Resumos de Novelas

“Jardins Proibidos”: resumo de 6 a 11 de Outubro

[tps_title]Ep. 25[/tps_title]

Luís está furioso por Aníbal passar por cima da sua decisão de não colocar o coração artificial em Clarinha. O administrador do hospital reitera que Luís será o único responsável se a criança morrer e o médico relembra a todos que a decisão final do transplante cabe aos pais de Clarinha. Todos os olhares se desviam para Teresa e Vasco que se agarram à esperança de salvar a filha sem recorrer à Berlin Heart.

Alfonso e Mónica falam divertidos sobre a festa com os sem-abrigo e a rapariga desconfia que existe algo mais por trás da obsessão de Carol em querer conquistar Rui. A conversa é interrompida por um telefonema de Isabel, mãe de Alfonso, que o deixa muito inquieto. Filipe foi internado de urgência e o filho sente-se culpado.

Vanda encontra Tânia a chorar no vestiário e a enfermeira confessa que está perdidamente apaixonada por Pedro, mas tem medo que Alberto cometa uma loucura. Vanda, com um discreto sorriso maldoso, incentiva a enfermeira a manter o romance com o médico e a contar tudo ao marido.

Alfonso chega ao hospital e a mãe responsabiliza-o pelo ataque de coração do seu pai. O espanhol sai dali visivelmente perturbado e segue de mota até à esplanada onde costuma ir com Mónica, começando a beber. Já completamente embriagado, Alfonso vai a casa da namorada e termina tudo com ela por não aguentar a culpa de o pai estar doente. Mónica expulsa-o de sua casa e desaba a chorar, devastada.

No hospital, Eduardo e Luís avisam Teresa que a Clarinha tem poucas horas de vida, mas, ainda assim, Luís insiste que devem esperar até ao dia seguinte. Teresa começa a ficar hesitante, pois tem medo de pagar um preço demasiado alto por adiar a colocação de um coração artificial na sua filha.

Rui encontra Alfonso no hospital e tenta convencê-lo de que ele não tem qualquer responsabilidade no problema de saúde do pai. O médico incentiva-o a ir ter com Mónica e deixar o pai nas mãos dos médicos.

Lurdes fica triste por Sofia não ir ao seu jantar de aniversário por ter de ir apoiar uma amiga que tem a filha muito doente. Chico também vai faltar à festa por ter de ajudar um casal amigo. Lurdes comenta, com ar triste, que apenas Célia vai aparecer.

Alfonso entra disparado em casa de Mónica e, antes que ela diga alguma coisa, beija-a com todo o seu amor. Alfonso conta-lhe que Rui o chamou à razão e que não vai abdicar da mulher que ama por causa dos problemas dos pais. O jovem casal abraça-se de sorriso aliviado e apaixonado.

Chico conversa com João sobre hortas urbanas e garante-lhe que é um bom negócio para eles, mas João recusa a proposta, afirmando que a sua vida é projetar casas e não hortas. Rita, que assistia à conversa, discute com o marido por ele continuar a só querer trabalhar na sua área quando estão praticamente na miséria. Chico tenta acalmar os ânimos e convida os amigos para passar a noite em sua casa.

Em casa de Zeca, já estão todos sentados à mesa para jantar. Lurdes percebe que o neto sente alguma coisa por Célia e Anunciação comenta não acreditar que Zeca e Sofia fiquem juntos, enquanto come satisfeita o lombo que pensa que fez.

No dia seguinte, Chico despede-se dos amigos, percebendo que o casal não está de bom humor. Assim que Rita e João entram no carro começam a discutir e não reparam que Pedrinho não tem o cinto de segurança posto. A discussão vai subindo de tom, com os dois a acusarem-se mutuamente pela situação difícil em que se encontram. João, totalmente descontrolado, começa a conduzir a grande velocidade e a fazer ultrapassagens perigosas, quando, inesperadamente, um camião surge em sentido contrário, deixando Pedrinho em pânico.

Categorias
Resumos de Novelas

Comentários