Palcos & Letras

É já amanhã que será publicado o novo romance de Saramago

É  já amanhã, dia 23 de setembro, que será publicado o novo romance de José Saramago, com o título “Alabardas, alabardas, Espingardas, espingardas”. Este romance inacabado, que vê a luz do dia através da Porto Editora, é uma reflexão sobre a violência que põe em relevo a fragilidade humana e social face às atrocidades da guerra.

Neste livro, onde a história é conduzida pela personagem Artur Paz Semedo, surgem-nos reflexões sobre o lado mais sujo da política internacional, um mundo de interesses ocultos que subjaz à maior parte dos conflitos bélicos do século xx. Aliás, fazendo jus a uma nota de Saramago em agosto de 2009, este afima «afinal, talvez ainda vá escrever outro livro. Uma velha preocupação minha (porquê nunca houve uma greve numa fábrica de armamento) deu pé a uma ideia complementar que, precisamente, permitirá o
tratamento ficcional do tema.»

Para a edição portuguesa contribuíram as ilustrações de um outro Nobel da Literatura, Günter Grass, e textos de Fernando Gómez Aguilera e de Roberto Saviano.

A apresentação mundiall de “Alabardas, alabardas, Espingardas, espingardas” terá lugar na Sala Garrett do Teatro Nacional D. Maria II, no dia 2 de outubro, às 18:30. Com a participação de António Sampaio da Nóvoa, Baltasar Garzón e Roberto Saviano, a sessão será moderada por Anabela Mota Ribeiro.

Categorias
Palcos & Letras

Comentários