Televisão

A Única Mulher: resumo de 18 a 23 de Maio

Episódio 57

Luís Miguel questiona Kandimba que garante não saber de onde veio o dinheiro. Sara acusa-o de lhe ter roubado as notas da carteira. Muito irritado, Luís Miguel pega no rapaz pelo braço e prepara-se para regressar a casa, mas Berta intervém, garantindo que foi Joana quem roubou o dinheiro para tramar Kandimba. Luís Miguel sai com ela e vai a casa de Daniela, acusando-a de meter ideias na cabeça da filha.

Daniela ainda tem vestida, por baixo do roupão, a roupa da noite anterior, em que esteve a trabalhar. Luís Miguel percebe que ela voltou a prostituir-se e, convicto de que ela não está a dar uma boa educação à filha, promete tomar medidas. Joana receia que o pai não a volte a visitar, mas a mãe garante-lhe que ele vai voltar para elas.

Luís Miguel admite a Bino que está determinado a pedir a custódia da filha. Quando ele revela a Henrique que está disposto a revelar em tribunal o passado de prostituta de Daniela, Jorge fica em pânico. Ele receia que Daniela revele o que se passou entre ambos, mas Pilar recorda-lhe que se ela pretende reconquistar Luís Miguel, sabe que nunca o conseguirá se ele souber que andou enrolada com o pai. Jorge promete resolver o problema.

Entretanto, Daniela avisa Luís Miguel de que Joana fugiu de casa. Os dois participam o desaparecimento da filha na polícia, atirando as culpas para cima um do outro pelo sucedido. Luís Miguel sai à procura da menina pelas redondezas. Daniela diz a Ana Maria que Joana se sente rejeitada pelo pai e que não o perdoa se a filha não for encontrada.

Luena vai a casa de Daniela oferecer-lhe ajuda para encontrar Joana, garantindo que não pretende nada em troca. Luís Miguel aparece entretanto e fica surpreendido por a ver ali. Luena justifica que foi obrigada a deixar o filho, quando este a acusa de ter trocado Júnior por dinheiro.

Pilar leva Kandimba ao colégio e cruzam-se com Sílvia que é a nova explicadora do rapaz. Ele trata Pilar por avó e ela fica incomodada.

Em Angola, Mara diz a Neuza que vai aproveitar a ida a Lisboa para saber mais sobre o pai biológico. Norberto escuta a conversa e fica sentido.

Artur admite a Mara as intenções do pai dela de avançar para uma aquisição hostil da construtora. Yolanda repreende-o por ter traído a confiança de Norberto, mas ele está convencido de que tomou a decisão certa e que, assim, vai reconquistar a confiança da ex-namorada.

Mara está decidida a contar a Luís Miguel o propósito do pai, mas Neuza aconselha-a a não o fazer, porque pode pôr em causa postos de trabalho na construtora. Ela sente-se dividida.

Henrique garante a Jorge que está tudo pronto para entrarem com o processo em tribunal.

Norberto garante a Pilar que a operação de compra da construtora ficará concluída dentro de dias.

Pilar confessa a Berta que o negócio está quase a concretizar-se e que terá um benefício adicional: Luís Miguel nunca vai acreditar que Mara não sabia de nada e sentir-se-á traído. Berta fica emocionada por a amiga poder deixar para trás um casamento falhado e abraça-a. Francisca e João Maria aparecem e ele estranha Pilar estar a abraçar uma criada.

Jorge vai a casa de Daniela e cruza-se com Isabel à entrada do prédio. Era a última pessoa que esperava ver e mostra-se frio com ela. Ela fica admirada com a atitude dele.

Jorge não quer que a neta viva naquele ambiente e diz a Daniela que está disposto a contar a verdade a Luís Miguel para não ser chantageado.

Daniela fica apavorada com a ideia de perder a filha. Entra no quarto, onde está Joana, que afinal não está desaparecida, e abraça a menina.

Mitó acorda em casa de Henrique, radiante. Ele tem de sair cedo para o trabalho e Mitó tenta animá-lo, mas os elogios dela fazem-no recordar Concha. Depois de ele sair, Mitó dança de felicidade.

