SIC

Maria João Ruela fala da sua saída da SIC

Foi há semanas atrás que Maria João Ruela abandonou os ecrãs da SIC para apadrinhar um novo desafio como assessora do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. 

Em conversa com a comunicação social, a jornalista decidiu por uma virgula na sua carreira de jornalista e dedicar-se a novas funções: “Hoje (dia 20) saiu a nomeação no Diário da República para as minhas novas funções, entreguei a carteira. Pensava que ia ficar muito triste e ia chorar, mas na realidade isto foi uma opção que eu fiz. Gostava daquilo que fazia, e gosto muito daquilo que estou a fazer. Não saí triste da SIC, saí muito contente, pelo contrário, e estou muito contente com aquilo que estou a fazer“.

À referida entrevista, a jornalista foi mais longe e admite que a escolha não foi difícil: “Foi um convite que me honrou, um desafio interessante. Quando recebi este convite, a minha primeira reação (foi) ‘tenho vontade de o aceitar’, e acho que muitas vezes na vida temos que nos guiar pelos nossos instintos, e eu sou assim pessoalmente“.

Foram 26 anos fantásticos em que eu me tornei na pessoa que sou hoje em dia, porque é indissociável a Maria João que sou hoje enquanto pessoa da Maria João que viveu imensas experiências no jornalismo. Tive sorte de ter começado na profissão com a abertura dos canais privados de televisão. Fiz parte dos fundadores da SIC e isso foi uma aventura como acho que mais ninguém, infelizmente, terá oportunidade de viver nos próximos anos em Portugal. Fiz jornalismo numa altura das chamadas ‘vacas gordas’ em que havia dinheiro para viajarmos e em que as notícias eram feitas não pelas agências, mas pelos jornalistas que eram enviados para os locais. Portanto, venho de barriga cheia“, acrescenta.

Categorias
SICTelevisão

Estudante de Geografia (FLUP). Apaixonado por televisão e pelas ciências sociais. Ingressou no mundo dos blogues em 2011 e conta com a participação em vários projetos.

Comentários