Televisão

A Única Mulher: resumo de 20 a 25 de Abril

Episódio 32

Filipa revela a Luís Miguel que Daniela é uma call girl, mostrando-lhe fotos do site onde se encontra o perfil dela. Berta aparece entretanto com o bolo de aniversário de Joana e todos cantam os parabéns à menina, alheia ao drama que se desenrola à sua volta.

Luís Miguel expulsa Filipa e Becas de casa e vira-se para Daniela, acusando-a de ser mentirosa. Sentindo-se acossada, ela ameaça contar toda a verdade, perante o pânico de Jorge e Pilar.

Diogo envia uma mensagem a Jorge, prometendo travar o escândalo, mas por um preço elevado. Ele aceita e Diogo leva Daniela embora de casa dos Sacramento. Este avisa-a de que se revelar o que aconteceu entre ela e Jorge, Luís Miguel lhe pode retirar a filha, deixando-a muito assustada.

Joana não compreende porque o pai está zangado e sente-se culpada. No dia seguinte, pede para ir brincar com o seu novo cachorro para a casa do pai e faz uma birra perante a recusa da mãe. Daniela descontrola-se e dá-lhe uma bofetada, arrependendo-se em seguida.

Luís Miguel conversa com o pai sobre o facto de Daniela ter sido prostituta. Está preocupado que isso possa ser prejudicial para Joana. Cauteloso, Jorge recomenda ao filho que esqueça o passado de Daniela.

Pilar está preocupada com a chantagem de Diogo e promete a Berta que vai descobrir os pontos fracos dele. Quando vai à construtora, tenta conversar com Sandra, mas são interrompidas por Diogo e Jorge.

Jorge aceita a chantagem de Diogo e confessa ao filho que o vai tornar sócio da construtora. Luís Miguel nem quer acreditar.

Yolanda e Kizua vão buscar Artur, que está num bar completamente embriagado. Ele está cheio de remorsos por ter traído a ex-namorada e sente-se um fantoche nas mãos de Norberto. Decide ligar a Mara para lhe contar toda a verdade, mas Yolanda consegue demovê-lo.

Luena recebe um telefonema de Sílvia e fica a saber que Mara está a ser enganada por Artur. Pede à amiga que vá a casa de Ramiro para descobrir alguma pista sobre o paradeiro do casal. Luena revela a Mara que Sílvia se encontrou com os pais dela em Angola e que Artur lhe mentiu, mas ela decide ir na mesma para Angola esclarecer tudo.

Bino e Isaurinha seguem num avião a caminho do Brasil. Ela volta a recordar a filha que perdeu na guerra e é confortada pelo marido. O casal aterra em São Paulo.

Kizua encontra o pai junto ao mar, angustiado, e pergunta-lhe a quem era dirigido o tiro da noite anterior: Yolanda ou Norberto. Arsénio confessa ter perdido a cabeça ao ver Norberto com a amante, após a morte recente de Rosário.

Yolanda e Norberto estão juntos na cama, quando este se recorda da conversa que teve com a falecida esposa a propósito do perfume que ele trouxe de Portugal para a amante. Ele levanta-se bruscamente, deixando Yolanda insegura.

No lar de idosos, a mãe de Luena reconhece a filha. Esta fica comovida e confessa à mãe que fez coisas más, mas não conseguiu o que pretendia. Luena garante-lhe que Norberto reconhecerá o filho e que depois terá de morrer. A mãe fica muito agitada com a conversa.

Antes de partir para Angola, Mara revela a Patrícia que pode ser irmã dela. Ambas ficam felizes e emocionadas. Mara confessa-lhe que acha que há alguém por detrás do desaparecimento dos pais. Tocam à porta. Mara e Patrícia ficam petrificadas quando atendem a porta.

Pilar promete a Daniela ajudá-la a ter uma boa vida se ela ficar do lado dela e faz-lhe uma proposta. Mais tarde, Pilar confessa ao marido que talvez possam contar com a ajuda dela contra Diogo.

