Televisão

Jardins Proibidos: resumo de 15 a 20 de Junho

Episódio 217

Carlos e Anicete tecem elogios a Telma e Simão diz para a contratarem.

Rui visita Luís na cadeia e diz que sabe que ele está inocente. Isso conforta Luís. Ao sair, cruza-se com Mariana, que agradece que tenha vindo visitar o pai.

Andreia atende mais uma vez Artur no restaurante e ambos se entendem muito bem. Ele fala das suas viagens e ela mostra interesse. Jú e Jacinta percebem que há qualquer coisa no ar.

Chico está muito entusiasmado com a publicidade que vão ter dos queijos, visto terem estado dois jornalistas na fábrica. Diz que está tudo encaminhado para várias encomendas grandes e apenas sente pena que Vasco não esteja para assistir.

Teresa desabafa com Simão todos os problemas por que está a passar no hospital. A falta de médicos, a morte de Vasco e o apoio redobrado que Clarinha precisa, e agora a traição de Eduardo. Simão comenta também que Jú terminou com ele.

Ludovina apanha Aniceto a marcar uma consulta de estética, ele tenta disfarçar.

Mónica entrega o curriculum na escola de boxe, pois gostaria de fazer um estágio de gestão. Teresa diz a Simão que Mónica tem garra e que devia dar-lhe uma oportunidade.

Mariana defende Luís, mas Leonor nem quer ouvir. A filha tenta que ela veja que o pai apesar de ter errado quando lhe bateu, nunca seria capaz de matar ninguém. Leonor diz que Tomás também não e que foi o próprio pai que o incriminou, o que faz com que não tenha perdão.

Rosa conta a Lena que já está a tratar da sabotagem e que enviou dois homens disfarçados de jornalistas à fábrica para filmarem todos os cantos. Agora Lena só tem de ir buscar o veneno e abrir as portas da fábrica para os tais homens fazerem o serviço.

Carmo pede a Carlota que despache o diretor do hotel. Carlota conta à mãe que anda a estudar uma forma de enganar Simão e não descansa enquanto não conseguir.

Simão lê o curriculum de Mónica e percebe que ela pratica boxe. Admite-a como estagiária.

Mónica é seguida quando sai da escola, vira-se ao pressentir algo, ficando em pânico. Mónica olha paralisada de medo para Paulinho e, antes de agir, ele arranca-lhe a mala e foge. Ela fica aflita e liga para Rui contando-lhe que foi assaltada. Rui recomenda a Mónica que apanhe um táxi para casa.

Simão liga a Carlota convidando-a para jantar e esta com voz angelical aceita.

Mateus vai à escola de boxe e diz a Simão que vai apresentar uma proposta a Lena. Simão refere que Lena não vai aceitar vender as suas ações e fica frustrado por Mateus lhe dizer que, a única forma de apanhar Lena é conseguir chegar ao cúmplice de Ernesto no rapto de Emília.

Eduardo sente-se incomodado pela enfermeira o questionar se irá ficar como chefe do serviço de cardiologia caso se confirme que Luís é o serial killer. Marta entra no gabinete de Eduardo, e este expressa o receio de perder definitivamente Teresa por estar a esconder Vasco em sua casa. Marta por sua vez, diz-lhe que ouviu Simão afirmar que Lena é a atiradora do cemitério.

Lena diz a Rosa que vai para a fábrica arranjar maneira de deixar entrar os homens, que vão envenenar os queijos. Rosa anui e pede eficiência.

Lena apanha Marta enternecida com as compras para o bebé, avisando-a que não deve apegar-se à criança.

Miguel e Alfonso mostram a Chico os rótulos do queijo que vão começar a ser distribuídos nas escolas. Todos sorriem satisfeitos, pelo negócio estar a ter o tão desejado sucesso.

Inês e Rafa despedem-se apaixonados. Célia chega a casa e disponibiliza-se a ajudar Inês nas questões íntimas com Rafa. Inês pede-lhe tempo para se habituar a vê-la no papel de mãe e Célia emociona-se.

Maria do Carmo está radiante por Carlota lhe contar que o pai a convidou para ir jantar com ele à Quinta das Torres. Carlota diz segura, que depressa terá tudo o que quiser de Simão.

Mónica chega agastada a casa por ter perdido os documentos e as chaves no assalto. Rui minimiza, sugerindo mudar a fechadura.

