Jurassic World, o regresso dos dinossauros com toque nostálgico
Cinema

Jurassic World, o regresso dos dinossauros com toque nostálgico

Jurassic World assume-se como o renascer da história de sucesso em que o homem ultrapassa a extinção dos dinossauros e constrói um parque. Jurassic World é um regresso às origens, indo beber muito do primeiro filme da franquia.

A história retorna a um parque que passou de um simples safari a um autêntico centro de diversão, muito ao estilo dos parques do Sul dos Estados Unidos como Disney World de Orlando ou o Sea World de San Diego. Jurassic World apresenta-se no filme como o resultado do trabalho de muitos engenheiros genéticos que conseguiram recriar as espécies que entretêm uma média de 20 mil visitantes diários.

Os sobrinhos da gerente do parque partem numa visita à tia para reencontrar a familiar e conhecer de perto o parque que dirige. No entanto, no mundo Jurássico nem tudo parece correr bem. Os visitantes, após 20 anos de sucesso, parecem já cansados dos mesmos divertimentos e os T-Rex deixaram de ser uma novidade. Assim, os engenheiros genéticos uniram esforços e criaram um híbrido com as mais temíveis características de um predador, o Indominus-Rex.

O problema é que a inteligência do novo dinossauro fá-lo escapar do cativeiro espalhando o pânico na ilha. Nem as forças especiais preparadas para este tipo de eventualidade conseguem fazer deter o temível monstro.

jurassic-Word

Com os sobrinhos perdidos no parque, Claire (Bryce Dallas Howard) tem de unir esforços a Owen (Chris Pratt) para recuperar os sobrinhos sãos e salvos e enfrentar a ameaça do Indominus que destrói e mata como um autêntico predador.

Jurassic World, um regresso ao passado

Claro está que desde a estreia da franquia em 93 muito se perdeu, principalmente o fator novidade. Os dinossauros já não assustam como antes, e os argumentistas sabem-no bem por isso rechearam o filme de elementos que nos remetem para uma nostalgia. De notar a visita dos irmãos às antigas instalações do Jurassic World.

Jurassic-World-2

Se por um lado o fator surpresa já não consegue agarrar ao ecrã, a história consegue ser bem conseguida e a ameaça do Indominus foi uma boa forma de prender a atenção dos espectadores. Chris Pratt consegue aqui também surpreender, como um Indiana Jones do futuro, uma interpretação sólida e bem conseguida. Nota positiva também para a interpretação de Bryce Dallas Howard e a química que consegue transmitir com o protagonista.

Assista ao trailer:

Categorias
Cinema

Estudante de Farmácia, amante das ciências e das artes. Gosto particular por entretenimento em diversas áreas: televisão, cinema, teatro, música.

Comentários