Luís Miguel vai a casa de Daniela. Ela está cheia de medo que ele esteja ali para lhe tirar a filha.

Diogo chantageia Jorge, evitando que Daniela revele a Luís Miguel o que se passou entre eles, a troco de se tornar sócio da construtora. Ele e Sara festejam a conquista, quando Diogo recebe uma chamada de Sandra. Ele disfarça, mas Sara apercebe-se e esconde o ciúme. Sandra ameaça Diogo, dizendo que vai contar a Sara que dormiu com ele se não receber um aumento.

À saída do jantar, Concha recusa a boleia do ex-marido.

Francisca fica incomodada pela forma como é tratada por Santiago numa aula de dança e decide confrontá-lo enquanto este toma duche no Estúdio 7. Ele confessa que a viu com o novo namorado e ficou com ciúmes. Ela apercebe-se que ele se refere ao seu irmão e brinca com ele, enternecida por este ainda gostar dela. Ele puxa-a para dentro do duche.

Pedro avisa Mafalda de que o que aconteceu entre eles foi um erro. Ela esconde a decepção e garante que vai esquecer o assunto.

Sílvia está preocupada com o desaparecimento de Bino, Isaurinha e Ramiro e telefona a Luena. Esta pede-lhe para ir à cubata de Ramiro recolher pistas sobre o paradeiro do casal. Ela vai até à cubata e encontra uma caixa com vários objectos e recortes de jornais. Fica assustada quando ouve alguém a aproximar-se.

Isabel e Mitó comentam como Pilar veio de baixo e é uma piranha. Esta escuta a conversa, sem que elas se apercebam.

 

Episódio 33

A mãe de Luena, Lurdes, grita, em pânico, dizendo à enfermeira que a filha tenciona matar alguém. Esta fica destroçada com a reação da mãe e abandona o lar, chorando convulsivamente.

Para surpresa de Patrícia e Mara, Isaurinha e Bino regressam à sua casa em Lisboa. O casal conta como teve de fugir à pressa da polícia – na sequência de uma acusação de burla feita pelo sócio do resort – e foi ajudado por Ramiro, quando o jipe em que seguiam ficou sem combustível. Mara fica espantada ao saber da intervenção do pai, que lhes pagou as dívidas e uma viagem para o Brasil, sob a condição de não mais regressarem a Portugal. Ela garante-lhes saber os motivos de Norberto e confessa acreditar que eles são os seus pais biológicos. Isaurinha fica emocionada por reencontrar a filha desaparecida. Bino mostra alguma reserva.

Norberto fica incrédulo quando Arsénio lhe revela que Bino e Isaurinha nunca chegaram ao hotel em São Paulo.

Neuza telefona entretanto, preocupada, porque estão atrasadas para o avião e Mara não aparece nem atende as suas chamadas. Ela decide ir a casa de Bino ver o que se passa.

Quando fica a saber que a filha e Neuza não embarcaram no voo de regresso a Luanda, Norberto promete ir buscar a filha a Portugal e insta Artur a ir com ele.

A conversa telefónica entre Neuza e Norberto é escutada por Luena que a acusa de espiar Mara. As duas discutem e Neuza perde o controlo, atirando Luena ao chão com violência. Esta desmaia, e Neuza, sem saber o que fazer, vai-se embora dali.

Mara chega entretanto e encontra a amiga desmaiada no chão. Consegue reanimá-la e esta revela-lhe que Neuza andava a espiá-la a mando de Norberto. Magoada com o pai e Neuza, Mara decide ficar mais tempo em Lisboa e procura uma casa para arrendar.

Após agredir Luena, Neuza segue para a casa de Bino e Isaurinha e diz-lhes que Mara não é filha deles. Isaurinha expulsa-a de casa.

Na hamburgueria, Bino reencontra Américo, um dos homens da foto do Huambo, que é também o dono do estabelecimento. Este confessa-lhe que está a pensar regressar a Angola e vender a hamburgueria. Bino fica interessado no negócio.

