Cinema

Queer Lisboa abre com chave de ouro com «Hoje Eu Quero Voltar Sozinho»

O «Queer Lisboa» começou esta Sexta-Feira no Cinema São Jorge e promete trazer o que de melhor se fez em Cinema LGBT em Portugal e no Mundo.

A sessão de abertura contou como candidato brasileiro a melhor filme estrangeiro para os Óscares «Hoje eu quero voltar sozinho».  A escolha acertada da organização para a abertura da décima oitava edição do festival resulta da projeção mediática do filme após a estreia mundial no Festival de Berlim onde conquistou o Teddy de melhor longa para um filme com temática LGBT. Somam-se ainda às vitórias o prémio da Fipresci (Federação Internacional de Críticos de Cinema) de melhor filme da mostra Panamorama.

«Hoje eu quero voltar sozinho» conta a história de Leonardo (Guilherme Lobo), um adolescente cego, que lida simultaneamente com a mãe superprotetora e a conquista do seu espaço. Quando Gabriel (Fabio Audi) chega à cidade e à vida de Leonardo, o adolescente começa a descobrir novos sentimentos e uma sexualidade até então desconhecida. A vinda de Gabriel além de novas descobertas põe ainda à prova a relação do protagonista com a sua melhor amiga de sempre, Giovana (Tess Amorim).

A ideia subjacente à película resulta da curta metragem «Eu Não Quero Voltar Sozinho» onde se explora, com as mesmas personagens, o primeiro beijo. A adaptação da longa a curta, dirigida pelo argumentista Daniel Ribeiro, consegue captar a essência do primeiro amor adolescente numa abordagem feliz ao tema. A construção dos personagens resulta muito bem, com um Leo com caraterísticas que o tornam numa personagem muito especial. O facto de se explorar a sexualidade e o desejo por alguém do mesmo sexo mesmo quando o protagonista nunca conseguiu ver as diferenças torna este filme muito especial.

O duplo tabu do protagonista serve de premissa para toda a história com uma realização muito bem pensada e uma direção de fotografia também muito bem orquestrada. A química do trio de protagonistas enaltece ainda a história e consegue comover pela riqueza dos sentimentos explorados.

Fique com o trailer:

Categorias
Cinema

Estudante de Farmácia, amante das ciências e das artes. Gosto particular por entretenimento em diversas áreas: televisão, cinema, teatro, música.

Comentários