Jú e Jacinta são surpreendidas por Simão convidar Carlota para jantar. Jú sai disparada com Jacinta a insistir com o filho para arranjar provas que Carlota é mesmo sua filha. Jú quebra em choro a recordar-se de Simão lhe ter dito que, nunca ponderaria ter um filho bebé nesta altura da sua vida.

Na Fábrica, Lena pensa no queijo envenenado, enquanto ouve Miguel e Alfonso a contar-lhe que o queijo começa amanha a ser distribuído. Mateus vai ao encontro de Lena, e esta destrói a proposta para a aquisição das quotas, avisando que não vai deixar que Teresa fique com nada do que é seu, deixando todos perplexos.

Na casa dos Ávila todos aguardam a chegada de Carlota e ficam em choque por Carlota vir acompanhada pela mãe.

Ludovina conta triste ao filho que apanhou Aniceto a falar com uma mulher chamada Cíntia, e que desta vez poderá ser diferente. Carlos desvaloriza e diz que Aniceto era incapaz de a trair.

Simão aceita que Maria do Carmo jante com eles, uma vez que veio a convite de Carlota.

Episódio 218

Alfonso conforta Mónica pelo roubo da sua mala. Mariana pede para falar com Mónica, e agradece a Rui o apoio que tem dado a Luís.

Simão, Jú e Jacinta ouvem incomodados Carmo a contar as aventuras que viveu com Simão e como se recrimina de algumas decisões que tomou no passado. Jú sai e Teresa vai atrás dela. Simão e Jacinta fulminam Carmo com o olhar, com esta a limitar-se a continuar a beber o seu copo de vinho. Teresa vai atrás de Jú, e incentiva a tia a contar a Simão que está gravida. Carlota simula que recebe uma chamada e sai para atender. Carmo diz a Simão que aos poucos vai perceber como a filha é parecida com ele, deixando Jacinta desconfiada.

Eduardo examina os pontos de Vasco e diz-lhe que está longe de estar recuperado. Vasco ansioso, diz-lhe que quanto mais tempo estiver ali preso, mais Lena vai conseguir incrimina-lo pelos crimes que ela cometeu.

Dois homens entram furtivamente na fábrica com recipientes de plástico e dirigem-se para os queijos que vão ser entregues nas escolas no dia a seguir.

Lena chega a casa e Rosa sorri maquiavélica por esta lhe contar que os queijos envenenados da fábrica vão chegar amanhã a centenas de escolas.

Carlota escondida, ouve Teresa a insistir com uma triste Jú, para esclarecer com Simão o que ele sente por Carmo.

Mónica admite a Mariana sentir-se aliviada por ter deixado Tomás, e Mariana fica apreensiva pela amiga lhe contar, que Tomás sempre foi uma pessoa estranha e achar ser ele o principal suspeito de ter incriminado Luís pelas mortes de todas as mulheres.

O jantar em casa dos Ávila está a terminar e Jacinta diz a Carlota e Carmo que está a ficar tarde. Simão pede a Carlota para falar a sós com ela, e encaminham-se para o escritório. Maria do Carmo fica sem resposta por Jacinta a atacar e dizer que a culpa de Simão não ter conhecido a filha antes, é exclusivamente sua. Simão diz a Carlota, que pelo fato de Carmo ter ocultado a sua existência, muitas pessoas à sua volta suspeitam que ela poderá não ser sua filha. Simão fica tenso com Carlota a perguntar-lhe o que ele pensa sobre o assunto.

Mariana prepara-se para sair de casa de Mónica e Rui diz-lhe que pode contar com o seu apoio. Mariana estanca a olhar para ele, como nunca o tinha feito antes.

Carlota percebe as dúvidas de Simão e mostra-lhe a data de nascimento, como prova de, na altura namorar com Carmo e diz-lhe que vai fazer o teste de ADN para se certificar que ele é mesmo seu pai. Carmo e a filha despedem-se e agradecem o jantar. Carmo aproveita para insinuar a Simão que espera que o surgimento de Carlota na vida dele permita que estreitem relações, mas Simão vira-lhe a cara.

Carlota assegura à mãe já faltar pouco para conquistar o coração do pai. Carmo admite à filha que Simão continua a ser um homem atraente, e que será muito fácil afasta-lo de Jú.

Chico sorri satisfeito por estar tudo pronto para a entrega dos queijos no dia seguinte, levando um consigo para comemorar.