Mafalda confessa às amigas que está muito feliz com Paulo.

Tomás e Matilde comentam como o avô foi posto fora de casa pelos pais. Sílvia fica cheia de remorsos e confessa às amigas que continua preocupada por não ter notícias do pai.

Pedro desconfia que o sogro pode estar a fazer de propósito para Sílvia se sentir culpada.

Sílvia, Rafaela e Mafalda vão a casa de Sebastião e preparam-se para ligar para os bombeiros, quando este volta a não abrir a porta. No entanto, a nova inquilina do apartamento revela-lhes que Sebastião mudou de casa há quatro meses.

Sílvia sente-se muito culpada. Pedro minimiza o sucedido, lembrando que o sogro sabe tomar conta de si. Ela fica ressentida com a atitude do marido. Rafaela acalma os ânimos e sugere que telefonem para amigos de Sebastião para tentar descobrir o seu paradeiro.

Ana Maria insinua que se passa algo entre a mãe e o patrão, mas Isabel nega, indignada, lembrando que Jorge é casado.

Ana Maria provoca Orlando, sugerindo que se encontrem num local privado. Ele manda-a dar uma volta. Ela mente a Patrícia, dizendo que ele a anda a perseguir obsessivamente, mas esta não compra a história dela. Contudo, Patrícia pergunta à mãe se tem visto Orlando e Ana Maria juntos.

Bino admite a Isaurinha que Luena lhe pediu ajuda para recuperar o filho.

Episódio 58

Daniela diz à filha para se manter escondida, que assim o pai voltará a gostar dela.

Luena admite a Luís Miguel que Norberto ameaçou acusá-la de cumplicidade na morte de um dos seus homens se ela não abdicasse do filho. Bino confirma a história de Luena. Ela pede ajuda a Luís Miguel para recuperar Júnior, sem que Mara saiba de nada. Ele terá de manter Mara afastada do pai por um dia, quando ambos vierem a Lisboa. No entanto, Luena recusa-se a revelar a Luís Miguel o seu plano para desmascarar Norberto e ele hesita em entrar no jogo de olhos fechados. Luena pede a Isaurinha que convença Luís Miguel a ajudá-la.

Jorge conta a Pilar a ameaça que fez a Daniela. A esposa faz-lhe ver que a revelação do envolvimento dele com Daniela seria devastadora para os filhos e para a sua imagem pública.

Procurando evitar a revelação, Pilar explica ao filho que seria cruel separar Joana da mãe e ele recua. Ela garante ao marido que Luís Miguel não vai avançar com o pedido em tribunal.

Entretanto, Isabel decide deixar uma sopa em casa de Daniela, para quando ela voltar, e encontra Joana. Telefona imediatamente a Daniela a avisá-la e diz à menina que ela deixou toda a gente preocupada à procura dela. Joana não sabe o que lhe dizer.

Daniela avisa Luís Miguel de que Joana apareceu e explica à filha que tem de guardar silêncio para que ninguém saiba que ela esteve em casa o tempo todo. Daniela diz a Luís Miguel que a filha fugiu de casa por sentir que o pai já não gostava dela e ele promete que irão fazer mais programas juntos no futuro. Daniela fica satisfeita por o seu plano ter resultado. Acha que voltou a ter hipóteses com Luís Miguel.

Isabel conta a verdade a Jorge e Pilar sobre o falso desaparecimento da neta. Luís Miguel fica furioso ao saber e confronta Daniela, que nega as acusações, mas sabendo ser inútil. Ele acusa-a de usar a menina para o prender e promete pedir a custódia da filha.

Joana fica triste por o pai não vir jantar e acusa a mãe de ser uma mentirosa. Daniela dá-lhe um estalo, mas arrepende-se em seguida. Surpresa e magoada, a menina fecha-se no quarto.

Pilar acusa o marido de ser amante de Isabel. Ele nega, mas acha que ela não tem o direito de o recriminar, revelando um ressentimento antigo.

Em Angola, Norberto descobre que Mara sabe do seu plano para comprar a construtora, mas a filha promete não revelar nada, porque acredita que a intenção do pai é salvar a empresa.

