Televisão

Jardins Proibidos: resumo de 25 a 30 de Maio

Episódio 203

Eduardo diz ao paciente estar disposto a sofrer as consequências por ter desrespeitado as crenças dele de não poder receber sangue. O paciente diz a Eduardo que ele agiu bem e agradece por lhe ter salvado a vida. Teresa observa emocionada a cena.

Tomás conta aos pais que Eduardo salvou um paciente desrespeitando que ele não pudesse receber sangue. Aproveita para picar Luís a perguntar-lhe se não tem medo que Eduardo ocupe um dia o lugar dele no hospital. Luís fica incomodado.

Eduardo fala com Teresa e diz que faria tudo de novo pois a sua missão é salvar vidas. Aníbal fica irritado, pois o paciente já não vai processar o hospital.

Todos veem consternados nas notícias que Vasco morreu num acidente de helicóptero. Lena, disfarçando o seu regozijo, faz um ar muito chocado.

Chico desaba a chorar convulsivamente por Lurdes lhe contar que Vasco morreu num acidente de helicóptero.

Lena chora completamente descontrolada a vincar que só vai acreditar na morte de Vasco quando vir o corpo. Simão olha-a em descrédito sem acreditar minimamente na dor dela. Lena faz o seu teatro dizendo que perdeu o grande amor da sua vida.

Inês está muito aborrecida, pois tem de ir para o hospital fazer voluntariado com Tiago como castigo de terem atropelado a ciclista. Miguel finge não ligar ao que Inês lhe conta sobre Célia ter estado lá em casa e ter conhecido Rafa. Miguel recebe uma chamada de Chico a avisá-lo da morte de Vasco e fica em choque.

Todos sabe que Vasco queria dizer algo á família. Talvez o fim do seu casamento, visto que já todos tinham percebido que Vasco nos últimos tempos deixou de defender Lena. Teresa desaba a chorar a lembrar-se, subitamente que os seus filhos podiam ter morrido também naquele acidente.

Nuno pede a Sofia para ter muito cuidado pois o serial killer está nitidamente a ameaçá-lo com a morte dela e de Cristina ao ter-lhes enviado aquelas camélias secas. Sofia recebe a chamada de Teresa que lhe conta que Vasco teve um acidente e morreu. Sofia vai ter com a amiga.

Os Gama estão a jantar, com Tiago a mal tocar na comida, ainda muito afetado com o desgosto amoroso que sofreu por ver Inês e Rafa a beijarem-se. Leonor recebe uma chamada de Jú e todos ficam chocados com a notícia da morte de Vasco.

Marta olha chocada para Cláudia a contar-lhe que acabou de saber pelas notícias que Vasco morreu. Telefona a Teresa e pergunta também como é que está Lena no meio daquela desgraça.

Jú entra arrasada em casa com Jacinta, dizendo a Simão que nesta altura só consegue lembrar-se das coisas boas que Vasco tinha, continuando incrédula que ele tenha mesmo morrido.

Marta conta a Cláudia que Lena saiu a correr de casa pois tinha que confirmar a morte de Vasco. Cláudia repreende Marta por esta ainda acreditar que Lena está a sofrer com a morte de Vasco.

Todos consolam Jú, que se recrimina por se ter afastado tanto de Vasco nos últimos tempos. Sofia abraça uma frágil Teresa, que questiona a amiga como vai conseguir dar a Clarinha a notícia que nunca mais vai ver o pai.

Luís fica muito aflito ao ler a notícia no seu tablet de que irão ser revelados os nomes dos portugueses envolvidos no caso swissleaks. Pede aflito ao seu contacto que lhe ligue mal saiba mais alguma coisa.

Tomás mexe no computador de Luís, verificando as várias ilegalidades de fugas aos impostos que ele anda a cometer. Satisfeito Tomás diz ter muitos planos para deitar abaixo Luís.