Patrícia e Isaurinha preparam um jantar para Mara. Bino chega entretanto e pede para falar a sós com a esposa.

Daniela revela a Diogo a proposta que Pilar lhe fez. Este oferece-lhe dinheiro para ela se manter do seu lado, mas ela não aceita. Daniela repara, no entanto, que a nota tem restos de cocaína, sem que Diogo se aperceba disso.

Na construtora, Diogo apresenta o seu projecto para a sociedade, que põe em causa o poder de Jorge e Pilar sob a empresa. Luís Miguel sai da reunião revoltado com os pais. Henrique teme que a decisão possa dividir a família, mas Pilar garante que tem uma solução para recuperar a confiança do filho.

Daniela discute com Luís Miguel, cheia de medo que este lhe possa tirar a filha após saber que ela trabalhou como call girl. Ele tenta acalmá-la, prometendo deixar o passado para trás, desde que ela não volte a prostituir-se. Ela interpreta de forma errada o gesto dele e beija-o. Ele rejeita imediatamente o avanço, mas Joana presencia o momento e não esconde a sua felicidade por os pais estarem juntos. No dia seguinte, quando Daniela chega a casa, a filha está a pôr a mesa de jantar para três, anunciando que o pai vai jantar lá a casa. Daniela fica esperançada.

Luena leva Mara a casa de Isaurinha para o jantar. Ambas avistam o carro de Luís Miguel que se aproxima da casa de Daniela. Mara e Luís Miguel ficam cara a cara pela primeira vez desde que ele deixou Angola.

Diogo recebe Daniela, que lhe revela a proposta de Pilar. Ele oferece-lhe dinheiro, que ela recusa, e não repara que Daniela vê restos de droga na nota.

Diogo apresenta o seu projecto para a sociedade, que retira poder aos Sacramento.

Em casa com Sara, Diogo recebe uma chamada, mas não atende o telemóvel, deixando a noiva desconfiada. Na construtora, Diogo garante a Sandra que está a tratar do aumento dela.

Francisca tenta conversar com o pai, mas ele está cheio de pressa para ir para o trabalho. No Estúdio 7, Santiago fica chateado por ela ter adiado novamente assumir a relação perante os pais. Ele acha que Francisca não tem coragem, mas ela garante que o vai surpreender.

Sílvia é apanhada por Ramiro na cubata a bisbilhotar as coisas dele. Ela acaba por ficar a dormir na cubata por ser demasiado tarde para regressar a casa.

Em Lisboa, Tomás e Matilde comentam, em tom de gozo, como Júnior lhes pediu para brincarem sem roupa. A conversa deixa o pai atrapalhado. Pedro aborda Mafalda na hamburgueria para que ela tome medidas e resolva a situação. Bino escuta a conversa.

Mafalda revela às amigas que dormiu com Pedro. Luena fica escandalizada com a traição a Sílvia, mas a pedido da amiga, promete falar com o filho.

Na construtora, Luís Miguel está revoltado com a possibilidade de Diogo se tornar sócio da empresa e pede ajuda a Pedro, que fica comprometido.

Pilar trata Isabel com desdém na construtora e tenta convencer o marido a despedi-la. Ele não cede.

Ana Maria vai ao Estúdio 7 para tentar reaver o seu emprego.Implora a Rafaela, mas esta trata-a com desprezo e enxota-a do estúdio. Quando sabe, Luena diz a Rafaela que Ana Maria lhes pode ser útil.

Santiago confessa que a conversa com Ana Maria não levou a lado nenhum. Orlando reitera a Santiago que vai desmascará-la e provar a sua inocência. Pede para falar com Clara.

Episódio 34

Mara e Luís Miguel são interrompidos por Joana. Mara critica-o por ter abandonado a filha. Ele reitera que não sabia da sua existência, mas ela não acredita e vai-se embora perturbada.

Quando chega a casa de Bino e Isaurinha, Mara é confortada pela mãe biológica. Durante o jantar, Bino defende Luís Miguel e ela levanta-se da mesa bruscamente. Bino tenta revelar a Isaurinha que ficou interessado no negócio de hamburgueria, mas são interrompidos.