Mara está feliz com o trabalho na fundação, mas confessa a Artur que pretende passar mais tempo com o namorado. Luís Miguel queixa-se a Mara de estar a ser manipulada pelo pai para se manter em Angola.

Bino insiste com Luís Miguel para ele alinhar no plano de Luena, de forma a afastar Mara da influência de Norberto. Ele fica indeciso.

Norberto comenta com Yolanda que Júnior se está a adaptar à sua nova casa, só precisa de uma mãe.

Arsénio queixa-se a Kizua de que Yolanda está a usar o menino para casar com Norberto. O filho explica-lhe que ele não pode fazer nada para evitar isso, mas Arsénio promete ajudar Luena a recuperar Júnior.

Rafaela explica a Luena que não consegue arranjar nenhuma rapariga que alinhe no plano dela, por ser muito arriscado. Daniela aparece e pede para falar com Luena.

Com medo de perder a filha, Daniela pede ajuda a Diogo. Este culpa-a por ter sido despedida e não tomar bem conta de Joana. Ela ameaça denunciar a Sara que ele é viciado em cocaína, ainda tem guardada a nota que ele usou para snifar. Sara aparece e desvaloriza o facto de Diogo consumir coca. Faz ver a Daniela que não tem nada contra eles.

Sara recomenda a Diogo que deixe o vício, para poder continuar a subir na empresa.

Henrique chega a casa e encontra a ex-mulher à porta, que o confronta com o seu despedimento do call center. Quando entram em casa, encontram Mitó nua por baixo de babydoll transparente. Embaraçada, esta foge para o quarto. Concha olha o ex-marido com repulsa e promete que as coisas não vão ficar assim. Henrique pede satisfações a Mitó.

Concha conta a Clara o que se passou, acusando Henrique de a ter mandado despedir. A filha critica-a por ser paranóica e estar obcecada com o pai.

Francisca espreita o Facebook de Santiago. Berta apercebe-se do que se passa e conta-lhe como reencontrou o seu antigo pretendente e saíram juntos algumas vezes, mas que ele voltou a desaparecer sem deixar rasto. Recomenda-lhe que esqueça o ex-namorado.

A mãe de Santiago nota que ele tem saudades de Portugal. Ele garante que está satisfeito com a sua vida no Brasil. Ela convida Sabrina, que está interessada nele, para jantar.

Sílvia tenta saber junto de Isabel o que se passou com o pai. Esta passa-lhe alguns contactos de antigos colegas dos Correios. Pedro acha que o sogro está a alimentar o remorso de Sílvia para voltar para casa. A esposa acusa o marido de ser insensível.

Berta encontra-se com Sebastião e ele explica que teve de sair de casa da filha por não suportar que ela continuasse casada com um traidor. Ele tem dores de estômago, mas Berta não se apercebe.

Episódio 59

Daniela aceita a proposta de Luena, porque precisa de dinheiro para fugir com Joana. Luís Miguel também alinha. Está tudo a postos para o plano de Luena avançar e esta avisa Renato, que promete telefonar a Norberto nessa mesma noite.

Daniela confessa a Ana Maria que vai alinhar no plano de Luena e pede-lhe para tomar conta de Joana. Promete dar-lhe cinco mil euros. Ana Maria fica radiante.

Jorge vai a casa de Isabel agradecer-lhe ter revelado a verdade sobre o desaparecimento de Joana. Explica-lhe que, dentro de dias, ela vai saber coisas a respeito dele que a podem desiludir. Confessa os sentimentos que tem por ela e tenta beijá-la, mas ela recua, confusa com os seus sentimentos. Uma câmara de filmar, escondida atrás do cortinada, grava tudo.

No dia seguinte, na construtora, Isabel conversa com Jorge sobre o que se passou. Ele garante-lhe que não volta a acontecer. Ela acha que é melhor deixarem de se encontrar e ele assente.

Pilar receia que Daniela abra a boca sobre Jorge, mas já não pode fazer nada. Está ansiosa por ter na mão o dinheiro de Norberto e poder avançar para o divórcio. Berta recorda-lhe que ela vai ter de explicar à família como conseguiu tanto dinheiro.