Todos expressam a Teresa o seu apoio incondicional para ela reorganizar a sua vida familiar agora que Vasco morreu. Sofia diz a Teresa para vir consigo. Sofia ouve impressionada Teresa a contar-lhe que foi muito devido ao sonho que teve com Emília que fez tudo para que os seus filhos não entrassem no helicóptero com Vasco.

Todos olham expectantes para Lena a dizer chorosa que já esteve no local onde ocorreu o acidente com Vasco.

Lena diz que esteve no local do acidente e garante que é impossível Vasco ter sobrevivido à queda do helicóptero. Lena refere que naquele momento lhe saberia bem um abraço amigo de qualquer um deles, inclusivamente de Teresa, mas todos permanecem estáticos. Lena segue com ar encenado de desolação para o escritório.

Chegada à biblioteca o ar encenado cai por terra, e com muito custo ela abafa a sua alegria para não fazer barulho e demonstrar a felicidade que sente com a morte de Vasco.

Lena recebe uma chamada de Aníbal, que se ri divertido com o suposto sofrimento de Lena, dizendo-lhe ter a certeza que ela está envolvida na queda do helicóptero em que ele seguia. Aníbal impõe a Lena que se encontrem no dia seguinte para terem uma conversa definitiva. Desliga a chamada de sorriso confiante.

Episódio 204

Chico diz a Teresa que pode contar consigo para o que for preciso. Teresa agradece, angustiada sem saber como vai ter coragem para contar a Clarinha que Vasco morreu.

Teresa conta da maneira mais suave possível a Clarinha que Vasco teve um acidente de helicóptero e que morreu. Clarinha fica em choque sem conseguir dizer uma palavra, Teresa abraça-a igualmente muito triste.

Inês diz a Miguel que não consegue parar de pensar em como Clarinha deve estar a sofrer por ter ficado sem pai. Miguel e Inês falam também de Célia e Miguel diz que só o tempo dirá se o seu destino é ficar com Célia, pois naquele momento sente que ainda está de luto por Amélia.

Clarinha chora arrasada com a morte de Vasco, com Teresa a prometer-lhe nunca a abandonar a ela e Lourenço e que a hipótese deles ficarem com Lena está fora de questão.

Leonor diz aos filhos que concorda com Luís quando este diz que foi muito branda na educação que lhes deu, mas Tomás responde que Luís não devia criticar pois sempre foi um pai ausente. Mariana pergunta à mãe se sabe por que lhe bloquearam o acesso à sua conta bancária.

Célia recebe uma chamada do seu pai, começando a chorar em choque com o que ele lhe conta sobre o seu irmão Hugo.

Ludovina e Carlos repreendem Aniceto por querer falar na rádio do funeral de Vasco. Aniceto muda de assunto a insistir com Carlos para dar o seu nome ao ginásio que vai abrir com Simão. Ludovina segue para o interior triste. Ambos concordam que Ludovina não anda bem e precisam de pensar em algo que a anime.

Lena faz o seu teatro e tenta confortar Clarinha pela morte de Vasco. Clarinha a chorar consegue empurrar Lena e sai. Lena fica muito feliz por estar prestes a ver-se livre de Clarinha.

Leonor diz aos filhos que vai ficar com Carlos, pois também tem direito a ser feliz e é com ele que vai refazer a sua vida, finalizando o seu discurso dizendo a Mariana que devia começar à procurar emprego. Tomás, Mariana e Tiago reprovam a decisão da mãe e acusam-na de ser egoísta.

Simão continua a criticar Lena por estar a fazer aquele teatro todo. Esta diz que ninguém compreende a dor que sente pela morte do marido. Teresa aproveita e informa que vai voltar com os seus filhos para sua casa. Lena fica furiosa…

Eduardo repara no nervosismo de Luís, este disfarça e diz que receia que não volte a ser o mesmo médico de antigamente. Eduardo fica pensativo e inquieto por Luís comentar que Teresa e Vasco se amaram muito no passado.

