Cinema

Morreu a atriz italiana Laura Antonelli (1941-2015)

Aos 73 anos de idade, Laura Antonelli foi encontrada morta na sua casa, perto de Roma, pela empregada de limpeza, esta segunda-feira, devido a um enfarte.

Nascida Laura Antonaz em 1941 na cidade de Pula, hoje na Croácia, viveu a sua infância na capital italiana e trabalhou temporariamente como professora de educação física em Nápoles, altura em que foi convidada a fazer anúncios para a Coca-Cola, começando então uma carreira artística.

Ícone do cinema italiano

Na década de 70, Antonelli foi um dos ícones do cinema italiano, devido à sua beleza que fazia todos sonhar e foi aproveitada à exaustão por comédias brejeiras. Com o filme “Malícia”, de 1973, transformou-se num sex symbol italiano e elevou o seu cachet, por filme, de 4 milhões para 100 milhões de liras. No filme “O Intruso”, de 1976, foi o papel mais relevante da sua carreira.

Droga arruína carreira artística

Em maio de 1991, Laura Antonelli viu com a sua carreira interrompida, quando a polícia encontrou 36 gramas de cocaína durante uma busca, motivada por uma denúncia anónima, a sua casa. Acusada de tráfico de drogas, foi condenada a prisão domiciliária durante três anos e seis meses. Com a sua carreira acabada, a atriz lutou quase dez anos contra a condenação na justiça, tendo provado a sua inocência, apenas em 2000.

Para agravar o estado mental da atriz, uma operação plástica mal-sucedida, a que se submeteu em 1992, desfigurou-lhe a casa e a outrora bomba sexual tornou-se desde então cada vez mais reclusa, acabando internada na ala psiquiátrica de um sanatório no final de 1996.

Categorias
Cinema

Comentários