Resumos de Novelas

“Jardins Proibidos”: resumo de 6 a 10 de Abril

[tps_title]Ep. 168[/tps_title]

Simão comenta com Vanda e Jacinta já ter pensado como ajudar os jovens do bairro onde viviam. Jacinta pede a Simão que pense na ideia de Rafa ir viver na Quinta das Torres. Vanda faz um sorriso forçado.

Luís lembra a Eduardo que dedicar-se à burocracia da direção é um desperdício das suas qualidades como médico.

Tó conta a Carol que um rapaz que frequentava o bar já conhecia Tomás de vista e pode confirmar que foi ele quem lhe comprou a droga.

Tomás brinca com uma seringa e liga para Carol para combinarem um encontro.

Simão liga para um contacto para saber tudo sobre António Barros, o homem que Lena visitou na prisão.

Simão esmurra o saco de boxe para descarregar a sua raiva.

Lena manuseia a sua espingarda e liga para o seu amigo enigmático dizendo que está na hora de eliminar Simão.

Vasco ri-se da novidade do casamento de Simão com Vanda. Jacinta fica incomodada por Simão querer que Vanda se mude logo para a Quinta das Torres.

Ludovina partilha com Vanda a felicidade de vir a ser avó. Por seu turno, Vanda conta-lhe que casou com Simão, deixando-a surpreendida. Aníbal puxa Vanda para fora do quarto.

Vanda, furiosa, avisa Aníbal para não estragar a sua felicidade. Aníbal ameaça acabar com o casamento dela, mas Vanda diz-lhe que é ele que ficará preso à bata de médico.

Ao telefone com o misterioso amigo, Lena diz-lhe que a saída de Ernesto da prisão representa menos um problema.

Algumas médicas dizem a Teresa que as mulheres do hospital vão votar nela. Teresa agradece, mas sabe que Eduardo tem mais apoiantes.

Vasco troça com Vanda e acusa-a de ter casado por interesse. Vanda responde-lhe que ama Simão.

Vasco fica estarrecido quando Simão lhe pede que saia do seu quarto para se mudar para lá com Vanda.

Na sala dos Gama, Carol não aguenta mais Tomás a defender a sua inocência e diz-lhe que já sabe a quem é que ele comprou a droga. Tomás fica tenso. No meio dos seus livros há uma seringa.

Andreia queixa-se a Célia por não saber como é que ela e os pais conseguirão salvar a casa onde vivem. Célia, por seu lado, lamenta-se por ter abandonado Inês.

Tomás afasta-se de Carol enquanto a ouve e aproxima-se da seringa, guardando-a no bolso.

Simão insiste com Vanda para se mudar rapidamente e diz-lhe que quer fazer uma festa de boas-vindas, convidando Teresa, o que deixa Vanda tensa.

Carol avisa Tomás que tem até ao dia seguinte para ser ele a contar a verdade a Mónica e vira-lhe as costas para sair. Tomás prepara-se para segui-la de seringa na mão, mas detém-se ao ver Leonor entrar.

Eduardo fica intrigado quando ouve Lena perguntar a Aníbal se está fazer as diligências necessárias para apoiar a candidatura dele.

Vanda pede a Simão para adiar a festa por não querer criar mais conflitos na família. Simão dá-lhe razão e abraça-a ternamente.

Eduardo continua a ouvir Lena que insiste com Aníbal que Teresa não pode ser directora do hospital porque assim não lhe conseguem tirar os filhos.

Jacinta avisa Rafa de que apesar de não haver clientes, ele tem de continuar ao serviço e ir fazer compras, insistindo que ele ali tem uma boa oportunidade de emendar a sua vida. Rafa concorda, emocionado.

No apartamento de Lena, Marta, acabada de chegar do Brasil com Cláudia, agradece-lhe por a ter ajudado a ter o tão desejado filho.

Rafa irrita-se por Jacinta o repreender e avisa-a para não se meter na sua vida, defendendo-se por fazer bem o seu trabalho.