Lena discute com Teresa a dizer-lhe que ela não tem o direito de levar os filhos da Quinta, alertando-a que foi Vasco quem ficou com a custódia dos filhos. Simão defende Teresa e diz a Lena que precisam de falar no escritório.

Mónica ajuda Mariana a procurar emprego e diz-lhe que ela terá de começar um trabalho concreto e ir à entrevista para o call center que lhe arranjou.

Lena continua a dizer que Teresa não pode levar os filhos pois como mulher de Vasco tem direitos e ainda por cima nutre uma forte afeição por eles. Teresa e Simão olham-na incrédulos. Ambos sugerem a Lena que devia pensar em voltar para sua casa, mas Lena relembra que é a herdeira de Vasco e não pretende sair dali.

Rafa diz a Jú estar na hora de voltar para sua casa por não se sentir à vontade na Quinta das Torres mas, Jú pede-lhe que não parta já. Carlos conta a Jú que Ludovina está de rastos com a desilusão de já não ir ser avó. Jú, olhando para Rafa, diz a Carlos que tem a solução que vai ajudar Ludovina.

Teresa acusa Lena de ter tornado Vasco uma pessoa fria e sem sentimentos. Lena defende-se e diz que só fez com que ele deixasse de ser um capacho de todos, inclusive dela que o deixou. Teresa, percebendo que não vale a pena continuar com aquela conversa, diz que vai levar os filhos dali. Lena diz que se o fizer chama a polícia.

Clarinha conversa com Simão diz-lhe que acha que foi Lena quem matou Vasco para ele não ficar com Teresa e os filhos. Lena furiosa entra no escritório e diz que vai chamar a polícia para impedir que Teresa tire os filhos da Quinta. Simão defende Teresa a dizer que os filhos vão mesmo voltar para casa dela.

Carlos concorda com a ideia de Jú de levar Rafa para viver na casa de Ludovina por uns tempos para que ela se esqueça do assunto dos netos. Rafa olha-os muito curioso a perceber que estão a falar dele.

Rute olha surpresa para Lena a ordenar-lhe que deite já para o lixo todas aquelas flores que lhe foram enviadas pela morte de Vasco, argumentando ser alérgica a tudo aquilo.

Lena celebra a sua felicidade por se ter visto livre do marido e insiste com a misteriosa pessoa que se encontrem para celebrarem.

Simão e Teresa tentam animar Clarinha, dizendo-lhe que ela pode pedir tudo o que quiser. Clarinha desaba a chorar a dizer que infelizmente ninguém pode trazer Vasco de volta.

Ludovina sorri enternecida por Aniceto propor que visitem Gabi, dizendo que andou a juntar dinheiro para o motor do barco, mas que ela é mais importante. No entanto Aniceto não tem noção que aquele dinheiro que juntou não chega para nada.

Episódio 205

Inês e Tiago, olham-se tensos no hospital para o primeiro dia de voluntariado. Leonor diz a Miguel que tem a certeza que aquele castigo que estão a dar aos filhos vai fazer com que eles amadureçam e parem de arranjar sarilhos.

Cristina diz a Nuno que Carol já foi dada como desaparecida e todas as agências da polícia da Europa já andam à procura dela. Cristina não dá grande importância aos apelos de Nuno para que tenha cuidado por poder sofrer algum ataque do serial killer.

Vemos alguém a fotografar Cristina a sair de casa de Nuno. A câmara baixa e vemos Tomás a sorrir satisfeito.

Simão diz a Jú que decidiu adiar a inauguração da escola de boxe devido à morte de Vasco. Olha curioso para Jú que lhe diz que arranjou a solução para Rafa sair dali e ir morar para outro sítio.

Aniceto acaba por concordar triste com Ludovina ser melhor não irem já a Londres visitar Gabi porque tal podia destabilizar a menina. Olham intrigados para Rafa a entrar com Carlos.