Jorge prepara a reunião de administração em que se decide se avança para tribunal contra Norberto. Pilar exige ao marido estar presente na reunião e ameaça revelar a todos que ele tem um caso com Isabel.

Em Angola, Norberto comenta, satisfeito, com Artur como a filha optou por não contar ao namorado o seu plano de aquisição hostil da construtora. Artur disfarça o comprometimento.

Norberto, Mara e Artur preparam-se para embarcar para Lisboa. Júnior pergunta novamente pela mãe e é confortado por Mara. Esta diz ao pai que terão de contar a verdade a Júnior, mas este desvia. Yolanda fica a tomar conta do menino enquanto a família Venâncio está ausente.

Norberto, Artur e Mara chegam a Lisboa.

Bino recorda a Luís Miguel que ele tem de manter Mara afastada do pai. Daniela deixa a filha em casa de Ana Maria. Luena avisa Renato que o plano avança nessa noite. Este liga a Norberto e tenta marcar um encontro com ele. Diz que tem uma proposta para lhe fazer.

Norberto comenta com satisfação a surpresa que vai dar a Jorge. Mara percebe que se trata apenas de uma vingança do pai sobre a família Sacramento e hesita em contar tudo a Luís Miguel. Telefona ao namorado, mas ele é pressionado pela mãe a não comentar assuntos confidenciais da empresa e atira a conversa para mais tarde. Ela fica em conflito.

Jorge, Diogo e Pilar sentam-se com os membros da administração. Norberto chega ao prédio da construtora, com a expressão carregada de ódio.

Mafalda sugere a Sara que ofereça um quadro a Diogo no casamento e diz-lhe que o seu namorado, Paulo, organiza uma exposição em Lisboa dentro de dias.

Concha não consegue esquecer a visão de Mitó em casa de Henrique.

Henrique pede a Mitó para voltar para casa, prefere ficar sozinho. Ela fica amuada.

Quando se cruza com a ex-mulher, garante-lhe que ele e Mitó não vivem juntos e sugere que os dois se encontrem para conversarem. Concha afirma que não tem nada para lhe dizer.

No escritório, Henrique expliva a Mitó que estão a avançar depressa demais, não se sente preparado para uma relação. Ela acusa-o de a usar e sai chorosa do gabinete dele.

Henrique sai cheio de pressa para a reunião da administração e encontra Mitó, em pose sedutora, algemada ao carro dele. Ela deixa cair a chave no decote e Henrique enfia a mão para sacar a chave. Concha que vem a regressar do seu último dia de trabalho, assiste, chocada, à cena.

Francisca vê uma foto no Facebook de Santiago com Sabrina. Dá razão a Berta e decide esquecê-lo.

Sabrina, ex-namorada de Santiago, janta com ele e os dois acabam por se envolver. Ele diz-lhe que não lhe pode prometer nada, mas ela garante que espera por ele.

Sílvia continua angustiada por não saber nada do pai e discute com o marido.

Pedro vai a casa de Mafalda desabafar. O namorado dela, Paulo, chega entretanto e saem os dois. Pedro sente-se abandonado e embebeda-se em casa dela. Chega a casa tarde. Pede desculpa à esposa, prometendo que a vai ajudar a encontrar Sebastião.

Mafalda está rendida ao novo namorado, apesar de ele viver no Porto. Ele tem uma exposição em Lisboa e promete passar uns dias na capital. Ela fica em choque quando chega a casa e encontra a sua sala toda desarrumada.

Mafalda comenta com Sílvia que Pedro foi a casa dela queixar-se do sogro. Sílvia estranha que o marido lhe tenha mentido, já que disse que tinha passado a noite num bar.

Sebastião confessa a Berta que está muito doente.

Jorge vai a casa de Isabel agradecer-lhe ter-lhe contado a verdade sobre o desaparecimento de Joana. Explica-lhe que, dentro de dias, ela vai saber coisas a respeito dele que a podem desiludir. Confessa os sentimentos que tem por ela e tenta beijá-la, mas ela recua, confusa com os seus sentimentos. Uma câmara de filmar, escondida atrás do cortinada, grava tudo.

