Resumos de Mar Salgado SIC
Resumos de Mar Salgado SIC
Resumos de Novelas

“Mar Salgado”: resumo de 22 a 28 de Setembro

[tps_title]Ep. 12[/tps_title]

Leonor conversa animadamente com carlota e Kika sobre as atividades aquáticas e em particular sobre a sua profissão como instrutora de mergulho, oferecendo-se para as ensinar. André aproxima-se delas e Nuno anuncia-lhes a chegada do tio. André disfarça o seu desconforto e confirma ao amigo que conhece Leonor desde os tempos de escola. Para acabar com a conversa, diz a Carlota e Kika que já deviam estar na água para a aula de vela e as raparigas fazem menção de avançar. Nuno e André vão treinar para a regata em que vão participar e Leonor diz que se precisar de algo durante a aula de mergulho que vai dar, pergunta a Jorge que irá consigo no barco. Antes de se despedir de André, Leonor convence-o a ir jantar a sua casa.

Patrícia telefona a Gonçalo e informa o marido que Leonor já travou conhecimento com Carlota mas que esta já está no barco com Kika para a aula de vela. Amélia escuta o telefonema do irmão com grande ansiedade e depois de ele desligar, insiste que tem de fazer com Leonor deixe o País, pois enquanto estiver por perto pode descobrir que Carlota é a sua filha. Gonçalo assegura que está a tratar do assunto e tenta amenizar a angústia da irmã.

Frederico conta a Antónia que foi distinguido com um importante prémio internacional pelo trabalho humanitário que a Fundação Queirós tem desenvolvido em África. A mulher fica muito feliz com a notícia e diz que a distinção é inteiramente merecida. Frederico realça que só conseguiu o prémio com o apoio dela e dos filhos. Antónia pergunta onde vai ser a gala e o marido conta que propôs que ela decorra no Hotel Salinas de Troia, propriedade da família.

Leonor prepara com Jorge a sessão de mergulho e ajuda Tomás a equipar-se. Jorge apresenta-os e Leonor fica a saber que Tomás é um advogado que recentemente concluiu o curso de mergulho.

Tina e Cremilde deixam a banca esvaziam a banca de peixe de Joni, aproveitando o facto de bento estar a dormir. Quando Aurora o acorda, ele fica atarantado e pensa que Tina e Cremilde lhe roubaram o peixe. Elas fingem-se indignadas e Bento muda de estratégia fazendo-se de vítima e a dizer que Joni o vai despedir, garantindo que aquilo não vai ficar assim. Depois de ele se afastar, Cremilde diz à filha que está com um peso na consciência e Tina decide recolocar o peixe na banca. Bento observa-as escondido e sorri, por ver o problema resolvido.

Entretanto, Joni diz a Laurinda que o desconto que lhe faz na compra do pescado não chega para manter bento a trabalhar consigo. Henrique chega nesse momento e fica zangado com a mulher por estar a sustentar o irmão. Um funcionário interrompe a discussão e Laurinda diz a Henrique que mais tarde voltam a falar sobre o assunto.

Idalina e João fazem uma visita ao restaurante que Vitória vai abrir e a filha dá-lhes a provar alguns petiscos que está a ensaiar. Os pais ficam maravilhados e elogiam a “mão” que Vitória tem para a cozinha.

Sílvia está a preparar-se para ir trabalhar quando Rute aparece toda produzida e se põe a desfilar à frente da irmã, afirmando que está fantástica. Messias bate-lhes à porta e Rute pensa que ele ali foi à procura de Daniel, mas o rapaz desfaz o equívoco e revela que foi à procura dela. Messias elogia-lhe a beleza e segreda-lhe que pode dar-lhe mais dinheiro se ela precisar. Rute fala baixo e pede para não falar do assunto à frente da irmã. Messias ganha coragem e convida-a para sair mas Rute mente e responde que vai passar o dia a fazer limpezas. Messias vai embora com um sorriso apaixonado e Sílvia critica Rute por andar a enganá-lo. A irmã dispara que quer é orientar a sua vida e conta que Diogo perguntou por ela ao jantar na casa de Idalina e João. Sílvia mostra-se desinteressada e responde que pode ficar com ele todo para ela.

Bento diz a Joni que o segurança do mercado não quer meter-se nas desavenças que têm com Cremilde e Tina e que têm de fazer queixa delas à polícia, por terem escondido o peixe. Joni desconfia que Bento teve algo a ver com o assunto e fica furioso com ele quando as rivais contam que Bento esteve a dormir em serviço. Joni promete responder-lhes ao ataque e recusa-se a fazer tréguas.

Gonçalo elogia Frederico pelo prémio humanitário que ganhou e o pai reafirma que a distinção se deve à ajuda da família que vai querer ver toda a família na gala. Kika e Carlota regressam com André do centro náutico, à conversa com o tio sobre a aula de vela. Kika afirma que gostava de tripular um barco mais evoluído e tanto André, como Gonçalo são de opinião de que ela deve ganhar mais experiencia. Frederico diz que Kika veleja melhor que muitos marinheiros experientes e ela comenta que o pai nunca vê o que ela faz bem. Gonçalo responde que os avós existem para fazerem dos pais os maus da fita. Carlota mostra-se entusiasmada por ter conhecido a nova instrutora do centro e diz que quer ir experimentar fazer mergulho. Amélia fica petrificada e diz à filha que não a quer a praticar mergulho porque é perigoso e lhe vai roubar tempo para estudar. Carlota pede ajuda a André para a ajudar a convencer a mãe mas o tio, cada vez mais comprometido, coloca-se ao lado de Amélia, para desilusão da sobrinha.