Luís Miguel janta em casa de Daniela e tenta saber o que Diogo tem contra os pais. Ela insiste que não sabe nada. Ao perceber a falta de conforto da casa de Daniela, ele sugere inscrever Joana numa escola privada, mas ela reage dizendo que não quer nada dele. Joana queixa-se ao pai por estar sempre a discutir com a mãe. Luís Miguel promete não vai voltar a fazê-lo.

Em Angola, Artur tenta desesperadamente falar com Mara, mas ela não atende as chamadas. Diz à mãe que Mara descobriu que ele lhe mentiu e perdeu a confiança nele. Yolanda confia que Norberto traga a filha de volta a Angola, mas Artur não acredita e decide partir para Lisboa. Ela promete acompanhar o filho.

Norberto também está de partida para Lisboa, confiante de que vai conseguir trazer a filha de volta.

Henrique teme que Jorge divida a família se avançar com a promoção de Diogo a sócio.

Luís Miguel garante a Pedro que sairá da construtora se a sociedade for concretizada.

Jorge reúne-se na construtora com Pilar, os três filhos, Diogo e Henrique, preparando-se para fazer um anúncio.

Luena vai a casa de Daniela para a tentar convencer a contar a verdade a Mara, mas ela expulsa-a de casa.

Daniela sai de casa com Joana, mas estaca quando avista um homem de meia-idade num carro de gama alta a olhar para ela.

Sandra entra no prédio onde mora Diogo, aproveitando a chegada de Mafalda que também aí reside. Diogo está a drogar-se e abre-lhe a porta muito contrariado. Ela pressiona-o novamente para lhe dar um aumento e ele agride-a com violência, ordenando-lhe que não volte à construtora. Ela vai-se embora muito assustada.

Concha telefona a Henrique a cancelar umas obras em casa que ele tinha mandado fazer antes do divórcio. Ele fica exasperado e pede a intervenção de Jorge, mas Pilar sugere-lhe que mostre à ex-mulher o que custa ser independente.

Farto de viver num hotel, Henrique decide voltar para casa. Concha fica furiosa e expulsa-o do quarto, apesar das tentativas dele de fazerem as pazes. Henrique comenta com Clara que o seu plano para se reconciliar com Concha não funcionou. Concha ouve tudo e fica revoltada por a filha estar do lado do pai. A filha garante ao pai que a mãe acabará por ceder.

Mitó revela, satisfeita, a Isabel que Henrique voltou para casa para mostrar a Concha o que custa ser independente. Isabel estranha ela saber tanto sobre a vida de Henrique.

Santiago e Francisca vão a casa dos Sacramento e ele pede-a em namoro aos pais por ela ser menor de idade. Jorge recusa, proíbe Francisca de o voltar a ver e ameaça pôr Santiago na prisão, expulsando-o de sua casa. Francisca chora desesperadamente e fica muito revoltada com a atitude dos pais, garantindo que não lhes vai obedecer.

Santiago conta a Orlando como Francisca desafiou os pais e agora está em apuros por causa dele. Decide que o melhor é voltar para o Brasil e esquecê-la. Luís Miguel ouve a conversa e garante a Santiago que ele tem de cumprir o que afirmou.

Concha promete a Clara tentar suavizar a atitude de Jorge em relação ao namoro. Já Sara tenta atiçar os pais contra a irmã.

Mafalda confessa a Rafaela estar cheia de remorsos por ter traído a confiança de Sílvia, mas tem dificuldade em resistir à atração. Sílvia conversa com o marido e, sentindo-o comprometido, pergunta-lhe se ele lhe anda a esconder alguma coisa. Pedro disfarça.

Luena comenta com Mara a traição de Mafalda. Ela aconselha-a a contar a verdade a Sílvia.

Episódio 35

Apercebendo-se que está a ser vigiada enquanto caminha com Joana, Daniela muda de direção. O homem apercebe-se e sorri. Mais tarde, ela fica petrificada ao rever o mesmo homem no minimercado onde trabalha.

