Cinema

Como treinar para ser dragão

Não, o título do artigo não é nenhuma analogia futebolística, nem tão pouco uma crítica à quase definitiva trilogia da DreamWorksComo Treinares o Teu Dragão.

Como treinar para ser dragão? É estar atento ao trabalho desenvolvido pelo ator Benedict Cumberbatch ao criar o movimento e a voz do imenso Smaug para o segundo segmento da trilogia d’O Hobbit.

Nesta novas imagens dos bastidores de O Hobbit: A Desolação de Smaug, os fãs podem ficar a conhecer melhor a técnica utilizada por Cumberbatch, já largamente celebrizada por Andy Serkis em filmes como King KongAs Aventuras de Tintin – O Segredo do LicornePlaneta dos Macacos e a trilogia original de Senhor dos Anéis: a captura de movimento.

Esta técnica consiste em gravar um movimento e posteriormente transpô-lo para um modelo digital através de fatos e pontos referenciais utilizados pelos atores. Atualmente, os responsáveis pelos efeitos especiais podem incluir as performances completas, inclusivamente as expressões da face, mas muitas vezes os movimentos podem servir apenas de inspiração, como foi o caso de Gollum na trilogia original.

Os fãs podem agora espreitar a metamorfose do ator inglês em dragão dos bastidores de algumas das cenas mais marcantes do filme. A intensidade é evidente e mostra que a indústria de dar a voz a uma personagem já não passa só por isso.

Categorias
Cinema

Comentários