Aníbal diz a Lena que pode sempre contar a Simão que ela esteve envolvida no tiroteio do cemitério que redundou na morte de Vanda e ainda ter orquestrado a morte de Raquel caso ela não lhe dê parte da percentagem das ações que detém agora no Boa Esperança, prometendo-lhe ajudar a destituir Teresa da direção do hospital.

Ludovina ouve o que Rafa conta sobre a sua história familiar e o momento que vive de desamparo. Carlos pede a Aniceto para irem à rua. Aniceto sorri a perceber o plano do filho.

Alfonso anui a um nervoso Nuno que Sofia ficou de lhe ligar quando estivesse despachada das aulas. Alfonso vê espantado que Carol já foi dada como desaparecida e receia que Mónica fique preocupada quando vir as notícias.

Mariana queixa-se a Mónica que odiou ir ao call center. Mónica nem a ouve, vendo muito preocupada que Carol foi dada como desaparecida, o que pode significar que alguém lhe pode ter feito mal. Segue para o quarto para ligar ao irmão e contar o que se está a passar.

Chico continua desolado com a morte de Vasco, que sempre foi o seu melhor amigo e eram como irmãos até à chegada de Lena à vida dele. Lurdes alerta Chico para que pense em como Cláudia trouxe novamente o amor à vida dele.

Cláudia quer avisar Américo sobre a morte de Vasco, mas Marta não quer que a irmã saia de casa devido á gravidez. Cláudia avisa Marta para parar de controlar a vida dela. Marta acaba por pedir-lhe desculpa, mas o ambiente fica notoriamente tenso entra as duas.

Lena liga novamente ao seu grande amor e diz que não consegue esperar mais tempo para ficarem juntos agora que Vasco desapareceu da sua vida. Fica tensa quando Rute avisa que tem lá fora a polícia para falar com ela.

Rafa conta a Ludovina que naquele momento está a viver em casa dos Ávila. Ludovina diz para ele se mudar para lá, queixando-se sentir um grande vazio desde que Gabi se foi embora. Rafa acaba por aceitar. Olha atrapalhado para a muita comida que os Catarino lhe põem à frente para comer.

Os inspetores da PJ pedem a Lena que os acompanhe até ao Instituto de Medicina Legal para fazer o reconhecimento dos objetos de Vasco para que seja declarado o seu óbito oficial. Ela pergunta, falsamente incomodada, se é necessário fazer reconhecimento do corpo. Este dizem que não visto estar completamente carbonizado e irreconhecível.

Mónica, que fala com Rui pelo Skype, desaba a chorar a contar-lhe preocupada que Carol foi dada como desaparecida, não tendo a mínima pista sobre onde ela possa estar. Rui fica muito aflito e diz que vai voltar a Portugal.

Mariana queixa-se a Jú pois não sabe o que fazer visto o pai lhe ter cancelado a conta. Diz também ser muito difícil encontrar trabalho. Jacinta recrimina Mariana por estar a importunar Jú com aqueles assuntos tendo ela acabado de perder um sobrinho.

Célia conta em choque a Andreia que o seu pai lhe ligou e lhe disse que o irmão morreu e que passados tantos anos o pai a quer ver. Andreia refere que o pai dela pode querer fazer as pazes com ela.

Jacinta sugere que Mariana vá trabalhar para o restaurante e deixe de se queixar pois há muito mais gente com dificuldades do que ela. Mariana fica indecisa.

Tomás disfarça a sua aflição por Mónica lhe contar que Rui vai mesmo voltar a Portugal para procurar Carol. Tomás tenta relativizar a dizer que Carol está somente escondida para chamar a atenção, mas Mónica diz-lhe que Rui está mesmo determinado em voltar porque ficou muito preocupado.

Andreia insiste com Célia para tirar uns dias para ir visitar a família, assegurando-lhe tratar de tudo na papelaria, apesar de agora também trabalhar no restaurante.

Miguel e Chico entreolham-se preocupados por a morte de Vasco os deixar numa situação complicada pois precisam da assinatura dele para fechar contratos, por ser o sócio maioritário.

