Resumos de Novelas

“Jardins Proibidos”: resumo 29 de Dezembro a 3 de Janeiro

[tps_title]Ep. 88[/tps_title]

Teresa diz a Eduardo que quer registar Lourenço, mas está hesitante em colocar o nome de Vasco. Eduardo, apaixonado, mostra-se disposto a registar Lourenço como seu filho. Teresa agradece do fundo do coração, mas decide que o bebé só terá o seu apelido.

Alfonso continua revoltado com a sua situação, sendo brusco com Mercedes. A espanhola e Isabel procuram encontrar uma forma de impedir que Mónica e Alfonso se cruzem na clínica.

Xavier, seguindo as instruções da patroa, vai até à casa de Jacinta. Quando anuncia que vem da parte da Ávila, Jacinta começa a tremer, nervosa.

Célia vai a casa de Inês a pedido da adolescente. Fica em choque quando Inês lhe diz que está quase a encontrar o paradeiro da sua filha.

Os inspetores estão no hospital para falar com Vanda. A enfermeira chefe emociona-se ao falar de Patrícia, mas rapidamente muda de atitude quando lhe perguntam se tem um alibi para a noite do assassinato, ficando profundamente irritada com a insinuação.

Célia suplica a Inês que deixe de investigar o seu passado. Sem controlar as lágrimas, sai a chorar sob o olhar confuso e curioso de Inês.

Xavier conseguiu convencer Jacinta a acompanhá-lo até à quinta. Emília e Jacinta encaram-se, após muitos anos. O momento é imperscrutável.

Jacinta confronta Emília com as mágoas do passado e o erro enorme que a Ávila cometeu: abandonar o filho recém-nascido. As duas choram, recordando, e Emília exige saber o que aconteceu ao bebé.

Tocam à porta na casa dos Ramos e Diogo vai abrir. Aníbal Resende apresenta-se e prestasse a levar a sobrinha. Diogo, aturdido, tenta perceber o que se passa.

Raquel irrompe no gabinete de Lena, exigindo satisfações. O confronto, repleto de raiva por parte de Raquel e de condescendência de Lena, escala até Raquel varrer e destruir todos os objetos no escritório, ameaçando contar tudo a Vasco.

Diogo, exaltado, recusa-se a deixar Aníbal levar Luz, a menos que apresente uma ordem judicial. Aníbal fica exasperado.

Como uma leoa ferida, Raquel continua a ameaçar Lena com denunciá-la à Ordem de Advogados e a Vasco. Lena, tenta expulsá-la à força do escritório. Mateus, farto dos comentários maldosos da chefe, intervém ao ver Raquel sentir-se mal, agarrando-se com dores.

Emília insiste em saber que foi feito do filho. Jacinta conta-lhe que o cuidou como seu. Emília promete que não lhe vai contar a verdade, mas que precisa de o ver antes de morrer. Jacinta, embora reticente, acede ao pedido de lhe trazer Simão. Aníbal perde a paciência. Diz a Diogo que ele é o tutor legal da menina e que Diogo não lhe é nada. Diogo descontrola-se e agarra Aníbal. Luz aparece a chorar, pedindo que deixem de discutir.

Mateus já não aguenta mais desaforos e enfrenta Lena. Raquel está cheia de dores e pede que chamem uma ambulância. Nem perante o sofrimento da ex-amiga, Lena poupa os comentários maldosos. Raquel sente que vai dar à luz em breve e liga a Marta.

Perante o pedido da pequena, Aníbal e Diogo acalmam-se. O diretor aceita voltar mais tarde para a buscar e adota uma atitude doce com Luz.

Luís está num quarto médico a descansar após uma cirurgia. Vanda aparece e pede-lhe, amedrontada, que minta por ela e diga aos inspetores que ela estava com ele na noite do assassinato de Patrícia. Ele nega-se a mentir por ela. Vanda fica preocupada.

Categorias
Resumos de Novelas

Comentários