Resumos de Novelas

Santa Bárbara: resumo de 5 a 10 de Outubro

Episódio 6

Antónia disse que matava Gonçalo se fosse mesmo preciso. Agora, ao ver a reação de Alberto, Antónia tranquiliza-o e diz-lhe que estava a brincar, mas que acaba com a carreira dele facilmente. Antónia telefona a Adriano e pede-lhe que cobre um favor junto do Diretor de Gonçalo.

O jornalista recebe um telefonema do chefe a mandá-lo regressar a Lisboa, mas Gonçalo dá uma desculpa esfarrapada e recusa deixar Stª Bárbara, o que deixa Antónia furiosa.

Maria Ana chega a Stª Bárbara e Gabriela dá-lhe guarida para passar a noite. Gabriela aconselha a amiga a procurar emprego na Câmara, pela manhã.

Em casa do comandante da GNR, a paixão está no ar e Rui e Filipa fazem amor. No entanto, o casal é interrompido por uma chamada de emergência dirigida ao comandante. Ao perceber que foi chamado para impedir Gonçalo de rondar na mina, Rui fica irritado, mas é obrigado a cumprir o seu dever e a manter o jornalista afastado.

Em casa dos Vidal, Júlia está triste com Fernando, que está ressacado e a dormir. Antónia manda Macário à mina quando percebe que Rui não lhe fará o trabalho sujo.

No dia seguinte pela manhã, Maria Ana agradece a hospitalidade de Gabriela e Francisca e sai para a Câmara. Ao chegar lá e, juntando o útil ao agradável, Maria Ana torna-se a nova empregada do Presidente, uma vez que a anterior foi despedida nessa manhã.

Na mina, Zacarias e Tomás recebem a confirmação de que vão ser despedidos, o que deixa Gabriela triste e furiosa com Alberto e Antónia. A mineira tenta falar com Alexandre, mas um mineiro diz-lhe que este voltou para o Porto.

Pouco depois, Macário aparece junto de Gonçalo e tenta afastá-lo da mina à força, mas o homem de mão de Antónia é surpreendido pelas habilidades de luta do jornalista, que deixa todos de boca aberta. Antónia fica furiosa e vai à mina pedir satisfações a Alberto, prometendo falar com Adriano por causa da incompetência do Comandante.

No Porto, Alexandre liga para o banco a dizer que vai deixar o emprego para ficar próximo dos assuntos da família e parte para Stª Bárbara.

Na Tasca, Zacarias e Tomás desabafam com Teresa e Gonçalo sobre o despedimento dos dois. O jornalista oferece-se para fazer contactos que os possam ajudar a voltar à mina.

Zacarias pergunta a Gonçalo onde é que ele aprendeu a lutar assim, mas o jornalista foge à pergunta e o mineiro fica desconfiado.

Lá em baixo nas galerias, alguns mineiros gozam com Gabriela por esta ir ter um balneário novo. Dizem que foi por ter ficado presa com o patrão.

Na Câmara, Júlio apresenta o traçado da nova estrada a Adriano e decidem fazê-la passar nuns terrenos pouco valiosos de Júlio, a troco de uma divisão dos lucros gerados pelos negócios que pensam implementar. Filipa ouve tudo do lado de fora.

As irmãs Montemor discutem um slogan para o novo hotel e gozam com Patrícia, dizendo-lhe que está destinada ao museu e a Ricardo. Patrícia diz que com ele não a apanham.

Na mina, Gabriela discute com Alberto e acusa Antónia de ter mão no despedimento de Tomás e Zacarias. Ameaça-o, ainda, com a possibilidade de contar à comunicação social que despediu uma família inteira e uma mãe solteira.

Antónia vai à Câmara e pressiona Adriano a livrar-se de Rui e o Presidente assente, com medo de Antónia.

Gonçalo vai ao hospício para tentar falar com Constança, mas Luísa impede-o, dizendo que só são permitidas visitas de familiares.

Constança fala sozinha, como se Adriano lá estivesse e pergunta-lhe porque não a vai visitar.

Alexandre chega a casa do pai e diz a Fernando que se despediu do banco. Fernando está bêbedo e reage mal à notícia de Alexandre. Antónia ralha com Fernando por este estar sempre a beber.