No dia seguinte, na construtora, Isabel conversa com Jorge sobre o que se passou. Ele garante-lhe que não volta a acontecer. Ela acha que é melhor deixarem de se encontrar e ele assente.

Ana Maria aproxima-se de Orlando sedutora, dizendo que arranjou um comprador para o carro de Santiago e pede-lhe as chaves. Patrícia observa-os. Mais tarde, ele encontra-se com ela para lhe dar as chaves e Ana Maria tenta convencê-lo de que está arrependida do que lhe fez. Ele não acredita nela e resiste aos seus avanços, saindo porta fora. Ana Maria desliga a câmara de filmar com que estava a gravar. Revê as imagens de Jorge e Isabel na noite anterior.

Episódio 60

Na reunião, Jorge explica aos administradores a situação financeira da empresa. Diogo diz que a única alternativa é avançarem para tribunal. Norberto interrompe a reunião, anunciando que detém 30 por cento das ações da empresa e por isso tem uma palavra a dizer sobre o rumo da construtora.

Jorge acusa Norberto de estar a tentar avançar com uma aquisição hostil da empresa. Luís Miguel interrompe a reunião, criticando Norberto por ter levado a empresa à falência. Pilar argumenta que se trata de uma cruzada pessoal contra a família dela. Norberto propõe que agendem uma nova reunião para discutir a estratégia da empresa. Jorge repara que dois dos administradores falam entre si, em surdina.

Jorge receia que Norberto lhe tire a direção da empresa. Henrique recomenda que abordem os acionistas-chave da empresa.

Norberto garante à filha que vai apresentar um plano de viabilização da empresa e de substituição da atual direção, explicando que, apesar do que sente pelos portugueses, esta é apenas uma decisão de negócios. Diz a Renato que planeia ficar em casa com a filha, mas fica contrariado ao perceber que esta saiu para se encontrar com o namorado.

Mara sente-se culpada por não ter avisado o namorado. Artur conforta-a e faz-lhe ver que Luís Miguel terá de tomar partido, agora que vai rebentar uma guerra entre as duas famílias. Ela vai a casa do namorado, mas adia a conversa e os dois envolvem-se, cheio de saudades um do outro.

Luena fica desanimada ao saber que Norberto adiou o encontro. Daniela decide desistir do plano, mas Luena ameaça denunciar a sua intenção de fugir com a filha para a convencer a ficar. Renato também fica desanimado, mas Luena atiça o seu desejo de vingança de Norberto.

Decidido a manter o controlo da empresa, Jorge marca um encontro com Norberto no dia seguinte. Este faz uma oferta generosa para comprar as ações dele na empresa e dá-lhe uma semana para tomar uma decisão. Jorge garante que as suas ações não estão à venda e vai-se embora.

Jorge pede para falar com os três filhos e revela-lhes a proposta de Norberto. Diz-lhes para tomarem uma posição, porque esta decisão vai afetar o legado deles. Luís Miguel insta o pai a não desistir da empresa, enquanto Sara acha inevitável a queda do pai. A decisão final fica nas mãos de Francisca.

Contrariada com o rumo dos acontecimentos, Pilar tenta convencer Norberto a pagar-lhe já o prometido, mas este insiste em ganhar primeiro controlo da empresa. Ela promete arranjar maneira de afastar o marido da construtora.

Jorge desabafa com Henrique que não lhe desagrada vender a empresa e retirar-se com uma reforma confortável, mas custa-lhe desapontar os filhos e largar o que construiu.

Norberto admite a Artur que tem dois acionistas do seu lado e oferece-lhe o cargo de futuro diretor da Sacramento SA. Norberto defende que, quando Luís Miguel perceber que Mara sabia do negócio, a separação de ambos é inevitável e que Artur é o seu herdeiro preferencial. No entanto, Artur não pretende manipular Mara para a voltar a reconquistar.

Luís Miguel pergunta a Mara se ela sabia das intenções do pai. Ela garante que este só pretende viabilizar a empresa, mas o namorado acha que o objetivo de Norberto é separá-los. Entretanto, Luís Miguel é chamado pelo pai a casa dos Sacramento e a conversa fica adiada.