Na construtora, Jorge surpreende a família e o próprio Diogo ao anunciar que dividirá parte das ações da empresa pelos filhos. Diogo apenas terá poder sobre o negócio através de Sara. Esta tenta confortar o noivo, fazendo-lhe ver que conseguiram o que pretendiam. Ele tenta disfarçar a sua fúria. Luís Miguel fica satisfeito com a solução, mas garante aos pais que vai descobrir o que eles andam a esconder.

Em Angola, Norberto recebe uma mensagem de Jorge, informando-o sobre a alteração da composição acionista. Volta a propor sociedade a Artur, que garante não estar à venda. Apenas pretende reconquistar Mara quando chegar a Portugal. Quando se cruza com Artur e Yolanda no aeroporto, Norberto fica preocupado ao saber que a amante também vai para Lisboa.

Luena quase é apanhada por Mara com o filho Júnior, mas consegue afastá-la do Estúdio 7 sem que esta se aperceba de nada. À saída, cruzam-se com Pilar, que volta a insultar Mara, recomendando-lhe que desista de andar atrás do filho. Mara sente-se humilhada, mais uma razão para se manter longe de Luís Miguel.

Quando vai a casa da família Caiado para entregar os presentes que Sílvia enviou para os filhos, Luís Miguel e Mara reencontram-se novamente. Ele garante que Daniela é uma mentirosa compulsiva e lança a suspeita de que ela foi a Angola a mando de Norberto. Mara quer acreditar, mas são interrompidos por um telefonema de Joana. A menina avisa o pai que está com medo, porque acabou de regressar da escola e a mãe saiu de casa, deixando uma panela ao lume. Ele segue imediatamente para casa de Daniela, com Mara a seu lado.

Entretanto, Daniela continua a ser seguida pelo mesmo homem e decide enfrentá-lo. Quando Luís Miguel a vê debruçada sobre um carro, fica convencido que ela continua a trabalhar como call girl. Depois de confirmar com Isabel que Joana está fora de perigo, ele confronta Daniela. Ela garante que saiu apenas para comprar sal, mas ele está certo de que ela está mentir e vai-se embora fora de si. Daniela critica Joana por ter ligado ao pai e ameaça tirar-lhe o ipad. Mara tenta arrancar de Daniela se foi Norberto quem lhe pagou para a separar de Luís Miguel. Irritada, Daniela trata-a de forma racista e garante que ela nunca ficará com Luís Miguel. Mara vê na atitude dela uma confirmação das suas suspeitas e sai em choque do prédio.

Mara vai a casa de Isaurinha, onde se depara com Norberto. O clima é de cortar à faca. Ela prepara-se para o confronto.

Diogo fica furioso quando Jorge anuncia que vai dividir as ações da empresa pelos três filhos. Sara tenta fazer ver a Diogo que, afinal, conseguiram o que pretendiam. Não querendo parecer ganancioso, ele disfarça a sua raiva. Uma secretária avisa-o que reservou o restaurante para essa noite. Sara fica convencida que ele planeou um jantar para comemorarem. Decide levar para o encontro um colar de diamantes da joalharia, pedindo a Mafalda para tratar do seguro. Esta tenta alertá-la que Diogo só está com ela por interesse, mas Sara ameaça despedi-la.

Concha revela à filha que tomou uma decisão e aparece em casa de Jorge cheia de malas, pedindo-lhe para ficar ali a viver por algum tempo, até arrendar uma casa. O irmão aconselha-a a voltar para o marido por não ter meios para se sustentar. Ao ver a preocupação de Jorge com o desaparecimento de Francisca, ela decide voltar para casa novamente.

Henrique avisa Mitó que ainda está apaixonado por Concha e pretende reconquistar a ex-mulher. Ela fica desolada, mas disfarça.

Pilar vai ao Estúdio 7 e humilha Santiago, prometendo fazer-lhe a vida muito difícil se ele continuar o namoro com Francisca. Este desabafa com o amigo Orlando: está preocupado por ter cometido algumas ilegalidades, como não ter pago o IVA do quarto, mas não quer ceder à chantagem.