Mais tarde, Alexandre está a tomar banho e Antónia entra no quarto, espreitando para dentro da casa de banho.

Episódio 7

Antónia tenta espreitar para o interior da casa de banho de Alexandre, mas assim que ouve o chuveiro a desligar-se, sai.

Durante a tarde, Ricardo e Patrícia conversam sobre o museu. O jovem Viegas está entusiasmado com as ideias que tem para o museu, mas Patrícia está completamente aborrecida com o seu pretendente.

Em casa dos Soares, Gabriela e Tomás discutem o seu despedimento e a melhor maneira de resolverem a situação, com a ajuda de Alexandre. No entanto, assim que Tomás elogia o herdeiro Vidal, Gabriela fica na defensiva, o que deixa Tomás e Francisca desconfiados. Maria Ana chega com a notícia de que é a nova empregada do Presidente e Gabriela desconfia da rapidez da amiga. Contudo, o seu único trunfo é uma carta de recomendação conseguida por chantagem à antiga patroa e uma grande dose de descaramento.

Na pensão, Patrícia diz a Alberto que quer contar ao pais que os dois estão juntos, mas o engenheiro não tem tanta certeza disso.

Entretanto, em casa dos Montemor, Júlio e Paula fazem amor, para grande desconforto das filhas, que ouvem tudo na sala. A mulher do Vice-Presidente aproveita a euforia para aconselhar o marido a candidatar-se a Presidente.

Adriano mostra a casa à nova empregada e conta-lhe que Constança está internada num hospício. Ao mostrar o seu quarto a Maria Ana, Adriano percebe que a empregada é sedutora e tenta controlar-se. Maria Ana diverte-se com o flirt. Ao jantar, Ricardo questiona a atitude do pai em ter posto uma desconhecida em casa.

Fernando e Alexandre conversam no salão da casa Vidal e o filho de Antónia comenta o fim do luto da mãe, que lhe parece curto. Antónia desvia o comentário com habilidade e diz a Alexandre que gostava que ele visse o projeto para o novo hotel de Stª Bárbara.

Filipa está triste e preocupada porque ouviu Antónia e Adriano a discutirem a transferência de Rui para outro posto. Rui tenta mostrar força, mas também não acredita que tenha poder para contrariar aqueles dois.

As irmãs Montemor vão à Tasca com Arte e decidem meter-se com André, que está sozinho numa mesa a escrever. André está bastante envergonhado, mas as três conseguem convencê-lo a dizer alguns dos seus poemas, o que as deixa encantadas. Ricardo entra e, não gostando do que vê, decide marcar posição e sentar-se com todos.

Entretanto, Antónia liga a Adriano para se encontrar com ele e fica frustrada por este ter posto a empregada a morar no anexo onde se encontravam. Antónia está claramente aborrecida e decide usar Macário para a satisfazer.

De regresso à Tasca, Gabriela entra e Irene fita-a com o olhar, possessa. De seguida, chegam Alexandre e Fernando, que não tiram os olhos da mineira. Fernando decide aproximar-se de Gabriela, mas é recebido com agressividade pela mineira. Alexandre não gosta de ver os dois a conversarem e junta-se à conversa. Gabriela trata-o com rispidez e diz-lhe para fazer alguma coisa acerca dos despedimentos. Alexandre compromete-se a resolver a situação.

Manuel está no quarto a corrigir trabalhos e passa o dedo levemente pelas fotografias de algumas alunas. O professor primário arrepende-se e fica em pânico como se estivesse a lutar consigo próprio.

Em conversa com Irene, Patrícia percebe que a irmã fica incomodada com Gabriela e diz-lhe que as pessoas quando ficam presas, criam ligações fortes. Irene fica furiosa.

De volta a casa, Gabriela diz a Tomás para se apresentar na mina no dia seguinte, a mando do filho de Marcelo. Lá fora, Alexandre para o carro em frente à casa de Gabriela, mas decide ir-se embora. Gabriela ouve o carro e vai à janela, mas não vê ninguém. Francisca esboça-lhe um sorriso, percebendo o que aconteceu.

Em casa dos Vidal, Júlia fica desconfiada ao ver Macário e Antónia saírem do escritório. Ninguém sabe de Fernando e de Alexandre, mas o último entra em casa e confronta Antónia, dizendo-lhe que quer ter uma conversa séria com ela.