Pilar aproveita para envenenar o filho contra Mara, insinuando que ela sabia dos planos do pai para comprar a empresa.

Luís Miguel questiona Mara sobre se ela sabia ou não da intenção de Norberto comprar a construtora e afastar o pai dele da direção.

Sara está entusiasmada com a queda do pai, mas Diogo recorda-lhe que ele faz parte do círculo de confiança de Jorge e pode sair prejudicado. Ela incita-o a tomar partido contra o pai.

Jorge anuncia aos filhos a proposta de Norberto para comprar a empresa. Sara acha inevitável o afastamento de Jorge.

Mafalda propõe a Sara agendarem um jantar com Paulo para eles negociarem um quadro.

Concha provoca Henrique, aludindo à cena de sedução a que assistiu no parque de estacionamento. Ele fica surpreendido por ela saber disso, mas a conversa é interrompida.

Pedro confessa à esposa que receia ser despedido se a direção da construtora mudar.

Sílvia está revoltada por o marido lhe ter mentido sobre a noite anterior e sai de casa numa atitude agressiva. Vai a casa de Mafalda e confronta a amiga com o facto de Pedro a ter procurado por causa de um problema familiar e, depois, ter mentido sobre onde tinha estado. Mafalda tenta desviar o assunto, mas Paulo fica desconfiado.

Orlando recomenda a Pedro que seja mais solidário com a esposa em relação a Sebastião. Mafalda convida Paulo para ir ao casamento de Sara e Diogo. Ela fica desconfiada de que ele sabe algo sobre o noivo de Sara que não quer revelar.

Pedro comenta com Isabel que o emprego de ambos pode estar em risco. Ela fica apreensiva.

Bino fica preocupado ao saber que Norberto desmarcou o encontro. Isaurinha escuta a conversa e exige ao marido saber o que se passa. Este explica à esposa que têm um plano para derrubar Norberto.

Patrícia conta aos pais que Norberto comprou 30 por cento das ações da construtora.

Episódio 61

Mara confirma, sentindo-se culpada. Luís Miguel acusa-a de ficar ao lado do pai que apenas persegue uma vingança pessoal contra a família dele. Ela defende que eles não devem deixar que os problemas dos pais interfiram na relação deles.

Em Angola, Júnior anda triste, mas Yolanda finge a Norberto que ela e o miúdo se têm divertido muito. Ela espera que ele a compense quando regressar.

Norberto confessa a Arsénio que se sente sozinho desde a morte da esposa e que pretende anunciar o casamento com Yolanda quando voltar a Angola. Arsénio bebe um copo de celebração com ele, mas mantém-se distante, fazendo-o sentir ainda mais sozinho. Norberto telefona a Renato e aceita combinar um encontro para essa noite.

Rafaela recebe uma chamada no telemóvel da Angels. Era um homem a querer saber porque não foi informado da festa em casa de Renato. Ela garante que ele receberá a parte dele. No interior de um hotel de luxo, vemos um vulto a desligar o telemóvel.

Entretanto, Diogo procura Norberto para lhe dizer que não concorda com a forma como Jorge tem gerido a empresa e que é favorável à proposta de compra dele. Garante ter informações que podem forçar Jorge a vender as suas ações, desde que fique assegurada a sua posição futura na empresa. Mais tarde, Norberto admite a Arsénio que em breve poderá provar que Jorge é corrupto.

Quando Norberto chega a casa de Renato, está a decorrer uma festa privada com vários homens rodeados por call girls novas e giras, com máscaras a tapar-lhe o rosto.

Entretanto, Pilar vai a casa do filho, e diz-lhe que a sobrevivência da empresa está nas mãos dele. Tenta convencê-lo de que o negócio com Norberto pode ser a salvação da construtora e de centenas de empregos.

Luís Miguel explica a Luena que discutiu com a namorada e, por isso, não pode assegurar a sua parte do plano. Luena acaba por lhe revelar que pretende comprometer Norberto com um grupo de call girls.