Simão conversa com Teresa e diz que Clarinha terá de ser ajudada a ultrapassar a dor da morte de Vasco. Simão confidencia-lhe também ter sofrido um forte desgosto amoroso no passado, sabendo por isso o quanto ela sofreu com a separação de Vasco.

Lena caminha ansiosa pelo corredor do Instituto de Medicina Legal atrás do inspetor. O inspetor pede-lhe que verifique se alguns daqueles objetos que foram recolhidos do local do acidente de helicóptero pertenciam a Vasco. Lena esboça ar indecifrável a olhar para os objetos.

Episódio 206

Lena, chorosa, reconhece o relógio de família que Vasco usava, sendo aquele objeto a prova concludente que Vasco morreu no acidente. O agente e Inspetor amparam Lena, a acreditar no seu grande sofrimento.

Jacinta insiste com Simão para apoiar Jú nesta altura difícil, dizendo-lhe que ela está a sofrer muito com morte de Vasco. Simão não entende porque Lena insiste em ficar ali a viver agora que Vasco partiu, mas Jacinta diz-lhe para não pensar mais nisso.

Aníbal espalha o seu veneno e diz a Luís, que está muito combalido, que já circulam pelo hospital boatos que Eduardo se prepara para ficar com o cargo dele de diretor do serviço. Acrescenta que isso é muito plausível de acontecer agora que Teresa é diretora do hospital. Luís fica um pouco inseguro e Aníbal percebe.

Eduardo e Teresa falam sobre como Clarinha tem sofrido e dizem que só alguém muito forte aguentaria passar por todos os traumas familiares por que ela tem passado, sendo a última a inesperada morte de Vasco. Teresa deixa-se abraçar por Eduardo, agradecendo-lhe por todo o apoio que lhe tem dado.

Lena, aproveitando estar sozinha, brinda à morte de Vasco. Disfarça quando vê Marta e Cláudia a chegar com Américo, queixando-se estar arrasada. Américo abraça Lena, dizendo-lhe que pelo menos Vasco deixou de sofrer por estar casado com alguém como ela. Marta fica desconfiada pois pareceu-lhe que Lena estava a comemorar feliz.

Eduardo admite a Teresa ter feito tudo para lhe captar a atenção desde que a conheceu no hospital, isto apesar de saber que ela estava casada com Vasco. Eduardo continua a dizer a Teresa querer tomar conta dela e dos filhos, com Teresa a perguntar-lhe se ele está de novo a pedi-la em casamento.

Tomás fica irritado por o facto de Carol ter sido dada como desaparecida poder arruinar todos os seus planos.

Eduardo diz a Teresa não pretender nesta altura pressionarem-na para casarem até porque não quer confundir ainda mais Clarinha. Diz no entanto que estará sempre ali quando ela decidir dar esse passo.

Lena está deitada ao colo de um consolador Américo, que lhe diz que pode parar de fingir que sofre. Lena furiosa com Marta e Américo diz que Vasco era o homem da sua vida e que a sua morte lhe trouxe muita dor. Marta permanece a olhar muito desconfiada para Lena.

Alfonso diz a Mónica ter ficado preocupado quando viu a notícia do desaparecimento de Carol. Mónica chora por não saber nada da amiga. Alfonso abraça Mónica, com ambos a ficarem atrapalhados quando veem Tomás a fixá-los com o olhar.

Jú dá algumas lições básicas a Mariana para ela poder trabalhar no restaurante, comentando não perceber como ela foi gostar de alguém tão diferente dela como Carlos. Mariana e Leonor entreolham-se espantadas por irem trabalhar juntas no restaurante.

Alfonso discute com Tomás, dizendo estar ali porque soube do desaparecimento de uma grande amiga sua e de Mónica, acusando-o de novo de ter drogado e violado Mónica. Tomás fica furioso ao ver Mónica sair com Alfonso para irem procurar Carol.