Episódio 8

Alexandre e Antónia estão no escritório e o enteado confronta a madrasta com o despedimento de Zacarias e Tomás. Antónia mantém-se cínica, mas aceita a condição de Alexandre: se forem readmitidos, ele fica em Stª Bárbara a gerir a empresa.

No bairro mineiro, David acorda depois de um pesadelo e diz que os lobos o querem levar para longe da mãe. Gabriela acalma-o. Ouve-se um carro lá fora e a mineira decide espreitar. Dentro do carro está Fernando, embriagado e fixo na casa dos Soares. Gabriela chama a GNR.

No posto, Rui está a fazer noitada e decide tratar da ocorrência.

Francisca entra na cozinha e rapidamente percebe o que se está a passar, acha que é por causa de Tomás. No entanto, a mineira pensa que Fernando está ali por causa dela, uma vez que já o fazia quando eram adolescentes.

Rui chega no jipe da GNR. Fernando apercebe-se e arranca a toda a velocidade, obrigando Rui a persegui-lo.

Tomás acorda e vai à cozinha ver o que se passa. O mineiro fica desconfiado e diz a Francisca que acha que foi Fernando que violou a Gabriela quando ela tinha 16 anos. Francisca fica em choque por não saber nada. Tomás diz-lhe, ainda, que com essa idade, Fernando a seguia para todo o lado, mas que Gabriela não tem a certeza que tenha sido ele.

Fernando aproxima-se da casa da mãe e entra na propriedade. Rui tem medo do que Antónia possa fazer e decide não continuar a perseguição, voltando para trás.

No dia seguinte de manhã, vemos uma mulher e a filha a comprarem bilhetes para Stª Bárbara.

Na mina, Tomás e Zacarias são chamados ao escritório por Alberto. Cá fora, Alexandre mete-se com Gabriela e diz que vai começar a chamar-lhe Farrusca. Zacarias e Tomás estão surpreendidos por serem readmitidos na mina, mas Tomás parece mais atento à conversa da filha com o patrão.

Gonçalo recebe um telefonema do seu Diretor a ameaçá-lo de despedimento, mas não cede e promete confrontá-lo pessoalmente.

Adriano chega à Câmara e Filipa diz-lhe que Antónia está à espera dele no seu gabinete.

Antónia tenta seduzir Adriano e pergunta-lhe se já resolveu o problema do Comandante. Adriano tenta resistir-lhe, mas Antónia diz-lhe que tem o que quer e envolvem-se no gabinete.

Na receção da Câmara, Filipa tenta ouvir a conversa de Adriano e Antónia, mas Júlio apanha-a. Filipa ameaça-o que faz queixa por assédio sexual se ele contar o que viu e Júlio entra logo para o seu gabinete.

Em casa dos Viegas, Maria Ana finge que limpa e dá a volta à casa toda. Ricardo apanha-a a mexer nas fotografias de família e fica espantado que a empregada já saiba da doença da mãe.

Rui vai a casa dos Soares e fala com Francisca. No entanto, Francisca não colabora e o Comandante desconfia que seja por medo de Fernando.

Antónia aparece em casa dos Viegas para conhecer a nova empregada e diz que tem faro para más empregadas.

Desconfiada do que viu na noite anterior, Júlia faz perguntas sobre Macário a Aida, mas a empregada parece também não saber bem o que este faz e há quanto tempo trabalha para Antónia.

Rui é chamado à Câmara a pedido de Adriano. O Presidente recebe-o e diz-lhe que tem tido imensas queixas da população em relação ao seu trabalho e por não ter protegido Macário de Gonçalo. Adriano aconselha Rui a pedir transferência, para que Antónia não lhe faça nada. No entanto, Rui não cede e contra-ataca com a informação de que deixou fugir Fernando, depois de o ter apanhado a espreitar uma casa e a consumir substâncias ilegais. A sua lealdade não pode ser posta em causa.

Na mina, Alexandre decide descer aos túneis com a desculpa de querer perceber o trabalho mineiro. Contudo, o seu interesse está mais focado em Gabriela, que lhe dá para trás e lhe diz para não ter esperanças em relação a ela. Alexandre não a deixa acabar de falar e dá-lhe um grande beijo.