Artur e Luís Miguel cruzam-se na hamburgueria e aquele diz-lhe que ele não merece a namorada que tem. Já Luís Miguel acusa-o de ser o capacho de Norberto e estala uma briga. Bino e Isaurinha tentam separá-los sem sucesso. Mara chega entretanto e interrompe a luta.

Luís Miguel decide ajudar Luena nessa noite e telefona à namorada a marcar um encontro para essa noite.

Para resolver o problema da construtora, Mara decide que o melhor é sentar o pai e o namorado à mesma mesa e telefona a Norberto. O pai aceita o encontro e adianta a Renato que tem de sair. Luís Miguel recusa encontrar-se com Norberto.

Norberto aproxima-se do carro e diz a Arsénio que vão para Lisboa porque Mara quer reunir-se com ele. Renato vem atrás dele.

Diogo procura Norberto para lhe dizer que é favorável à proposta de compra dele. Garante ter informações que podem forçar Jorge a vender as suas ações, desde que fique assegurada a sua posição futura na empresa. Mais tarde, revela a Sara que o que sabe pode levar Jorge à cadeia.

Diogo diz a Patrícia que está muito satisfeito com o trabalho dela e que a transferência para o departamento de comunicação, que ela ambiciona, não está esquecida. Ela fica muito feliz.

Clara garante à mãe ter arranjado uma solução para os seus problemas de dinheiro. Orlando respondeu ao anúncio que ela colocou na faculdade para arrendar um quarto.

Henrique tem a ex-mulher e a filha sob vigia e fica muito aborrecido ao saber que Clara colocou um anúncio para alugar um quarto.

Sozinhos no quarto dela, João Maria beija Francisca e ela deixa-se levar. Pilar e Margarida, a mãe de João Maria, estão felizes com a proximidade entre os dois. Já Berta acha que eles passam muito tempo sozinhos no quarto e teme que ela apareça grávida. Quando Pilar entra de repente no quarto da filha, os dois adolescentes fingem que estavam a estudar matemática.

No Brasil, a mãe de Santiago incita o filho a assumir um compromisso com Sabrina.

Bino revela a Sílvia que o corpo encontrado em Luanda não era de Ramiro. Ela alegra-se com a notícia, Pedro fica cheio de ciúmes. Ele volta a questionar a esposa sobre a relação dela com Ramiro. Ela argumenta que eles eram apenas bons amigos e acusa o marido de mentir quando esteve em casa de Mafalda umas noites antes. Ambos reconhecem que já não são capazes de confiar um no outro.

Pedro confessa a Orlando estar determinado a descobrir o que se passou entre Ramiro e a esposa.

Sílvia admite a Mafalda que o marido tem-se mostrado pouco solidário com ela e, se calhar, devia passar algum tempo sozinho. Mafalda aconselha-a a não tomar decisões precipitadas e a resolver primeiro o problema do desaparecimento do pai dela.

Berta toma conta de Sebastião. Ele vai fazer exames dali a três meses, mas ela acha que pode ser demasiado tarde.

Ana Maria compra várias roupas caras. Isabel repara nos sacos de compras e confronta a filha. Esta explica que Rafaela lhe deu um adiantamento. A mãe ameaça ir falar com a chefe dela, mas ela não quer ser embaraçada no seu local de trabalho.

Episódio 62

Para alívio de Renato e Arsénio, Norberto decide ficar na festa, porque Luís Miguel recusa encontrar-se com ele.

Norberto entra num quarto onde estão raparigas seminuas, incluindo Daniela. Ele fecha a porta e envolve-se com elas, sem reparar que Bino tira fotografias, escondido.

Ouvem-se gritos de aflição da casa e os outros homens saem apressados. Bino também foge com a máquina fotográfica debaixo do braço.

Daniela está inanimada, teve uma overdose de cocaína. Norberto telefona para o 112, mas quando se prepara para dar a morada do local, Renato e Arsénio dizem-lhe que a rapariga está morta. Norberto reconhece Daniela e, atormentado, defende que liguem à polícia, mas Renato diz-lhe que não se podem expor a um escândalo. Arsénio garante que ninguém vai acreditar nele, por a rapariga estar ligada à família Sacramento. Renato diz-lhe para voltar ao seu hotel como se nada se tivesse passado. Ele acaba por concordar e vai-se embora.

