Margarida Marinho explica porque abandonou a TVI
Televisão

Margarida Marinho explica porque abandonou a TVI

Habituou os portugueses às suas prestações como uma das principais atrizes da TVI, porém, o seu próximo trabalho terá lugar na SIC, como protagonista da próxima novela do canal.

“Mundo ao Contrário” de 2013 foi a última novela em que Margarida Marinho integrara o núcleo de protagonistas de uma produção do canal de Queluz de Baixo, tendo sido em “Beijo de Escorpião” que estreou pouco tempo depois, que ditou a saida da atriz dos ecrãns da TVI. Sobre as razões do seu afastamento do canal, Margarida Marinho confidencia que não se chegou “a acordo relativamente ao meu futuro na TVI. Previa-se um ano sabático e isso não correspondia aos meus desejos. As circunstâncias desse ano sabático também não estavam dentro do espírito do nosso acordo que me tinha ligado desde o início da exclusividade. Contudo, achei que precisava de fazer esta mudança”, lê-se no Diário de Notícias.

Sobre as circunstâncias que a levaram a avançar no caminho da SIC, Margarida Marinho continua por dizer que “houve uma janela de uma semana, em que as coisas foram feitas com o maior respeito mútuo, e na qual circunstancialmente estive com a Gabriela Sobral [diretora de produção da SIC] e servi para os intentos que a SIC necessitava“, confirmando que a sua personagem será “uma grande empresária portuguesa.”

Não esquecendo o seu percurso pela TVI, a atriz esclarece que “até ao dia da minha saída guardo muito boas recordações. Fui sempre bem considerada enquanto atriz e pessoa e, por isso, tenho uma gratidão imensa, a começar pelas pessoas que garantiram as condições da minha exclusividade e que foram José Eduardo Moniz e a Gabriela Sobral.”

Contudo, a SIC não igualou as condições de contrato que Margarida Marinho detinha na TVI. Quanto ao vinculo que une a atriz ao canal de Carnaxide, este não se trata de um contrato de exclusividade, tendo-se chegado a este acordo por “vontade mútua”. Sobre isto, a protagonista de As Poderosas (nome de trabalho da próxima novela da SIC), revela à mesma publicação, que “não fez muito sentido estar a falar nesses termos quando temos, sim, vontade de nos conhecermos e de trabalhar durante um ano“. Concluindo que “na SIC ganho muito bem, mas vou ganhar menos do que na TVI. Creio que tenho de ser explicita nisto: vou ganhar menos do que no contrato de exclusividade que foi firmado pela Gabriela Sobral e pelo Eduardo Moniz“.

 

Categorias
Televisão

Comentários