Um pescador chega a beira rio e prepara-se para pescar. Quando lança a cana ouve um som metálico. O pescador liga para a polícia e diz que parece ser um carro.

Mariana diz que não quer estragar a amizade de Jú com Leonor, e por isso não tem de trabalhar ali. Leonor diz à filha que têm de pôr as diferenças de parte pois acha que Mariana vai ter uma nova perspetiva da vida ao ir trabalhar para o restaurante. Jú disfarça as dúvidas que tem de Mariana se adaptar àquele trabalho. Jú recebe um sms de Lena e diz a Leonor e Mariana que vão ficar no restaurante sozinhas pois ela vai ter de passar a noite na Quinta.

Teresa lê intrigada a sms de Lena a convocar uma reunião familiar à noite na Quinta das Torres. Eduardo diz-lhe que pode ir pois ele toma conta das crianças.

Rafa despede-se de Jacinta e Simão para se mudar para casa dos Catarino, agradecendo-lhes por o terem acolhido naquela casa. Rafa promete a ambos continuar a portar-se bem.

Ludovina diz feliz da vida a Aniceto já ter tudo pronto para acolherem Rafa lá em casa. Comenta que ele lhe faz lembrar muito Carlos, referindo só esperar que ele se meta em menos confusões com mulheres do que Carlos. Aniceto sorri.

Leonor fala sobre o que Mariana fez a Carlos, mas reconhecem que não podem voltar a falar sobre isso. Carlos entra nesse momento.

Os Bombeiros retiram o carro de Carol do rio perante a expectativa dos jornalistas presentes. A polícia encontra um corpo na bagageira e manda isolar o local.

Mariana diz a Carlos que somente fingiu a sua gravidez com medo de o perder, dizendo-lhe que ele é o homem da sua vida. Carlos diz-lhe estar tudo acabado entre eles, não resistindo em beijar Leonor na boca a despedir-se dela. Mariana olha arrasada.

Cristina chega ao local e observa o corpo e afirma tratar-se de mais uma vítima do serial killer.

Xavier diz a Lurdes que a morte de Vasco lhe fez pensar em como as discussões que tiveram não fazem sentido nenhum e como o tempo pode ser efémero quando se ama alguém. Lurdes concorda não querer perder mais tempo com ciúmes infundados. Beijam-se apaixonados.

O corpo é fechado num saco e o polícia informa Cristina que o carro pertence a Carol. Cristina liga a avisar que o corpo que irá chegar à morgue pode ser o de Carol.

Episódio 207

Tomás critica Mónica por ter saído com Alfonso à procura de Carol quando era óbvio que não iriam encontrar nenhuma pista nova sobre onde ela possa estar. Mónica exalta-se e diz-lhe que Carol também era amiga deles e está desaparecida. Mariana, que vinha a descer para ir trabalhar, olha-os confusa.

Jú chega para a reunião familiar convocada por Lena, que entra pouco depois com ar consternado. Lena quer começar a reunião sem a presença de Teresa, pois esta nunca quis saber de Vasco para nada. Todos em apoio a Teresa dizem que viram costas se Lena continuar a agir assim.

Lena critica os presentes por estarem a defender Teresa quando foi Vasco que morreu. Teresa chega nesse momento.

Tomás pede desculpa a Mónica, pois para ele não foi fácil vê-la abraçada a Alfonso. Mónica vê a notícia que o carro de Carol foi encontrado no rio com um cadáver no porta-bagagens, fica desfeita achando que Carol está morta.

Lena confirma que Vasco morreu no acidente, pois foi fazer o reconhecimento dos pertences e identificou o relógio de família. Lena diz a toda a família que ela e Vasco já tinham comprado uma campa para um dia serem enterrados juntos, com Jú a insurgir-se a avisar furiosa Lena querer que Vasco seja sepultado no jazigo da família Ávila.

Ludovina está feliz por ter a companhia de Rafa. Ludovina diz que espera que ele não ande com nenhuma mulher mais velha. Carlos olha repreensivo para a mãe.

