Televisão

D. Duarte classifica «Casa dos Segredos» como um “bordel”

D. Duarte de Bragança manifestou a sua opinião contra alguns conteúdos televisivos como a «Casa dos Segredos» e as novelas brasileiras.

O chefe da Real Portuguesa caso a monarquia ainda estivesse em vigor apelidou estes formatos como “excessos televisivos”. D. Duarte sobe o tom das críticas e manifesta o seu desagrado: “Trata-se de programas degradantes do ponto de vista ético e cultural. A Casa dos Segredos é um bordel e uma porcaria”.

D. Duarte explica também que os reality-show não contribuem para a cultura da nação: “esses e outros programas, tal como telenovelas brasileiras, constituem uma forma de estupidificação para o nosso povo”O herdeiro da coroa vai mais longe e defende a imposição de limites para este conteúdos televisivos: “um limite legal a esse tipo de programas, pelo Estado, quando emite licenças de televisão (…) a TV, hoje em dia, é aquilo que mais influencia o modo de pensar da população e, por isso, deveria ser mais educativa”.

Categorias
Televisão

Estudante de Farmácia, amante das ciências e das artes. Gosto particular por entretenimento em diversas áreas: televisão, cinema, teatro, música.

Comentários