Episódio 9

Gabriela interrompe o beijo e bate em Alexandre, mas arrepende-se e desta vez é ela que o beija. A mineira volta a arrepender-se e vai-se embora, deixando Alexandre meio atordoado.

Na Câmara, Adriano continua a tentar intimidar Rui, mas o Comandante não cede e decide sair, deixando-o a falar sozinho.

Em casa dos Viegas, Antónia tenta convencer Maria Ana a ir trabalhar para sua casa. Antónia sabe da amizade entre Maria Ana e Gabriela e pergunta-lhe se sabe alguma coisa do pai de David, mas a empregada não sabe nada. Antónia aconselha-a a escolher bem os amigos, para não se arrepender.

Rui conta a Gonçalo que Stª Bárbara está dominada por algumas pessoas e que essas pessoas sentem-se impunes. O Comandante fala da perseguição de Fernando a Gabriela, mas diz-lhe que se o prendesse, no dia seguinte seria libertado através da mãe. Rui pede o apoio de Gonçalo para descobrir os tentáculos de Antónia e Adriano.

Na mina, Irene aparece para visitar Alexandre e tenta levá-lo dali, mas ele não está interessado. A Montemor tenta usar a agência que vai abrir com a irmã para o convencer a marcar uma reunião com elas. Alexandre diz que tem muito para fazer e descarta-a.

Fernando vai à mina oferecer ajuda, mas Alexandre diz-lhe que não precisam de nada. Fernando decide descer aos túneis para ver a galeria que desabou.

Em casa dos pais, Júlia desabafa com a mãe. Diz-lhe que Fernando está diferente e acha que este tem ciúmes de Alexandre, por Antónia o querer à frente da empresa.

Na casa dos Vidal, Antónia tira o que era de Marcelo do escritório e manda encaixotar tudo, para tristeza de Aida.

Na escola, Manuel dá uma aula e olha fixamente para duas alunas. Assim que percebe o que está a fazer, volta-se imediatamente e os alunos começam todos a trocar risos nas suas costas.

Fernando mete conversa com Gabriela e tenta mostrar-se competente, mas a mineira não lhe dá hipótese e despreza-o. Entretanto, Tomás descobre uma pepita de ouro e pede a Fernando que chame Alberto. No escritório da mina, Alberto guarda a pepita e manda os seguranças fazerem uma revista no final do turno, o que deixa Alexandre surpreendido com a falta de respeito pelos trabalhadores.

No hospício, Noémia conta a Constança que Marcelo está morto. Constança fica profundamente triste com a notícia e pede a Luísa que chame o filho e o marido para a visitarem.

A Stª Bárbara chegam Ana da Luz e Marisa, que logo se deslocam à pensão. Aí, Ana diz ver e ouvir um homem, o marido da dona da pensão, e Felismina fica emocionada com as habilidades da vidente e oferece-lhe o quarto que tiver as melhores energias.

No fim do turno, os mineiros são revistados pelos seguranças. Alexandre aproveita para dar boleia a Gabriela, mas esta diz-lhe que não quer que os outros pensem que foi para a cama com o patrão para o pai ter o trabalho de volta.

Luísa mostra-se preocupada e diz a Adriano que está a ser difícil manter Constança naquele estado. No entanto, o Presidente percebe que Luísa está a fazer aquele discurso para pedir mais dinheiro. Ao ver Adriano, Constança pede-lhe para ir para casa e chora quando o marido lhe diz que precisa de melhorar.

De regresso à pensão, Marisa pergunta à mãe como foi capaz de ver o marido de Felismina e esta explica-lhe os seus truques para enganar as pessoas.

Em casa dos Soares, Gabriela ajuda David a fazer os trabalhos e tocam à porta, é Rui. O Comandante tenta saber se foi Fernando que a incomodou, mas percebe que a mineira foge às questões com medo de represálias. Assim que Rui sai, Francisca admite que contou ao Comandante que tinha sido o filho de Antónia e Gabriela diz-lhe que quer esquecer o assunto.

Rui está no jipe à porta de casa dos Soares e aparece Alexandre, que sai do carro e hesita se há de bater à porta ou não.

Episódio 10

Alexandre está à porta de casa dos Soares, hesitando se bate ou não. Decide não bater à porta e vai embora, mas Rui assiste a tudo e fica desconfiado.

