Resumos de Novelas

“Jardins Proibidos”: resumo 26 a 31 de Janeiro

[tps_title]Ep. 111[/tps_title]

Vasco responde já não amar Teresa e reafirma os seus sentimentos por Lena, pedindo-a em casamento, agora oficialmente. Os dois sabem que se casarem, têm mais hipóteses de conseguir ficar com a guarda das crianças. A ideia de ser mãe é algo que repugna Lena, mas a advogada força um sorriso e aceita o pedido, pois só assim conseguirá tudo o que deseja: poder e fortuna.

Alfonso e Mónica não desviam o olhar. Madalena decide deixá-los a sós. Mónica, com semblante chocado, olha para as pernas de Alfonso, perguntando o que lhe aconteceu. Alfonso nem quer acreditar no desplante dela, crendo que ela está a fingir-se surpreendida.

Jú informa Teresa por telefone que Vasco já sabe a verdade. Teresa fica espantada, pois não compreende a razão para a avó a ter odiado a este ponto. Jú explica que Emília deixou uma carta e que ela vai entender os seus motivos assim que a ler. Quando Jú desliga, Simão mete-se onde não é chamado, irritando-a.

Por mais que tente, Vasco não deixa de remoer o assunto e sai porta-fora, exclamando a Lena que vai tirar a história a limpo. Lena fica preocupada.

Hostil, Alfonso despeja todo o seu ódio, acusando Mónica de ser a culpada por ele estar inválido. Mónica não entende o porquê de tanta raiva e fica perplexa quando ele lhe conta o que aconteceu. A jovem chora, compulsivamente.

Carlos veio à procura de Mariana no bar de Carol pois precisa que ela confirme a versão de Leonor. Quando Mariana, olhando-o nos olhos, mente que os pais estão juntos de verdade, Carlos perde toda a esperança.

Mónica, num misto de mágoa e fúria, não compreende como é que Alfonso é capaz de inventar histórias tão maléficas a seu respeito, acusando-o de a usar como desculpa para justificar o seu namoro com Mercedes. Alfonso, despeitado, declara que ele e Mercedes vão casar.

Mónica vira costas, arrasada. Alfonso fica a vê-la partir, de coração desfeito.

Lena, em completo stress, liga a Aníbal para o pôr a par e prepará-lo para negar tudo, pois Vasco não tem qualquer forma de os ligar aos testes falsos.

Vasco entra no Boa Esperança com uma pessoa em mente e vai, decidido, ao seu encontro. O Ávila invade o gabinete de Eduardo e incrimina-o de ser o responsável pela falsificação dos testes.

Vasco, delirante, avisa que o vai expôr e destruir, para total assombro de Eduardo.

Teresa consola Sofia, que está desolada por Nuno não ser quem aparentava. A professora, totalmente melodramática, assegura que vai ficar solteira para sempre e inveja a vida da amiga. Teresa garante-lhe que ela vai encontrar alguém que a mereça, mas que primeiro tem se amar a si mesma.

Inês, de novo no hospital, vai até ao quarto onde se encontra a ciclista. A rapariga não contém a emoção ao ver o estado da mulher e pede perdão.

Nesse instante, a máquina que mede os batimentos cardíacos começa a apitar e Inês, alarmada, sai a correr.

Mónica vai até á casa dos Gama para desabafar com Tomás. Ela está incrédula com a história de Alfonso e Tomás põe mais achas na fogueira, chamando o espanhol de mentiroso e traidor.

Mónica concorda, desiludida e declara que ele e Mercedes estão bem um para o outro.

Vasco está no cemitério e olhar fixamente para a campa de Emília. O Ávila verbaliza a sua ira e deseja que a avó esteja a arder no inferno por todo o mal que fez.

Categorias
Resumos de Novelas

Comentários