Simão e Carlos decoram a escola de boxe com cartazes com frases inspiradoras. Telma entra, e Carlos apresenta-a a Simão como a nova instrutora da parte náutica do clube.

Mónica recebe uma chamada anonima de um rapaz, que lhe diz que encontrou a sua mala e vai deixa-la no clube de boxe. Paulinho após desligar a chamada, olha irritado para Tomás, que lhe diz que só lhe pagará o resto, após se certificar que as chaves que ele copiou, abrem mesmo a porta de Mónica.

Chico insiste com Lurdes para que prove o novo queijo da fábrica.

Lena está a tomar o pequeno-almoço e Marta diz-lhe que já tem os exames marcados. Lena admite à prima ter receio do que possa ter. Marta tranquiliza-a e insiste com ela para que a acompanhe ao hospital, deixando Lena sem alternativa.

Chico está feliz a mostrar a Cláudia o queijo, estendendo-lhe uma fatia para provar.

Célia fica atrapalhada por Miguel a convidar para mudar-se lá para casa, mas sorri, logo que este lhe diz, que é com ela que quer passar o resto da vida. Inês sai, e Miguel revela a Célia estar apreensivo pela filha estar fascinada em aprender e praticar boxe.

Cláudia declina provar o queijo, dizendo a Chico que fica sempre enjoada sempre que come queijo. Chico aceita, e come a fatia que ofereceu a Cláudia.

Aníbal insiste com Teresa que devia suspender Luís de funções, para que o hospital não fique conotado a um serial killer. Teresa vinca que vai aguardar que Luís seja julgado e confirma que o Dr. Bruno Barbosa vai ser contratado para o hospital.

Mónica confirma que apenas lhe tiraram o dinheiro da mala, e sorri simpática a Telma que a cumprimenta. Carlos pede ajuda a Mónica para fazerem o mapa das aulas.
Tomás entra cautelosamente em casa de Mónica e observa os objetos da sala, com um ar satisfeito.

Lena caminha pelo hospital e encontra Aníbal, e diz-lhe que está apenas a fazer exames de rotina. Aníbal alerta-a que têm assuntos pendentes e segue-o contrariada. Já no gabinete, Lena diz a Aníbal não ter novidades para lhe dar sobre o seu lugar na administração do Boa Esperança, por ainda não terem feito as partilhas da herança de Vasco. Aníbal ameaça denuncia-la pela morte de Raquel, mas Lena contrapõe ter sido ele quem esteve no quarto de Raquel com Teresa, no dia em que ela morreu.

Tomás mexe nas roupas e objetos de Mónica com ar apaixonado.

Episódio 219

Teresa diz fria a Eduardo tê-lo chamado ali por pretender que ele chefie o serviço de cardiologia até Luís regressar, referindo não misturar a falta de caráter dele com o seu trabalho. Diz-lhe também que contratou o Dr. Bruno, e que apesar de ter fama de conflituoso, não deixa de ser bom médico.

Marta comenta com Rui a contratação de Bruno, apesar do extenso role de problemas que causou noutros hospitais. Rui minimiza e diz que o mais importante é ser um bom médico.

Chico entra muito mal disposto no hospital e acaba por desfalecer nos braços de Bruno.

Chico recobra a consciência e sente fortes vómitos e diz a Bruno que não sabe porque ficou assim. Bruno apresenta-se a uma enfermeira como novo médico e pergunta-lhe onde é a sala de exames.

Simão observa o treino de Inês, que após de saltar à corda, golpeia o saco de boxe. Mónica e Telma ficam surpreendidas com a motivação da jovem, com Simão a alertar Inês que não vai permitir que ela descure os estudos por causa dos treinos. Inês contraria as ordens de Simão, e Rafa olha-a contrariado.

Bruno leva um debilitado Chico na maca, com a enfermeira incomodada por ele ainda não estar a trabalhar oficialmente no hospital.

Lena avisa Aníbal para não voltar a pressiona-la, salientando que ele terá muito mais a perder se entrar em guerra com ela, deixando Aníbal furioso.

Tomás prepara-se para sair de casa de Mónica e recorda-se com ódio, de Mónica lhe ter dito que se queria separar dele.

Todos continuam impressionados a ver o treino de Inês, e esta diz a um enciumado Rafa estar a gostar cada vez mais de praticar boxe.