Dentro de casa, Gabriela ouve um carro a arrancar, mas não percebe quem é.

Em casa dos Montemor, durante o jantar, Paula pergunta a Patrícia como vão os planos para o museu e fica irritada por todos naquela casa serem o número dois. Paula aproveita para informar que convenceu Júlio a candidatar-se a Presidente. Patrícia diz que vai sair e Paula incentiva Irene a sair com Alexandre.

Rui e Filipa conversam sobre a reunião com Adriano e ainda sobre as rondas de Fernando e Alexandre à casa dos Soares. Filipa diz que tem acesso aos documentos de Adriano e que pode atacá-lo, caso este tente fazer alguma coisa contra eles.

Em casa dos Vidal, Júlia parece sozinha. Antónia diz que vai sair e Júlia aconselha-a a levar Macário porque já bebeu demais, mas esta ignora-a. Fernando também não demonstra qualquer vontade de estar com a mulher e desafia-a, continuando a beber.

Em frente a um hotel no Porto, chega um carro de onde saem Antónia e Adriano. Sobem os dois a um quarto e fazem amor com vista sobre a Ribeira.

No dia seguinte, Antónia, Alexandre e Fernando recebem as pessoas à porta da igreja para a missa de sétimo dia de Marcelo Vidal. Irene chega e aproveita para se agarrar a Alexandre, mas assim que vê Gabriela, o filho de Marcelo solta-se e dirige-se à mineira.

Aida está em casa a fazer o almoço e está furiosa por não ir à missa de Marcelo. A empregada chora com saudades do patrão. Depois do elogio fúnebre, o Padre pede a Alexandre para dizer algumas palavras. Alexandre faz um discurso comovente sobre o pai e promete representá-lo.

À saída da igreja, Patrícia fala com Alberto, que tenta fugir dela, e combinam passar a noite num hotel. Maria Ana aparece e diz a Gabriela que gostava de ter assistido à missa para poder estar mais próximas das pessoas importantes de Stª Bárbara. Gabriela diz-lhe que já trabalha na casa da pessoa mais poderosa da vila, mas Maria Ana contrapõe e diz-lhe que essa pessoa é Antónia.

Na Tasca, Alberto entra e cruza-se com Eduardo, que lhe pergunta se está tudo bem com o túnel que desabou. Pede-lhe ainda informações sobre o impacto ambiental da mina, mas o engenheiro diz-lhe para passar lá durante a semana. Eduardo sai e Alice aproveita para se insinuar a Alberto. Alberto não resiste e combina apanhá-la ao fim do dia.

Em casa dos Vidal, Júlio faz um brinde a Marcelo e Irene não larga Alexandre, que diz que tem de ir ao escritório. Antónia aconselha Irene a dar uma falsa sensação de liberdade ao animal que se quer apanhar.

As irmãs Montemor discutem os seus amores e Patrícia é surpreendida por uma mensagem de Alberto a desmarcar o que tinham combinado, desconfiando que ele esteja com outra. Patrícia avisa a irmã que Alexandre pode estar interessado em Gabriela.

Eduardo está a tirar fotografias à mina e é apanhado por Alexandre, que o aconselha a passar lá durante a semana.

Na pensão, Marisa faz conversa com Felismina, enquanto a mãe tenta perceber se consegue ouvir as conversas através do quarto, que está por cima da receção.

Na Tasca, Maria Ana fala da sua ambição a Gabriela e percebe que a mineira não ficou indiferente ao novo patrão. Gabriela acaba por admitir que se beijaram no dia anterior.

Alexandre entra e Maria Ana levanta-se de imediato e sai. Alexandre senta-se ao lado de Gabriela e ficam em silêncio, sem saber o que dizer. Alexandre ganha coragem e faz conversa, perguntando-lhe se namorou com Fernando, ao que ela lhe responde que não. Alexandre tenta beijar Gabriela, mas a mineira dá-lhe um estalo e sai. Lá fora, Gabriela pede a Alexandre que a deixe em paz, mas o patrão diz-lhe que a admira muito e a mineira fica derretida. Alexandre e Gabriela beijam-se e Fernando chega de carro com Júlia, vendo tudo.

Categorias
Resumos de Novelas

Comentários