Destaques

Polémica com a cobertura da RTP na Grécia

Foi ontem, em direto na RTP Informação, que José Manuel Pureza, professor universitário, convidado para o especial “Eleições na Grécia”, conduzido pela jornalista Cristina Esteves, gerou um momento inesperado, revelando que estaria ali em prol de um serviço público e afirmou que houve na RTP uma “cobertura que passou por momentos de grande infelicidade”, utilizando as palavras mais brandas que conseguia, e continuou dizendo que foram feitas declarações injustas como “os gregos eram todos paralíticos que andavam atrás de um subsidiozinho”, referindo-se a declarações de José Rodrigues dos Santos.

O investigador universitário afirmou ainda, depois de interpelado pela jornalista acerca da relação dos gregos com matérias de corrupção, que desafiava “quem quer que seja a afirmar que os alemães são uns paralíticos atrás de um subsídio”, dado que quem foi preso por corrupção em matéria de submarinos foram cidadãos alemães.

Assista ao momento:

Categorias
DestaquesTelevisão

Se o Jornalismo não se pode considerar uma ciência temos certamente de olhá-lo como uma arte. A arte de saber contar estórias e marcar a história. Estudante de Jornalismo (ESCS-IPL)

Comentários