Bruno examina Chico com rapidez, deixando as enfermeiras espantadas. O médico suspeita que Chico poderá ter sido vítima de envenenamento. A enfermeira conta a Aníbal que Bruno já está a tratar de um doente, sem sequer ter começado a trabalhar. Teresa afasta-se com a enfermeira, sem ligar às provocações de Aníbal, a dizer que aquela situação é ilegal.

Eduardo conta a um constrangido Luís, que Teresa o colocou como chefe do serviço de cardiologia, ficando mais aliviado por Luís lhe dizer que ele é a pessoa mais competente para ocupar o seu lugar.

Teresa entra nos Cuidados Intensivos e depara-se com Bruno a socorrer Chico. Fica aflita, e Bruno diz-lhe que o paciente não sabe o que o deixou assim, estando a aguardar pelo resultado dos exames.

Aniceto pergunta a Ludovina se não nota nada de diferente na sua cara e fica confuso por ela lhe dizer que deveria ter vergonha do que anda a fazer.

Margarida depara-se com Chico a ter espasmos e sai disparada em busca de ajuda.

Teresa liga para a Quinta das Torres e conta a Xavier que Chico deu entrada no hospital.

Bruno acaba de tratar Chico que já está estabilizado, e pede a Margarida que o chame caso o quadro clínico se altere, deixando Margarida de olhar embevecido.

Miguel e Alfonso estranham que Chico não tenha aparecido na fábrica, achando que foi tratar de algum assunto relacionado com a distribuição dos queijos.

Lurdes arrasta-se combalida até à porta e deixa-se cair nos braços de Xavier, queixando-se de lhe doer o corpo todo, nomeadamente a zona do diagrama. Xavier fica aflito.

Teresa olha chocada para Bruno, após este lhe dizer que existe uma forte probabilidade de Chico ter sido vítima de envenenamento. Eduardo entra no gabinete e troca olhares tensos com Teresa, fato que não passa despercebido a Bruno. Teresa assente ir com Bruno à cafetaria, deixando Eduardo enciumado.

Na sala da PJ, Luís fica chocado por Tomás lhe revelar ser ele o serial killer, tendo-o incriminado no seu lugar, como paga de todos os anos de humilhação que sofreu nas suas mãos. Luís pede aflito ao Inspetor Machado para ligar a Mariana, para que passe por lá ainda hoje.

Jacinta consente a Mariana que saia mais cedo para ir ter com o pai. Mariana olha furiosa para Leonor, por ela achar que o seu pai é o assassino das camélias. Simão procura Jú, com Jacinta a recriminar-lhe que, Jú já não tem que lhe dar justificações, visto eles terem rompido o namoro.

Jú está no hospital e Marta diz-lhe que os exames dela estão ótimos e que a sua gravidez tem tudo para correr bem. Jú confessa que aquele bebé não podia ter vindo em pior altura, por estar a passar um período difícil na sua vida pessoal.

No bar do hotel, Carlota assente à mãe investigar, junto de Simão, mais sobre Jú para conseguirem elimina-la do caminho delas, para chegarem à fortuna de Simão. Carmo diz a Carlota ser a sua vez de arranjar sustento para mais alguns dias. Carlota analisa com olhar predador os homens no hotel e o seu olhar fixa-se num homem na casa dos 50, com ar de ter enviuvado recentemente.

Jacinta conta a Simão que Chico foi internado de urgência. Simão apressa-se em ir ao hospital saber o que aconteceu com o amigo.

Enquanto tomam café, Teresa recusa-se a contar a Bruno o que se passou entre ela e Eduardo, deixando Bruno desconfiado. Teresa acaba por convida-lo a ficar a dormir em sua casa, até ele conseguir arranjar um apartamento. A enfermeira Margarida aparece esbaforida a pedir a Bruno que vá consigo.

Jú cruza-se com Simão, que estranha vê-la no hospital. Marta salva a situação dizendo a Simão que Jú veio fazer uns exames de rotina. Ambas ficam alarmadas quando Simão lhes conta que Chico deu entrada no hospital.

Xavier pede aflito a Bruno e Teresa que socorram Lurdes, por estar cheia de dores e vómitos. Bruno examina com preocupação Lurdes, enquanto ouve Teresa a dizer-lhe que Chico vive com Lurdes, que é sua avó.

