Simone de Oliveira fala sobre Festival da Canção
Simone de Oliveira fala sobre Festival da Canção
Televisão

Simone de Oliveira fala sobre Festival da Canção: “Não fico nada triste se ficar em último”

Simone de Oliveira foi entrevista pelo microfone do Propagandista Social. A cantora de “Sol de Inverno” revelou o que a motivou a concorrer a mais uma edição do Festival da Canção.

“Eu achei que havia de dizer que sim, apeteceu-me”, foi a resposta de Simone à pergunta do porquê de regressar ao mítico concurso da RTP.  A cantora revelou ainda que demorou apenas três segundos a decidir aceitar o convite do compositor e autor da letra, com quem já trabalhou no seu último disco «Pedaços de Ti».

Relativamente à semi-final, Simone não se mostra espectante: “vou cantar na fase da serenidade”. A intérprete de “Desfolhada” não pensa muito na competição e nos votos: “Não fico nada triste se ficar em último lugar (…) Espero que seja um dos novos que vá com a garra, que agarre na bandeira e que vá. Eu fiz isso duas vezes…”.

Para Portugal ganhar um dia a Eurovisão teria de ser uma coisa espantosa. Há várias razões socio-politico-culturais, económicas. Mas se um dia isso acontecer espero que eu esteja cá.

A canção que Simone de Oliveira trará à competição chama-se “Á Espera das Canções” e a própria afirma que na sua carreira não esperou muito pelas canções certas: “teve a sorte de ter as canções certa ao longo destes 58 anos”.

Simone de Oliveira vai subir ao palco na segunda semi-final ao lado de Rubi Machado, José Freitas, Teresa Radamanto, Filipe Gonçalves e Diana Piedade.

Categorias
Televisão

Estudante de Farmácia, amante das ciências e das artes. Gosto particular por entretenimento em diversas áreas: televisão, cinema, teatro, música.

Comentários