Em casa dos Sacramento, Francisca desafia a mãe, garantindo que não vai obedecer às ordens do pai. Francisca desaparece de casa e toda a família fica alarmada. Concha defende a sobrinha, recordando como o irmão foi prepotente quando ela era adolescente e estava apaixonada por Henrique. Convencido de que a filha foi ter com o namorado, Jorge tenta obter a morada de Santiago junto de Rafaela, mas sem sucesso. Clara acede em ligar a Orlando para tentar localizar Santiago, que alarmado com a notícia, mente sobre o paradeiro do amigo.

Santiago recebe uma mensagem de Francisca. Ela pretende vê-lo e ele não sabe o que responder.

Sílvia comenta com Mafalda que vai fazer uma surpresa aos filhos e ao marido e estranha a indiferença dela. Ela sente-se esquecida e comenta o assunto com Ramiro, que a avisa que a distância modifica as pessoas. Ela afasta-se perturbada e ele aprecia o corpo dela.

Pedro comenta com Luís Miguel estar ressentido por Sílvia não voltar para Portugal para estar com o marido e os filhos. Confessa que o casamento deles está com problemas, mas a conversa é interrompida pela chegada de Mara.

Ana Maria é convocada para uma reunião na universidade por causa da queixa que fez contra Orlando. Quando se reúnem com o reitor, vários alunos, incluindo Clara, testemunham contra ela, argumentando que ela inventou tudo. O reitor expulsa-a da faculdade. Orlando agradece aos alunos, mas está infeliz por causa de Ana Maria. Apenas Santiago se apercebe.

Episódio 36

Junto à casa de Bino e Isaurinha, Arsénio conforta Neuza, garantindo que ela fez bem em contar a Norberto o que descobriu.

Norberto revela a Mara que Bino e Isaurinha não podem ser os seus pais biológicos, porque a filha deles morreu no ataque à aldeia durante a guerra. Bino confirma a história dele, deixando a esposa e a filha, assim como Mara, em estado de choque com a revelação.

Mara reata relações com o pai e planeia regressar a Angola. Norberto agradece a Neuza e tenta saber o que ela descobriu na aldeia do Huambo. Ela recorda a conversa que teve com a senhora idosa, que é a sua avó, percebendo-se que ela é a mãe biológica de Mara. Neuza informa Norberto de quem são os outros homens da fotografia: Raul Falcão, que seguiu para a África do Sul há muitos anos, e Américo, que vive em Lisboa. Norberto ordena a Arsénio que descubra quem é Américo e o mantenha afastado de Mara.

Bino diz a Américo que Mara já sabe que eles não são os seus pais biológicos, mas promete não revelar o que sabe. Tenta confortar Isaurinha, mas ela está muito dececionada com ele.

Luena aborda Bino e promete ajudá-lo a reconquistar Isaurinha. Tenta saber os nomes dos outros dois homens da foto do Huambo para averiguar quem é o pai de Mara. Ele garante que não a pode ajudar.

Antes de voltar a Angola, Mara vai a casa de Luís Miguel e revela-lhe que ficou a saber que Bino mentiu e não é o seu pai biológico. Confessa também que conversou com Daniela e está convencida de que ela mentiu a propósito de Joana. Luís Miguel fica frustrado por ela finalmente acreditar nele e, ainda assim, querer ir-se embora de Lisboa.

Mara confronta o pai, querendo saber se ele pagou a Daniela para aparecer em Luanda. Norberto confessa que foi Pilar quem tratou de tudo e promete à filha ajudá-la a encontrar o seu pai biológico.

Patrícia confessa a Mara que gostaria de a ter como irmã e prometem continuar amigas.

Daniela desabafa com Ana Maria que tem sido perseguida por um ex-cliente, dos seus tempos como call girl e, por causa disso, Luís Miguel está convencido de que ela voltou a prostituir-se. Quando tenta explicar-se a Luís Miguel, ele não acredita, diz estar farto das mentiras dela.