Episódio 220

Teresa pede aflita a Bruno que salve Lurdes, percebendo que está com os mesmos sintomas de Chico. Bruno ordena que levem Lurdes para dentro e que lhe apliquem o mesmo tratamento que fizeram a Chico. Xavier nega ter encontrado algo diferente em casa deles que desse origem aquele problema.

Carlota continua a lançar olhares matadores ao Homem de 50 anos, que lhe retribui, ainda que com um ar carregado. Carlota diz à mãe que irá ser muito fácil sacar dinheiro ao viúvo, indo sentar-se ao seu lado. Carmo fica orgulhosa da filha.

Bruno fica furioso pelos exames de Chico não apresentarem indícios de veneno e Margarida diz-lhe que Lurdes não está tão mal como o neto. Bruno sai disparado para ir descobrir que substância Chico ingeriu, Teresa segue aflita atrás dele.

Jú, Simão e Xavier olham surpresos para Bruno, quando o médico pede a Xavier que o leve a casa de Chico, não dando mais explicações. Teresa afiança a Jú e Simão, que Bruno é um excelente profissional e que sabe o que está a fazer.

Marta liga a Cláudia e pede-lhe que vá para o hospital. Lena e Rosa fingem surpresa por Cláudia estar tão apressada por Chico estar internado no hospital. Lena e Rosa ficam satisfeitas pelo veneno que foi posto nos queijos ter funcionado em pleno.

Vasco fica irritado, pela comunicação social não noticiar mais novidades do que levou o helicóptero a cair. Liga para a entidade que trata destes casos, determinado a arranjar maneira de apanhar Lena.

Carmo fica confusa ao ver o homem a entregar um papel a Carlota. Esta explica à mãe que disse ao homem que padecia da mesma doença da sua falecida mulher, deixando Carmo atónita com o valor do cheque.

Carlos repara que Aniceto tem a pele mais brilhante, com este a contar-lhe que fez um lifting. Aniceto fica espantando pelo filho lhe dizer que Ludovina está muito zangada por pensar que ele a anda a trair com Cíntia.

Carmo fica incomodada pelo diretor do hotel lhe exigir que se encontrem à noite. Carlota diz à mãe que tem que aguentar mais uns tempos aquela situação, para poderem continuar ali alojadas, saindo sorridente por ir levantar o cheque que recebeu.

Na sala de interrogatório, Luís conta a Mariana que Tomás confirmou-lhe ser o serial killer. Luís adverte a filha que todos estão em perigo e que têm de sair de casa o mais depressa possível.

Cláudia ouve aflita Teresa a contar-lhe que o estado de Chico ainda inspira cuidados, contrariamente a Lurdes, que está a recuperar. Cláudia chora e insiste com Teresa para ir ver Chico.

Luís abraça Mariana, que ainda está sem reação, por Tomás ser um perigoso assassino. Luís pede-lhe para ter cuidado, alertando-a que Leonor se vai recusar a aceitar a dura verdade sobre o seu filho preferido.

Carlos, Mónica e Telma organizam o plano das aulas. Leonor entra para visitar Carlos, ficando surpreendida por ver ali Mónica, que se recusa a falar com ela sobre Tomás. Telma fica em choque por Carlos apresentar Leonor como sua namorada. Leonor fica igualmente enciumada, trocando com ela um ligeiro olhar de despique.

Nos cuidados intensivos, Cláudia suplica a Chico que combata a doença. Desata a chorar devastada por Chico lhe dizer fraco, que não vai aguentar muito tempo naquela condição.

Bruno revira a casa de Chico com a ajuda de Xavier em busca de algo que deixasse Chico e Lurdes naquela condição. Xavier encontra o queijo da fábrica e Bruno pede-lhe que o junte ao resto, para levar para análise no laboratório.

Cláudia, vendo a situação delicada em que Chico se encontra, revela-lhe haver a hipótese do filho que carrega no ventre poder ser dele. Chico fica num misto de emoções.

Carlos despede-se de Leonor e diz a Mónica que pode ir andando para a faculdade. Carlos conta a Telma que também é o responsável pelos passeios marítimos, assentindo convidá-la quando fizerem o próximo.

Aníbal exprime a Teresa o seu desagrado por ela não ter informado a ninguém que Bruno ia ser admitido no hospital, insinuando que ela pode ser alvo de um processo por Bruno ter começado a trabalhar, saltando as devidas burocracias. Teresa não se deixa intimidar, avisando-o que também será fácil provar o seu desleixe profissional, deixando-o furioso.

