficar radiante por tê-la como madrasta.

Matias responde torto a Violeta e Vasco quando eles lhe perguntam se já fez os trabalhos de casa, pois está agarrado ao telemóvel a trocar mensagem e a rir. A irmã lembra-lhe que os professores ameaçaram mandar recados para casa na caderneta de quem não cumprir os deveres e que se isso acontecer a mãe não vai gostar. Matias fala com desdém para a irmã e diz que não se importa porque os estudos não servem para nada. Violeta grita com ele e Tomás aparece para pôr cobro à discussão. Matias reage com agressividade e agarra nos livros para ir embora, disparando que não tem nada de ouvir os seus sermões porque ele não é seu pai. Tomás fica sem saber como reagir, enquanto Violeta e Vasco trocam um olhar de preocupação.

Mariano e Acácio respondem às perguntas de Lé e lutam quase até final pela vitória no jogo de cultura geral que estão a fazer. No entanto, Mariano acaba por levar a melhor, deixando Acácio despeitado com a derrota.

Margarida vai ao bar da praia com Alice e aproveita para ir conversar com Lúcia. Alice fica preocupada mas Margarida pede apenas desculpa por ter sido inconveniente algumas vezes e assegura que se vai afastar de Tomás. Lúcia aceita desculpar Margarida e esta explica a Alice que o psicólogo a aconselhou a pedir perdão às pessoas que magoou.

Camila chega a casa toda suja e Nuno dá-lhe beijinhos, registando que ela tem a camisola e a cara riscadas. Simão olha-os com ternura mas diz à filha para ir preparar-se para tomar banho. Depois, conta a Nuno que já falou com a educadora sobre os comentários que a menina tem escutado sobre o seu pai biológico, esclarecendo que não quer que ela seja confrontada com essas conversas. Nuno diz que o advogado já lhe ligou a informar que o juiz vai pronunciar-se no dia seguinte sobre a ordem de afastamento que solicitaram, para manterem Frederico longe deles. Simão não esconde a sua ansiedade e comenta o facto de não ter ainda novidades sobre a autópsia do irmão, justificando que o corpo de Eduardo foi retirado do rio em muito mau estado.

Sofia fica incomodada por Andreia aparecer de surpresa em sua casa. Ela justifica que com a relação que agora têm, escusam de fazer cerimónia e pergunta se ela já sabe que o corpo de Eduardo apareceu no rio. Depois se Sofia assentir, Andreia afirma com um sorriso malicioso que afinal perdeu a viagem. Sofia, impaciente, afirma já ter percebido que ela sabe mais do que aquilo que diz e sugere-lhe que estabeleça um preço para vender essa informação. Andreia deixa-a em suspenso, garantindo que a seu tempo revelará o que sabe.

Laura oferece-se a Morais e até se dispõe a casar, desde que ele fique do seu lado. O detective refaz-se da surpresa e diz que agora é tarde, embora se sinta lisonjeado. Laura fica irritada e dá-lhe um estalo, dizendo que se for embora sem que cheguem a um acordo, reagirá. Morais, sorri agarrado à cara e despede-se a dizer que ela sabe bem que não está em condições de fazer ameaças. Laura fica desesperada e chora sentindo-se cada vez mais acossada.

Margarida conta a Teresa que conversou com Lúcia no bar da praia e lhe pediu desculpa pelas cenas que fez. A irmã saúda o facto de ela ter resolvido mais um assunto melindroso.

Nuno consegue convencer Simão a aceitar jantar com Benedita, fazendo-lhe ver que apesar de ela ter errado ao vender segredos da Boheme, foi a mãe dele quem deu azo a tudo o que se passou. Simão confessa-se farto de viver em permanente sobressalto e aceita receber Benedita lá em casa.

Isabel janta com Benedita e Artur e agradece de novo à irmã por ter enviado flores às trabalhadoras que ficaram doentes. Benedita elogia o discurso que ela fez na fábrica e mostra-se convencida que vai conseguir reconquistar a confiança e simpatia do pessoal. Isabel reafirma, pedindo desculpa a Artur, que quem estava a desestabilizar tudo era a mãe dele e interroga-se se Benedita, Artur e Dulce serão suficientes para tomarem conta da fábrica, pois ela quer ter uma gravidez tranquila, sem a obrigação de ir trabalhar todos os dias.

Dulce leva feijoada que sobrou do jantar a Horácio e Jacinto, que ficam agradecidos. Dulce confirma que Isabel mandou flores às trabalhadoras que ficaram doentes em casa, justificando que se tratou de uma tentativa de melhorar o ambiente. Jacinto comenta que a fábrica tem andado mergulhada em confusões e Dulce reconhece que podia ter evitado algumas se mandasse mais. Horácio volta a mostrar vontade de ir para a reforma mas Jacinto acha que isso só lhe fará mal. Dulce acha que eles até estão muito bem e Horácio fica envergonhado quando Jacinto atribui o bom aspecto que têm aos cremes que usam. Carlos aparece entretanto e a mãe estranha a sua presença. Ele explica que foi tratar de negócios que tem com Jacinto, sócios na venda de artigos em segunda mão na internet.

No palacete faz-se a festa de despedida a Concha e Gonçalo. Num breve discurso, ela pede aos amigos que se portem bem e que lhe olhem pela mãe. Acácio garante que está ali para isso e que alguém tem de ser o homem da casa, insinuando que Mariano não consegue sê-lo. Mariano quase explode e quase diz que tem sido muito homem com a filha dele. Só não o faz porque Fátima lhe lança um olhar que o impede de concluir a frase.

Sofia aproveita um momento de descontracção para perguntar a Ricardo como é que se tem sentido. Ele responde que não tem de estar sempre a perguntar mas confirma que está bem. Sofia diz que se o faz é porque se preocupa e gosta muito dele. Ricardo retribui.

Depois do jantar, Laura senta-se no sofá da sala com as filhas e fica incomodada quando Margarida fala da autópsia ao corpo de Eduardo. Teresa aproveita e para ir falar com Manel, inventa que tem de ir ao quarto tomar um comprimido de que se esqueceu.

Numa chamada rápida, desabafa que teve um dia duro por causa da morte do irmão e Manel confessa que também não foi fácil para si, ter ficado sem ela. Teresa reconhece as dificuldades de uma relação às escondidas e Manel só pode falar com mais abertura quando Vasco o deixa um pouco a sós para ir ao quarto. Manel assegura que vai ser paciente e Teresa promete voltar a enfrentar a mãe, assim que passe a fase de luto pelo irmão. Manel desliga o telefone e diz a Vasco que estava a falar com uma amiga quando o filho pergunta quem era. Em seguida manda-o para a cama e lembra-lhe que no dia seguinte vai para casa da mãe.

Ana despede-se de Bruno, lamentando que ele tenha de viajar mais uma vez. Ele lembra-lhe que se trata de uma viajem de trabalho, pois se fosse de lazer, não abdicaria da sua companhia. Ele volta a mostrar-se insegura pelo medo de o perder, quer por causa de Andreia ou de outra mulher qualquer. Bruno, reafirma que a ama e Ana corresponde.

Matilde despede-se de Concha, ambas muito emocionadas. Lé, Salvador e Gonçalo também se emocionam com o momento protagonizado pelas duas amigas. (conclusão)

Categorias
Resumos de Novelas

Estudante de Ciências e Tecnologias, 17 anos, Porto.

Comentários