Inês e Miguel falam do afeto que Inês está a ter por Rafa, Miguel diz-lhe que não é contra apesar das suas origens, apenas não quer que ele a prejudique em nada. Chega Célia

Jú não se conforma que Lena não deixe que o corpo de Vasco fique no jazigo de família. Lena diz que tem poderes legais para fazer o que bem entender ao corpo dele. Jacinta, farta da discussão, pede a Xavier que a leve até ao restaurante.

Célia anuncia aos Correia que vai estar uns dias fora pois vai ao enterro do irmão, Inês oferece-se para ir com ela, mas Célia recusa dizendo não ser a melhor altura para conhecer a sua família.

Lena diz que Vasco tinha essa vontade de serem um dia sepultados juntos em nome do grande amor que tinham um pelo outro. Teresa diz não acredita que Vasco tivesse algum dia pensado na sua morte e afirma que vão ser cumpridas as tradições dos Ávila.

Cristina conta a Nuno e Sofia que foi encontrado o carro de Carol com um corpo lá dentro, sendo que o mais provável é que seja mesmo o corpo da jovem. Olham espantadas para Nuno que sorri, este apressa-se a explicar que Tomás é mesmo o serial killer.

Tomás não quer que Mónica se precipite pois pode não ser o corpo de Carol, mas esta nem o ouve pois quer contar a Rui, mas não na presença de Tomás.

Simão conforta Jú, que chora triste porque sempre considerou Vasco como um filho. Lena anuncia que vai autorizar que Vasco seja sepultado no jazigo de família. Jú agradece a Teresa por ter convencido Lena.

Nuno explica a Cristina que Tomás era a única pessoa que conhecia os amigos de Carol, pois foram enviadas mensagens do telemóvel dela quando desapareceu. Nuno reconhece no entanto não terem provas contra Tomás, por isso devem esperar.

Tomás olha furioso para a foto de Carol, pois este caso pode estragar todos os seus planos. Esconde a foto quando Mónica entra, sem reparar que ela cai ao chão. Mónica, muito fragilizada com a notícia sobre Carol, deixa-se abraçar por Tomás. Ela conta que Rui regressa dentro de dois dias e Tomás suspira aliviado por Mónica não ter visto a foto de Carol.

Rafa e Andreia olham indignados para Mariana, que se escapa a atender os clientes, somente os recebendo à porta. Jacinta percebe e puxa Mariana a ordenar-lhe que vá já ajudar os colegas.

Jú, Simão e Teresa assentem estarem agora mais unidos do que nunca para combaterem as jogadas de Lena, com Jú e Simão a dizerem a Teresa que não vão deixar que Lena interfira nos preparativos para o funeral de Vasco.

Passado alguns dias é dia do funeral de Vasco e Lena aparece muito bem vestida. Ficam todos admirados com aqueles excesso e Lena explica que Vasco gostava de a ver bem vestida. Segue para escritório onde sente um súbito cansaço a apoderar-se dela.

Miguel prepara-se para sair para o funeral de Vasco, pedindo a Inês para não arranjar problemas por ir ficar ali sozinha. Inês promete ao pai portar-se bem, esboçando no entanto ar de quem tem alguma coisa em mente.

Chico muito triste pela morte de Vasco, diz que este lhe queria dizer algo importante antes de morrer. Ele acha até que Vasco queria fazer as pazes com ele e pedir-lhe desculpa por tudo.

Eduardo nega que queira o lugar de Luis no hospital, como Aníbal semeou na cabeça de Luis. Diz que apenas está a substituí-lo enquanto ele está de baixa.

Aníbal poe o seu ar mais infeliz, dando os pêsames a Jú pela morte de Vasco. Simão refere que ele perdeu mais um aliado no hospital.

Lena fala ao telemóvel com a sua misteriosa paixão pede para se encontrarem essa noite, dizendo já faltar pouco para poderem ficar juntos agora que se livraram de Vasco.

Categorias
Televisão

Comentários