Cláudia conta a Bruno que Chico provou o novo queijo da fábrica. O medico deixa-a confusa, por lhe dizer que pode ter salvo a vida do namorado.

Chico ouve aflito Bruno a contar-lhe que o mais provável é que tenha sido envenenado pelo queijo que comeu de manhã. Chico tenta levantar-se, mas o médico impede-o, dizendo-lhe que ele ainda corre risco de vida. Chico pede a Margarida que ligue para Miguel, para impedir que os queijos sejam distribuídos nas escolas.

Mónica entra em casa, ouvindo música vinda dos quartos. Fica melindrada por perceber que Rui ainda não chegou. Mónica fica confusa, ao ver a aparelhagem do seu quarto ligada e telefona para Alfonso, que a tranquiliza, dizendo-lhe que deve ter sido um esquecimento seu.

Chico chama Margarida e pede-lhe para falar com Teresa, aflito por Miguel não atender o telemóvel. Chico no limite das suas forças levanta-se da cama, para impedir ele próprio que o queijo seja distribuído.

Na sala de espera, Xavier sai para ir ver Lurdes e Simão aproveita estar sozinho com Jú para a questionar porque terminou tudo com ele, quando ele lhe deu provas que a ama a ela e não a Carmo. Jú diz-lhe que há outro problema naquela história e deixa Simão intrigado.

Vasco liga a Eduardo e pede-lhe ajuda para entrarem em casa de Lena, para encontrarem algo que a ligue ao acidente de helicóptero. Eduardo anui e diz-lhe que vai tentar convencer Marta a ajuda-los, embora Marta não esteja convencida de que a prima é uma criminosa.

Mariana entra sorrateiramente no quarto de Tomás, determinada a encontrar provas que é ele o assassino e não o pai. Estaca gelada ao ouvir a voz do irmão a questiona-la do que está ali a fazer.

Jú disfarça a Simão que se afastou não de uma forma irreversível, mas somente até ele resolver as questões pendentes com Carmo. Ficam atónitos por Bruno lhes dizer que Chico desapareceu.

Episódio 221

Bruno está furioso por Chico ter desaparecido sem que ninguém desse por isso. Simão apressa-se a ir procurá-lo. Jú fica muito aflita por Bruno admitir que Chico pode morrer se não o encontrarem rapidamente.

Chico aproveita a rececionista estar distraída ao telefone para sair cambaleante do hospital.

Mariana disfarça a Tomás que veio ao quarto dele à procura de uma caneta. Tomás avisa-a que a curiosidade dela pode fazer com que corra riscos desnecessários. Mariana sai aflita e Tomás tenta conter os instintos assassinos com a irmã.

Mariana entra no quarto e chora por sentir que poderia ter sido mais uma das vítimas do irmão.

Marta vai ao gabinete de Eduardo. Este fica tenso por Marta lhe dizer que poderá perder Teresa para Bruno se continuar a mentir-lhe. Eduardo diz a Marta que agora Vasco tem a certeza que foi Lena quem sabotou o helicóptero.

Bruno sai indignado por Chico ter desaparecido, deixando Simão e Jú atónitos com o seu temperamento. Jú anui nervosa a Simão que está tudo bem com a sua saúde, deixando este desconfiado.

Marta fica chocada por Eduardo lhe contar que Lena ligou a Vasco antes do acidente, para se despedir dele. Eduardo insiste que necessita da ajuda dela para que ela vasculhe as coisas de Lena e perceberem quais os objetivos sinistros que a movem.

Xavier chora junto a Lurdes, recriminando-se por ter estado afastado dela e agora correr o risco de nunca mais a ter a seu lado. Lurdes recobra os sentidos, dizendo-lhe querer esquecer os problemas para que possam ficar finalmente juntos. Beijam-se emocionados.

Os empregados da fábrica acabam de carregar o camião com os queijos contaminados. Chico aproxima-se muito debilitado de táxi e não consegue impedir que o camião arranque. O Camião faz meia volta e vai na direção onde está Chico a acenar. O Camião trava a fundo.

Eduardo pede a Simão para falarem e seguem para o seu gabinete.

Chico está deitado no chão, cheio de dores, e consegue dizer por fim aos empregados que o queijo não pode ser distribuído nas escolas por estar envenenado.

Mónica pede desculpa a Alfonso e Rui por os ter preocupado, quando afinal pode ter sido ela a deixar a aparelhagem ligada. Alfonso recebe uma chamada de Miguel e fica em choque com o que ouve acerca de Chico.