Leonor confessa a Nuno que já tem saudades de mergulhar e comenta que sentiu grande empatia com Carlota, depois de falar com ela.

Entretanto, Leonor recebe uma chamada de Alice, que a avisa de que Gonçalo lhe quis comprar o silêncio, oferecendo-lhe dinheiro para dizer que a história que lhe contou sobre os filhos gémeos era mentira. A mergulhadora dispõe-se a pagar a viagem a Alice para que ela confirme em Portugal o que lhe contou sobre os filhos, no Dubai. A enfermeira não afasta essa possibilidade mas lembra que tem de terminar a sua missão humanitária na Síria.

Leonor fica perplexa com as movimentações de Gonçalo e vai ter com Tomás, que se prepara para almoçar no Hotel das Salinas, dizendo que precisa de aconselhamento jurídico. O advogado acede a ajudá-la e Leonor começa por lhe contar a sua história de vida e as razões que a levaram a regressar a Portugal.

Amélia agradece a André por ter mantido a sua palavra e por não ter contado a Leonor e carlota que são mãe e filha. O irmão reafirma que está a ser muito difícil manter um segredo tão grave e insiste que deveriam contar toda a verdade. Amélia implora ao irmão que não o faça, pois essa atitude iria destruir a família.

Kika diz a Gonçalo que precisa de ir comprar roupa para a gala do avô, mas o pai volta a desapontá-la e responde que deve falar do assunto à mãe porque ela tem mais paciência para aquelas coisas. Kika fica ainda mais magoada quando percebe que o pai vai andar de mota com Carlota. Frederico percebe a tristeza da neta e coloca o seu braço à volta de Kika, levando-a para jogar golfe consigo.

Tomás fica impressionado ao ouvir Leonor contar que teve dois filhos com Gonçalo e que tem a certeza que ele fez desaparecer os gêmeos e que um deles, o rapaz, terá morrido por responsabilidade dele. Leonor procura saber o que pode fazer para obter as respostas que procura e encontrar a filha. Tomás aconselha-a a denunciar o caso ao Ministério Público para desencadear uma investigação policial, obrigando Gonçalo a dar explicações, até porque o testemunho de Alice pode ser decisivo para apurar a verdade.

Henrique opõe-se a que Bento continue a ser sustentado pela família e critica Laurinda por pagar para que o irmão conserve o emprego no mercado. Bento ainda reivindica o seu direito a ser ajudado, por ter herdado também o negócio dos pais mas Laurinda recorda-lhe que ele vendeu a sua parte do negócio e que foi ela quem evitou a falência. Henrique reafirma que não vai sustentá-lo e concorda com a mulher que o dinheiro que gastam para que Joni o mantenha na banca, vai passar a sair do seu ordenado. Bento tem de resignar-se, percebendo que se não o fizer vai acabar na rua e desempregado.

Sebastião vai à esplanada onde costuma encontrar Madalena e pergunta ao empregado se não a tem visto. O homem confirma que não e o escritor fica desiludido.

Leonor conta a Diogo que Alice lhe ligou a dizer que Gonçalo a quis comprar e que pediu ajuda a Tomás para avançar com um processo contra Gonçalo por causa dos filhos que ele fez desaparecer. O irmão deseja que ele se assuste e diga finalmente a verdade. Leonor muda de assunto e incentiva Diogo a aceitar o emprego no Dubai, certa de que ele deve lutar por uma carreira onde realmente se sente bem. Diogo continua indeciso porque não quer afastar-se da irmã e diz que vai jantar fora para a deixar mais à-vontade a jantar com André.

Patrícia mostra-se preocupada com a aproximação de Carlota e Leonor e duvida que André consiga manter o segredo de que são mãe e filha. Gonçalo confia que o irmão manterá a sua palavra para não destruir a família mas a mulher aconselha-o a encontrar uma forma de silenciar Alice.

Amélia pede ajuda a Martim para convencer Carlota a desistir da ideia de fazer mergulho. O marido estranha o pedido por não achar que se trate de um actividade perigosa mas, perante a insistência dela, acede a falar com a filha sobre o assunto.

Leonor janta em grande harmonia com André e pede desculpa por ter exagerado na sua reacção ao beijo que trocaram. A mergulhadora elogia-o por ser um bom amigo e muito melhor do que o irmão. André fica preocupado quando Leonor afirma que vai continuar em Portugal até saber o que realmente aconteceu com os filhos e que seria melhor para Gonçalo se aceitasse ajudá-la.

Pela manhã, Gonçalo, Amélia, André e Frederico preparam-se para irem trabalhar quando são surpreendidos por Amélia, que entra na sala levando consigo dois agentes da Polícia Judiciária que avançam para Gonçalo, dizendo que querem fazer-lhe algumas perguntas. Frederico fica espantado, Gonçalo assustado e os demais muito preocupados.

Categorias
Resumos de Novelas

Comentários