Já no hotel, Norberto confessa a Arsénio que não confia em Renato. Ele pensa em regressar a casa dele, mas o motorista sugere ir em vez dele, para não levantar suspeitas.

Em casa de Renato, o corpo de Daniela é colocado num saco preto, na bagageira de um carro. Renato paga às outras raparigas para manterem o silêncio e limpa os vestígios da festa.

O telemóvel de Daniela ficou esquecido na festa. Arsénio ouve uma mensagem de Ana Maria e fica preocupado por Daniela ter contado o esquema a alguém. Luena reconhece a voz quando ouve a mensagem. Rafaela ameaça Ana Maria, mas esta garante que não disse nada a ninguém.

Isabel fica preocupada porque Joana não estava no ATL. Ana Maria acha que é mais um esquema de Daniela para reconquistar Luís Miguel e tenta ligar-lhe, mas ela não atende.

Joana aparece em casa do pai. Ele fica preocupado e tenta também contactar Daniela.

Isabel telefona a Jorge a avisá-lo de que a neta desapareceu novamente. Ele prontifica-se a ir ter com ela para averiguar o que se passou, mas prefere não dizer nada ao filho para não o alarmar. Pilar acredita que é um esquema para ele se encontrar com a amante.

Em casa de Isabel, Jorge telefona ao filho e fica aliviado ao saber que a menina está com ele. Isabel pergunta-lhe pela situação da construtora e insta-o a não ceder a Norberto. Ele agradece-lhe por ficar do lado dele e insinua que talvez ainda possa mudar de vida. Ela ignora o alcance das palavras dele. Ana Maria ouve tudo.

Pilar provoca o marido por ter ido a correr a casa de Isabel e garante que o divórcio de ambos está mais próximo do que ele imagina. Ele fica preocupado com o tom dela. Mais tarde, ela comenta com Berta que o marido tem uma amante e a amiga confronta-a com os ciúmes que ela tem de Isabel. Pilar telefona a Isabel a propor-lhe um encontro.

Pilar tenta saber o que Francisca decidiu em relação ao negócio com o angolano, mas esta não lhe dá troco.

Henrique questiona Jorge sobre se será sensato deixar uma decisão tão importante nas mãos de uma miúda. Este confessa estar cansado de lutar pela empresa e pela família e que prefere retirar-se para uma vida mais simples.

Luís Miguel pede à filha o contacto da tia que Daniela foi visitar e a menina confessa que é frequente a mãe passar tempo em casa de familiares, deixando Luís Miguel desconfiado.

Luís Miguel tenta saber junto de Ana Maria onde está Daniela e exige as chaves de casa. Quando ele encontra o número da tia, Ana Maria entra em pânico e confessa que ela está envolvida no plano de Luena.

Revoltado, Luís Miguel confronta Bino e dá-lhe um soco, quer saber onde Daniela está.

Mara aparece pouco depois e estranha a reação do namorado.

Luís Miguel vai a casa de Luena à procura de Daniela. Ele arranca a máquina fotográfica das mãos dela e ameaça apagar as fotos. Luena dá-lhe com uma jarra na cabeça antes que ele chegue às imagens de Daniela morta. Quando este recupera os sentidos, ela justifica que tinha de o impedir de apagar as fotos, porque aquela é a forma que ela tem de recuperar Júnior.

Luís Miguel ameaça contar tudo a Norberto se Daniela não aparecer até ao dia seguinte e vai-se embora. Daniela sai do interior e Luena diz-lhe para não se preocupar.

Orlando vai ver o quarto e fica interessado, mas precisa de um recibo da renda e Concha explica que não pode dar-lhe isso. Ela confessa-se desanimada por mais um plano para ganhar dinheiro ter falhado. Orlando sente compaixão por ela e arrenda o quarto.

Henrique fica revoltado por a ex-mulher arrendar um quarto a um estranho.

Isabel frisa a Mitó que não se mete com homens casados. A amiga garante que Jorge e a esposa se dão mal.

Categorias
Televisão

Comentários