Luís Miguel reúne-se com Henrique para pedir a guarda da filha em tribunal. Já Daniela pede ajuda a Diogo, receando que Luís Miguel lhe tente tirar a filha.

Artur e Norberto reúnem-se com um banqueiro para assegurar financiamento para o empreendimento de Tróia, mas não são bem-sucedidos.

Sebastião chega ao prédio de Luena com os netos e Júnior, perguntando se é ali que ele vive. Mara caminha em direção à casa de Luena. Esta gela quando se apercebe da situação.

Sara e Diogo jantam num hotel. Ele faz um telefonema, enquanto ela, já muito embriagada, vai à casa de banho. Quando saem do restaurante, são assaltados à entrada do prédio dele, por um sem-abrigo que leva o colar de diamantes.

Yolanda observa o colar de diamantes que Sara usa no jantar com o noivo e decide comprar um igual. Encomenda o colar de diamantes na joalharia, mas quando chega o colar não está disponível.

Mafalda telefona a Sara e fica muito preocupada ao saber que a joia foi roubada, porque se esqueceu de fazer o seguro.

Yolanda garante que se não conseguir o colar até esse dia à noite, deixará de ser cliente da joalharia.

Mitó é mal-educada com Concha quando ela vai ao escritório e insiste em falar com Henrique.

Luís Miguel regressa a casa e fica a saber que a irmã fugiu de casa. Promete ajudar a procurá-la e volta a sair. Entretanto, Francisca está sentada à porta do loft dele. Ele vai procurar a irmã na hamburgueria e tenta arrancar uma pista de Bruno, mas ele garante desconhecer o paradeiro de Francisca. Quando Luís Miguel se vai embora, Clara paga-lhe pela mentira que disse.

Episódio 37

Luena corre para Mara para impedir o encontro. Nesse instante, Mara recebe uma mensagem de telemóvel e volta para trás, para alívio de Luena. Sebastião e os netos entram no prédio com Júnior.

Artur e Norberto informam Jorge que apenas avançarão para a constituição da sociedade se tiverem financiamento garantido. Jorge salienta que está a investir dinheiro dele para a obra não parar e que estão em causa dezenas de empregos.

Desconfiando da boa-fé de Norberto, Jorge telefona a Diogo, exigindo uma investigação discreta sobre o financiamento da obra. Mara ouve tudo. Mara confronta o pai, exigindo saber o que se passa. Luís Miguel aparece e pede garantias a Norberto de que a obra de Tróia não vai parar. Mara garante que o pai vai arranjar uma solução, mas Luís Miguel desconfia. Norberto garante à filha que, no que depender dele, ninguém será despedido.

Na construtora, Diogo diz a Luís Miguel que se o empreendimento parar poderá ser o fim da empresa.

Jorge confessa a Henrique que não consegue aguentar o barco por muito tempo.

Pilar comenta com Berta que Norberto vai tentar comprar a empresa e que o marido terá de aceitar por estar muito endividado. Quando isso acontecer, adianta, o seu futuro está garantido.

Bino confessa a Luís Miguel que sabe quem é o pai de Mara, mas não lhe pode contar. Luís Miguel acha que ele não tem o direito de esconder a verdade.

Mara questiona Neuza sobre o terceiro homem da foto do Huambo: Raul Falcão. Nervosa, esta defende que a espera uma desilusão.

Norberto organiza uma receção formal no hotel em Lisboa e anuncia a criação da Fundação Rosário Venâncio que irá trabalhar na prevenção da gravidez adolescente. Convida a filha para trabalhar na fundação, que aceita, emocionada.

Yolanda elogia Norberto pela sua argúcia. Arsénio observa-os, contendo a revolta. Arsénio mantém Bino sob vigia e informa Norberto de que este os conduziu à pessoa que andavam à procura: Américo Dinis.

Bino confidencia a Américo que Mara não vai desistir de saber quem é o pai. Apenas outra pessoa sabe a verdade: Lurdes, a mãe de Luena.