Inês fica sentida quando Célia lhe diz que desistiu de tomar conta dela e que ficará ali somente até Miguel sair da prisão. Célia fica satisfeita por o seu plano estar a resultar.

Chico abre surpreso a porta a Cláudia que lhe pergunta se todas as saudades de si são por ela fazer falta a cuidar dos animais. Os dois beijam-se.

Na sua sala, Leonor chora, recriminando-se por não conseguir ignorar a sua paixão por Carlos.

Carlos fica incomodado quando Aniceto lhe diz que espera que ele dê o seu nome ao filho que vai ter com Mariana. Luís diz a Carlos que precisa de falar com ele.
Cláudia diz a Chico que não se pode envolver com ele, deixando-o confuso.

Luís acusa Carlos de lhe ter roubado Leonor e agora ter engravidado a filha deles e diz-lhe que tem uma proposta para lhe fazer.

Lena fica espantada quando Vasco lhe conta que Simão lhes tirou o quarto para instalar Vanda.

Teresa exprime a Sofia os seus receios de perder a eleição e a custódia dos filhos.

Eduardo, abalado, pensa nas palavras de Lena sobre a custódia dos filhos de Teresa.

Carlos, tenso, escuta Luís dizer que tal como ele não tem interesse em que Mariana seja mãe agora.

Vasco e Lena ficam satisfeitos por Aníbal confirmar que Teresa não tem hipótese de ser eleita.

Luís nega a Carlos querer oferecer-lhe dinheiro, mas quer fazê-lo ver que aquele bebé nuca será feliz no seio daquela confusão emocional. Carlos concorda.

Luís fica furioso quando Carlos lhe diz que não vai ser o mau pai de família que ele sempre foi e fará tudo para que o bebé seja feliz.

No clube de boxe, Simão diz a Januário que ficou muito rico e quer comprar o espaço seja pelo preço que for.

Vanda estremece quando Aníbal lhe diz que não será preciso fazer nada para acabar com o casamento dela com Simão, porque isso acontecerá naturalmente quando Teresa contar a Simão toda a verdade sobre ela.

Ju diz a Jacinta ter a certeza que alguém tirou dinheiro da caixa e Rafa é o principal suspeito por ter saído tão depressa do restaurante. Jacinta fica tensa.

Cláudia pede a Chico um tempo para assumir uma relação com ele, pois ainda tem de recuperar da sua relação anterior. Cláudia beija Chico, que corresponde, apesar de frustrado.

Lena olha com repulsa para Marta a contar-lhe que Cláudia carrega nela dois óvulos seus, sendo possível ficar grávida de gémeos. Lena diz que não se imagina a perder a beleza para ser mãe.

Simão diz a Januário que quer reativar o clube para ajudar os jovens do seu bairro, tal como ele fez consigo. Januário sorri e aperta a mão de Simão, em sinal de aceitar vender-lhe o clube.

Aniceto fica furioso pelo atrevimento de Luís ao tentar persuadir Carlos de ter o bebé e avisa Carlos que terá muitos problemas com Luís como sogro.

Carol fica muito desiludida com Rui por ele não querer ouvir o que ela descobriu sobre Tomás e insistir na ideia de que não passa de uma embirração dela. Carol sugere não ir para África com ele e sai porta fora.

Mariana fica chocada com o pai a sugerir que ela aborte e seja mãe mais tarde. Leonor olha indignada para Luís quando ele lhe pede apoio naquela questão.

Dr. Coelho diz a Eduardo que podem começar já a tratar de algumas questões prementes do hospital, visto Teresa não ter a menor hipótese de ganhar as eleições para a direção. Eduardo fica tenso e sai da sala.

Marta expressa a Teresa o seu apoio, achando que Eduardo faz mais falta como médico. Marta, muito feliz, conta a Teresa que Cláudia carrega no seu útero dois óvulos seus.

Categorias
Resumos de Novelas

Comentários