Simão, mal se apanha a sós com Eduardo, agarra-o por ele ter traído Teresa. Eduardo diz a Simão que tem algo para lhe pedir, que vai ajuda-lo a aproximar-se de Teresa. Simão vira-lhe as costas e sai.

Bruno repreende Chico por ter fugido do hospital no estado em que está, mas relativiza por Chico o elogiar por ter descoberto atempadamente que ele tinha sido envenenado. Miguel e Alfonso olham transtornados para Chico a contar-lhes que alguém conseguiu entrar na fábrica e pôr veneno nos queijos.

Ludovina fica mais calma quando o marido lhe conta que Cíntia é a esteticista que lhe fez o tratamento de beleza e que o fez para a agradar. Abraçam-se em sinal de pazes feitas.

Leonor fica em choque quando Mariana lhe diz em secretismo que Tomás admitiu a Luís ser ele o serial killer.

Chico sorri radiante por Cláudia lhe confirmar a hipótese do filho que ela carrega ser dele. Estanca no entanto em choque por esta lhe dizer que isso não significa que não vá dar o bebé a Marta, por achar que não tem direito a ficar com a criança.

Teresa sorri, ao perceber que Bruno foi averiguar se a oferta de passar a noite em sua casa se mantém. Teresa anui, com Bruno a ficar contrariado por Teresa o avisar que tem os seus filhos em casa.

Leonor recusa-se a acreditar na teoria de que Tomás é um assassino, justificando a Mariana que Luís está magoado com Tomás e por isso inventou essa história sobre ele. Mariana avisa furiosa a mãe, que ela e Tiago vão sair daquela casa.

Chico discorda, exaltado, da ideia de darem o filho a Marta. Alerta Cláudia que, se se confirmar que ele é o pai, ele também tem direitos sobre a criança, não podendo ela decidir sozinha. Cláudia sai disparada do quarto do hospital, a chorar.

Leonor questiona Tomás se é verdade que foi visitar Luís e lhe confessou ser o serial killer. Tomás olha indecifrável para a mãe.

Teresa afasta-se de sorriso divertido com Bruno, que está com o braço por cima do ombro dela. Eduardo estaca desolado com tal cenário, com Teresa a acentuar não ter que lhe dar satisfações da sua vida.

Tomás confirma a Leonor que foi visitar Luís, mas que a história que lhe contaram foi ao contrário, com Luís a admitir que matou aquelas mulheres, tendo só falhado no objetivo de incriminá-lo. Leonor acredita nele e abraça o filho.

Já na quinta, Lurdes expressa a Xavier o orgulho que sente por Chico, que mesmo sem forças impediu a distribuição dos queijos.

Rosa repreende uma adoentada Lena pelo monumental falhanço do envenenamento dos queijos, avisando que a partir de agora será ela quem vai ditar todas as regras do jogo.

Eduardo entra em fúria em casa e diz a Vasco que por causa de ocultar a Teresa que ele está vivo, corre o serio risco de nunca mais conseguir reconciliar-se com ela. Mateus, vendo a porta aberta, entra e estaca em choque a olhar para Vasco, que troca olhares comprometidos com Eduardo.

Eduardo puxa Mateus para dentro de casa e Vasco refere que está mesmo vivo e não precisa de se assustar, mas Mateus contínua em choque a olhar para Vasco.

Rosa critica Lena e esta explode dizendo-lhe que é muito fácil dar ordens quando é outra pessoa a correr os riscos no terreno para destruir os Ávila. Rosa dá um estalo a Lena e refere que se não fosse ela, Lena não seria a advogada de sucesso que é hoje, ameaçando desaparecer da vida dela se esta continuar a afrontá-la. Lena chora.

Sofia fica contente por ver Nuno muito atrapalhado com Lourenço e Clarinha. Bruno, de forma sedutora vai ter com Sofia, pensando que esta se encontra sozinha, mas fica nervoso quando Nuno aparece, marcando o seu território como inspetor da PJ. Teresa e Sofia riem-se.

Eduardo e Vasco explicam a Mateus que Vasco não revela estar vivo porque quer apanhar Lena e assim limpar o seu nome. Mateus aceita ajudar, mantendo o segredo. Eduardo e Vasco ficam aliviados.

Categorias
Televisão

Comentários