Luena questiona a mãe para tentar descobrir o que ela sabe sobre os homens da foto, mas esta dispersa-se nas suas memórias. Luena cruza-se à saída com Américo que não conhece. A enfermeira informa-a de que ele visita a sua mãe muitas vezes. Ela volta atrás e espia a visita.

Luena repreende Mafalda por se ter esquecido de ir buscar Júnior ao colégio. Ela explica que o seu emprego pode estar em risco e, perante a indiferença da amiga, decide deixar de tomar conta do miúdo. Luena vai-se embora com o filho e telefona a Mara, arranjando uma desculpa para ela não ficar a dormir lá em casa.

Luís Miguel fica a saber por Bino que conseguiu a tutela de Kandimba.

Em Angola, o miúdo exulta ao receber a notícia, enquanto Luís Miguel diz a Joana que tem uma novidade para lhe contar.

Kizua seduz Patrícia, fingindo-se rico e fazendo-se passar por Artur.

Mara vai a casa de Luís Miguel para lhe dizer que o pai fará tudo para evitar despedimentos. Ele diz-lhe que conseguiu a tutela de Kandimba. Luís Miguel quer trazê-lo para Lisboa e Mara decide pedir a Sílvia para fazer a viagem com ele.

Mara decide ir a casa de Luena entregar-lhe as chaves de casa dela e Luís Miguel dá-lhe boleia.

Norberto e Arsénio vigiam a casa de Luena. Este informa o patrão de que Américo visitou Lurdes no lar e Norberto desconfia do envolvimento de Luena na história.

Luena toma um banho de espuma, relaxada, quando repara em Norberto que a observa com uma expressão que não prenuncia nada de bom.

Quando se dirige a sua casa, Diogo é abordado pelo sem-abrigo que os assaltou. Este entrega-lhe um maço de notas. Já Sara fica furiosa ao perceber que Mafalda não fez o seguro do colar e exige que ela arranje o dinheiro. Diogo promete resolver o problema.

Concha diz à filha que vai vender um colar que Henrique lhe ofereceu no aniversário de casamento porque precisam de dinheiro. Clara telefona ao pai a informá-lo das intenções da mãe, deixando-o muito revoltado. Mitó ouve tudo e critica-o por rastejar atrás da ex-mulher.

Francisca pede autorização ao pai para sair com Clara. Ele diz que sim sem pensar no assunto mas, quando a esposa o informa de que a filha está numa festa de Kuduru, onde se terá ido encontrar com o brasileiro, sai à procura dela. Ao ver a filha a divertir-se com os amigos, sentese culpado por ter desconfiado dela. No dia seguinte, Francisca é fria com os pais, garantindo que se portou como uma boa menina na noite anterior.

Santiago ensaia uns passos de dança em frente ao espelho, mas para, abatido, ao recordar-se da aula privada que deu a Francisca.

Sílvia dá uma novidade aos filhos: vai voltar a Portugal de férias. De noite, Ramiro vem a casa dela, comemorar a sua partida.

Lígia aborda Ramiro, provocadora, que fica surpreendido por a ver. Ela acusa-o de a ter apunhalado pelas costas, ao ter deixado fugir Joana, e ameaça denunciá-lo. Sílvia chega, entretanto, e Ramiro finge que Lígia é sua irmã.

Pedro confessa a Mafalda que acha que o roubo do colar pode ser mais um esquema de Diogo.

Os dois saem juntos e ela é abordada por um homem de mau aspeto. Pedro tenta defendê-la e acaba por lhe dar um soco. O homem ataca-o com uma navalha e foge. Pedro é levado para o hospital, enquanto Mafalda, em pânico, telefona a Luena a pedir ajuda.

Sebastião segue para o hospital com os miúdos. Quando tenta saber o que se passou, Luena mente, dizendo que Pedro a defendeu quando um homem se atirou a ela.

Pedro fica atordoado ao saber que a esposa vem a Portugal de férias dentro de dois dias.

Categorias
Televisão

Comentários